quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Arte News

WOSLOM: Firmando seu nome no Thrash Metal
Se formos basear em estatísticas, o primeiro álbum serve mais como apresentação de uma banda, sem muitas pretensões. A afirmação normalmente vem em seus trabalhos posteriores.
Com o WOSLOM não foi bem assim… Apesar de ‘Time To Rise’ ter servido de cartão de visitas, o trabalho foi além! Transformou o nome do quarteto thrasher em um dos mais queridos e fortes de nossa cena.
Entre notas máximas, citações de melhor banda e revelação, ‘Time To Rise’ colocou uma grande pressão no WOSLOM para que seu segundo disco conseguisse superar o petardo.
Eis que em 2013, com uma banda mais madura e entrosada – contando inclusive com uma bem sucedida turnê pela Europa -, nasce o tão esperado segundo disco de estúdio: ‘Evolustruction’.
O trabalho que tinha a difícil missão de superar o impacto causado pelo debut e ainda expandir as divisas do WOSLOM, novamente superou as expectativas. Thrash Metal em seu mais alto nível!
“Primeiro escalão do Thrash Metal brasileiro.” – Metal Clube
“Já possui cadeira cativa na lista de melhores do ano” – Durr Campos/Whiplash!
“Uma das maiores representantes do Heavy/Thrash nacional!” – Som Extremo
“Tem tudo para ser lembrado como um dos clássicos do metal” – New Horizons
“Um dos melhores trabalhos de Thrash Metal que eu já ouvi” 10/10 – Rock Clube Live
“Transborda composições brilhantes” – The Metal Crypt (Canadá)
“Um dos mais interessantes álbuns de Thrash Metal do ano” – Power Metal Warrior (Polônia)
“É 10 e com louvores!!!” – 10/10 – Brave Metal
“Se consolida com uma das melhores bandas do Brasil” – 10/10 – Die Fight
“Altamente indicado para os mais exigentes fãs de metal” – Heavy Metal Brasil
“‘Evolustruction’ é um dos melhores álbuns de thrash de ultimamente” – HardSounds (Itália)
“Vai ser um dos grandes lançamentos de 2013” – Metal Militia
“Thrash Metal de luxe” – Voices From The Dark Side (Alemanha)
“Irrepreensível” – 10/10 – Metal Samsara
“Forte candidato a brigar pelo topo das listas gerais de melhores de 2013? – 10/10 – Junior Frascá/Whiplash!
“Extremamente superior a muitas bandas gringas” – 5/5 – A Ilha do Metal
Lançado de forma independente, o álbum foi gravado em São Caetano do Sul/SP no Studio Acustica com a produção do WOSLOM juntamente com o engenheiro de som Danilo Pozzani. A capa ficou a cargo do artista João Duarte.
Confira um videoclipe:
Contato para shows e merchandise: woslom@woslom.com
Sites Relacionados:

IMMINENT ATTACK: Split ‘Three Ways To Hell’ está disponível
O 3-way-split, ‘Three Ways To Hell’, que conta com a participação dos mamutes do IMMINENT ATTACK, já está disponível para venda.
Lançado pela gravadora Shinigami Records ‘Three Ways To Hell’ conta com as bandas vencedoras da votação na coletânea ‘Hellstouch’.
Além do IMMINENT ATTACK, que levará seu crossover para o trabalho, o split conta com as bandas Hocnis e Puppets.
Confira as músicas do IMMINENT ATTACK que estão no lançamento:
Couch Potato
Dirty, Noise and Fun
Nobody Cares
United by Fear
Noise for Nothing
Splact
Com duração total de aproximadamente 78 minutos, ‘Three Ways To Hell’ é outro empreendimento da Shinigami Records para apoiar o metal nacional e será lançado em formato envelope e vendido a um preço bem econômico para atingir o maior número de pessoas possíveis.
O Split pode ser comprado diretamente pelo site da Shinigami www.shinigamirecords.com.br ou com o IMMINENT ATTACK: kabeloduro@gmail.com.
Assista o videoclipe de SPLACT:
Para entrar em contato com a banda e agendar shows: kabeloduro@gmail.com
Sites Relacionados:

