quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Metalizer – “The Thrashing Force” – 2013 – Independente (Nacional)

São quase dez anos de carreira e, após duas demos, este quarteto paulista de Nova Odessa, solta seu primeiro álbum. A fórmula é conhecida, já que o grupo trilha os caminhos do Thrash Metal oitentista, com algo de Speed Metal e Crossover aqui e acolá.

Com temáticas envolvendo ode ao estilo, realidade e ódio contra a falsidade, as composições aqui contidas possuem um instrumental veloz desde os riffs de guitarra, passando pela cozinha. Vocais agressivos, às vezes lembrando o timbre de Mille Petroza (Kreator), encabeçam as composições.

Com certa homogeneidade, as nove composições possuem certo equilíbrio tornando difícil destacar alguma. Mas, só pra dar uma referência, procurem ouvir Thrashing The Betrayers e Alcoholic Madness. Outro destaque individual fica por conta das linhas de baixo de Nilão Bonebreaker, que dão uma boa sustentação às composições, saindo um pouco do comum.

A ressalva fica por conta da produção um pouco suja e abafada, o que ajuda a tirar um pouco do peso e a energia das músicas. Nada que não possa ser consertado no próximo trabalho, já que a banda tem conhecimento de causa. A arte gráfica foi feita por Fernando Lima (Drowned) e é bem típica do estilo. Thrash Metal.


7,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records