terça-feira, 24 de setembro de 2013

Illogicist – “The Unconsciousness of Living” – 2011 – Willowtip Records/Candlelight Records (Importado)

Lançado em 2011, este é o terceiro trabalho deste quarteto italiano. O Illogicist pratica um som que nos últimos tempos passou a ser chamado de Technical Death Metal, mas que se andarmos um pouquinho pra trás no tempo, nos remete imediatamente ao Death, do lendário e saudoso Chuck Schuldiner.

Mesmo mantendo algumas características próprias, são latentes as influências da banda norte-americana principalmente da fase dos dois últimos registros “Symbolic” (1995) e “The Sound Of Perseverance” (1998).

Influências à parte, o Illogicist esbanja muita técnica que emana em um surpreendente resultado final. Isso não se restringe apenas ao belíssimo trabalho de guitarras que despejam riffs e bases/solos incríveis, já que a bateria possui uma pegada interessante e viradas sensacionais. O baixo não apenas dá sustentação às composições, como também foge do comum e não soa como um mero coadjuvante.

Os vocais rasgados de Luca Minieri (também guitarrista) são rasgados e, como não poderia ser diferente, se encaixa perfeitamente à sonoridade da banda. Destaco Hypnotized e The Mind Reaper, mas que fique claro que as outras composições não ficam muito atrás em termos de qualidade.

O álbum foi produzido no Dissonant Studio e masterizado no lendário Finnvox Studios, na Finlândia. Portanto, em termos de produção, “The Unconsciousness of Living” beira a perfeição com um som cristalino, mas não tão ‘plastificado’. Um ótimo álbum pra quem aprecia técnica e agressividade ao mesmo tempo.


8,5

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records