STORM FESTIVAL 47: Confira as informações do segundo dia do festival
Nos dias 8 e 9 de novembro a Embaixada do Rock, tradicional casa de shows de São Leopoldo/RS, receberá novamente os brasilienses do VIOLATOR (www.facebook.com/Violatorthrash), dois anos após sua primeira visita a solo gaúcho. Poney (baixo/vocal), Capaça e Cambito (guitarras) e Batera (bateria) estão divulgando o álbum “Scenarios of Brutality”, novo torpedo Thrash que tem recebido inúmeros comentários positivos dos fãs e da imprensa, ratificando sua importância na cena brasileira.
No sábado, dia 09/11, as bandas MORTERIX e DYINGBREED iniciarão o massacre com o Violator, a partir das 23h. Conheça um pouco mais sobre as duas bandas:
MORTERIX – Metal Punk em doses cavalares
A Morterix nasceu em 2002, no incandescente verão gaúcho, quando três pivetes (Igor Beck [bateria], Lucas Jacomelli [baixo] e Rodrigo Ramos [guitarra/voz]) decidem montar uma banda de Black Metal. Em 2003 é gravada uma demo-ensaio com quatro faixas, uma das quais fez parte da coletânea "EVIL CIRCLE COLLECTION", que foi distribuída no Uruguai. Após a gravação, Igor deixa a banda e Fabrício Gil [bateria] da banda Impetus Malignum se junta ao conjunto musical. Em 2004 participaram da coletânea "UNHOLY COMPILATION #1" da Satanael Records, com a música "I HATE THE BELIEVERS", gravada já com Fabrício Gil na bateria. O álbum "The Roots of Ignorance" sai em 2013, lançado pela Cianeto Discos e demais parceiros, com nova arte visual e finalmente em formato físico, para aqueles que ainda apreciam ouvir música nos seus CD players. Rodrigo Ramos (guitarra/vocal), Lucas Jacomelli (baixo) e Fabrício Gil (bateria) certamente farão um show recheado de "mosh" e cerveja.
Ouça o álbum "The Roots of Ignorance" na íntegra: http://migre.me/gztFB
DYINGBREED – Death Metal “old school”
Oriunda da própria cidade de São Leopoldo/RS, a banda de Death Metal DYINGBREED, apesar de nova, conta com músicos experientes na cena Metal gaúcha. Com sua temática voltada para a violência e o lado obscuro das pessoas, a banda busca praticar um som diferenciado, mas mantendo raízes no antigo Death e Thrash Metal de bandas como Slayer, Morbid Angel, Napalm Death, Deicide, Cannibal Corpse etc. No início de 2013 a banda lança a sua primeira demo, "Killing the Image of Your God", que obteve uma ótima repercussão no meio underground. Ainda em meados de 2013 a banda lança um novo single, "An Eye For An Eye", para o qual também foi gravado o primeiro videoclipe da banda disponível em:
 Ingressos:
Sexta (08/11) - R$ 20 antecipado / R$ 30 na hora
Sábado (09/11) - R$ 30 antecipado / R$ 40 na hora
*Ingressos na hora sujeitos à disponibilidade. Limitados em 200 por noite.
Pontos de venda:
Porto Alegre: Aplace Artigos de Rock
São Leopoldo: Origem Tattoo Studio e Embaixada Do Rock
Outras cidades pelo e-mail: leonardo.hate@gmail.com
Mais informações no evento do Facebook:
Contatos:

PARA-RAIO DA DESGRAÇA: Gravação do primeiro videoclipe no "Domini Inferi Fest"
E a PARA-RAIO DA DESGRAÇA se prepara para gravar seu primeiro clipe! E o local escolhido será o "Domini Inferi Fest", onde será captado várias imagens da banda ao vivo de uma música inédita, que irá se tornar o primeiro video oficial.
O evento ocorre no dia 17/11 (domingo) na Praça Coração de Maria na cidade de Esteio/RS, com entrada franca e inicio as 16h. Alem da PARA-RAIO DA DESGRAÇA, também tocarão as bandas: Revogar, Revolta XXI, El Diablo e Carniça.
Agora é se programar e ir bater cabeça com o melhor do underground gaúcho, em um evento gratuito onde estará reunindo grandes bandas!
Informações sobre o festival:
Domini Inferi Metal Fest
Dia: 17/11/13
Bandas:
PARA-RAIO DA DESGRAÇA
Revogar
Carniça
El Diablo
Revolta XXI
Onde? Praça Coração de Maria - Esteio/RS
Horário: 16h
ENTRADA FRANCA
Links relacionados:
Twitter: @PRDDPUNK

EMBRIO: Sorteio de box exclusivo
Em comemoração aos mais de 800 likes em sua página oficial no Facebook, o EMBRIO resolveu lançar uma promoção exclusiva, e não é uma simples promo, mas sim o sorteio exclusivo do "Box Embrio/Crânio Camisetas", onde contém todo material da banda, mais camiseta, adesivos, patch e mais o disco solo do líder guitarrista/vocalista Emerson Pereira.
E para participar e concorrer a este prêmio exclusivo é simples:
1° Basta curtir a página da assessoria de imprensa Heavy And Hell Press (https://www.facebook.com/HeavyAndHellPress).
2° Curtir a página do EMBRIO (https://www.facebook.com/EmbrioMetalPR) ir no aplicativo "Sorteie Me" e clicar em "Quero participar".
3° E por ultimo compartilhar o cartaz da promoção (em modo público) que está na página da banda.
Feito estas três e rápidas etapas você estará concorrendo ao "Box Embrio/Crânio Camisetas"!
Só estará concorrendo quem obedecer as etapas acima, agora é correr e participar, o sorteio será dia 25/11/13.
Vale ressaltar que o  EMBRIO continua com sua agenda em aberto, e se você tem interesse em levar para sua cidade um dos melhores shows de Thrash Metal do país entre em contato: renatoj40@gmail.com ou https://www.facebook.com/Renato.Sanson.Thrash
Aproveite também e acompanhe os paranaenses na Web rádio americana DMM Company: https://dmmcompany.com/Embrio
Links relacionados:

WAEL DAOU: "Ancient Conquerors" disponível via BandCamp e novo vídeo lançado
E o EP de estreia do guitarrista paraense WAEL DAOU agora está disponível também no BandCamp, onde você pode ouvir as faixas gratuitamente e adquirir "Ancient Conquerors" via Paypal em formato MP3 ou FLAC. Para ouvir as faixas e comprar o download autorizado acesse aqui: http://waeldaou.bandcamp.com/album/ancient-conquerors.
Recentemente WAEL DAOU lançou seu novo vídeo em seu canal no Youtube, desta vez a faixa escolhida foi "Xerxes I", onde mostra todo seu feeling e técnica apuradíssima. Vale mencionar que o vídeo foi lançado a menos de 15 dias e já passou as 700 visualizações!
Confira "Xerxes I" no link a seguir:
Link Relacionados:

UT OPIA: participando do "Peia Metal" e parceria com web rádio americana
Dando continuidade a divulgação do EP "Sem Direção" (faça o download do mesmo aqui: http://bit.ly/VMbm8n) e do novo videoclipe "Epidemia", os paraenses do UT OPIA se apresentam no dia 24/11 no "Peia Metal" no Centro Cultural Mat Iaperê no Pará.
O festival ainda contará com as bandas Immortal Share, Sonni e Lapaz, tendo inicio as 18h.
Para divulgar ainda mais seu som, o UT OPIA também fechou uma parceria com a Web rádio americana DMMCompany (http://dmmcompany.com/), onde a banda tem um canal exclusivo, e suas músicas ficam rodando 24h e tendo acesso de vários ouvintes de todo o mundo.
Informações sobre o festival:
Peia Metal
Bandas:
UT OPIA
Immortal Share
Sonni
Lapaz
Dia: 24/11
Local: Centro Cultural Mat Iaperê - Cidade Nova I, Av. 3 corações em frente ao Renascer, Ananindeua/PA
Ingresso (somente no local): R$5,00
Horário: 18h
Aproveite também e confira no link a seguir o videoclipe de "Epidemia":
Links Relacionados
Twitter: @UtOpiarockbr

AS DRAMATIC HOMAGE: Conquistando seu espaço
Ter uma banda de Metal no Brasil não é nada fácil, seja pelas dificuldades envolvendo a própria cena ou as poucas oportunidades que excelentes bandas não recebem. Porem a persistência é uma das mil qualidades que as bandas do nosso país tem, e com a AS DRAMATIC HOMAGE não seria diferente, correndo na contramão, cada vez mais estão conquistando seu espaço e ganhando mais admiradores.
Recentemente o site gaúcho Road to Metal publicou uma excelente resenha sobre o álbum "Crown", confira o que o redator Eduardo Cadore falou a respeito: "“Crown”, que termina rapidamente (pouco mais de 30 minutos), o que impossibilita que a audição se torne cansativa, mostra todo o talento de Pontes que, além de apresentar-se como uma grata surpresa como compositor instrumental (experiência ele tem, só falta maior reconhecimento), levou à parte lírica ótimas reflexões de origem filosófica, mostrando a habilidade que extrapola o mundo sonoro e colocará você a repensar a existência."
Confira a matéria na íntegra no link a seguir: http://bit.ly/190HbOe

O líder e mentor Alexandre Pontes participou de uma pesquisa no blog Quality Music Web Rádio ao lado de diversos músicos renomados do Brasil, de "Como O Heavy Metal Entrou Em Sua Vida...?!"
Confira um trecho do que Alexandre falou ao blog: "Tive uma família muito animada durante certo período e lembro–me que em meio as festas na casa de uma tia, onde sempre tinha muito samba, meus primos mais velhos se refugiavam no quarto para ouvir rock. Como éramos um grupo de crianças que andávamos muito unidos, era natural irmos um na onda do outro e até então a iniciação ao Metal veio por volta de 84/85, com o disco do Iron Maiden – Powerslave, que meu primo havia pego emprestado com outro colega vizinho, que o pai era marinheiro e trazia esses Lp´s da Europa, quando ele viajava. Ao decorrer do disco eu me atentava as melodias, harmonias do álbum e  ficava realmente fascinado por tudo aquilo que acontecia a cada faixa, porém a música “RIME OF THE ANCIENT MARINER” foi que tomou meu coração com toda estrutura épica e um pouco densa, por volta dos seus 6:20. Assim tenho esse momento que marcou toda minha vida como a iniciação no segmento Heavy Metal."
Confira a matéria na integra aqui: http://bit.ly/1b7D6N1
Em meio a tantas conquistas e criticas positivas, Alexandre Pontes também foi entrevistado pelo blog Arte Metal, onde o mesmo fala do começo da banda, a dificuldade de ter gravado o álbum "Crown" praticamente sozinho e também sobre os próximos passos da AS DRAMATIC HOMAGE. Confira alguns trechos da entrevista feita por Vitor Hugo Franceschini:
O trabalho vocal apresentado no disco é um dos pontos positivos. A alternância entre rasgado e limpo, além de passagens narradas estão muito encaixadas. Como você desenvolveu isso?
Alexandre Pontes – Sempre levei tudo na raça e no estilo “faça você mesmo”, então essa é uma gratificante observação, muito obrigado. Acho que devido ao tempo que faço essa função me ajudou, porém as linhas de vocal limpo foram o meu maior desafio. Como disse anteriormente, sempre quis me desenvolver por esses níveis maiores, obviamente em minhas condições, o importante é saber até aonde você pode chegar com sua personalidade, sem essa de querer imitar alguém. Eu procuro fazer o melhor com o que eu tenho, mas não me sentia muito capaz, no entanto toda essa energia que me envolvia em relação ao nível das músicas me fez ter um pouco mais de coragem...
E como tem sido a repercussão do disco até então?
Alexandre Pontes – Eu me deparo com essa questão através de vários panoramas. Ter sucesso ou ser bem repercutido entre o público e mídia é algo que não se tem como medir, pois estamos lhe dando com as chances de ser aceito ou não diante do gosto pessoal das pessoas, nem as grandes bandas tem muita noção disso hoje em dia. Um grupo lança um CD, vende-se pouco, é feito muito o download dessa obra. Tocar no próprio estado é complicado, em outros estados é mais ainda, mas se as pessoas ouvirem algo de seu som e gostarem seu nome será repercutido. A divulgação “boca a boca” ainda é uma das melhores formas de divulgação. No nosso caso eu tenho muito os pés no chão, pessoas de gostos musicais bem distintos curtem nosso trabalho e isso é bom, demonstra que não estamos focados em estar dentro de apenas um segmento musical, mas isso não é uma opção, é a nossa característica musical, a nossa música fala por si. Não estou nesse meio pra ser famoso.
Interessante notar que, apesar de “Crown” ser o primeiro disco do As Dramatic Homage, mostra uma evolução na sonoridade das composições. Isto é, a banda iniciou se enveredando pelos caminhos do Black/Doom Metal, mas hoje explora outros elementos como o do Progressivo e do Metal em si. Fale-nos um pouco a respeito.
Alexandre Pontes – É algo que desde o começo da banda existiu, seguir esse caminho foi uma novidade que me marcou bastante na época e evoluir no meu caso sempre foi um objetivo, a ambição de progredir e não seguir tendências. Não acho que mudamos muito o estilo, mas acho que ampliamos dentro de nossa própria identidade. Sei que sou responsável pelo fato dessas “mudanças” por sempre ter sido o compositor e por isso ao longo dos anos tive, assim como ainda tenho interesse em transitar por novos caminhos e me desenvolver como compositor.
Acesse o link e leia a entrevista na integra: http://bit.ly/190HmZN
Links Relacionados
Twitter: ADHMetal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records