sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Ocram – “Praeludium” – EP – 2013 – Independente (Importado)

Ocram é o pseudônimo do sujeito por trás dessa one-man-band espanhola. Além de compor, o cara toca tudo aqui e como é de praxe a sonoridade transita em torno de um Black Metal surpreendente.

Abordando temas como vida, morte, existência e o pós-vida, o moço de Málaga executa com maestria seu som. Guitarras ríspidas, com riffs cortantes mostram um Black Metal variado, com certa dose de melodia, mas que dispensa a inclusão de arranjos de teclados ou coisas do gênero.

A bateria programada não estraga as composições e se não fosse a informação do software incluso no trabalho, passaria em branco devido à naturalidade do som. Os ritmos alternam entre o rápido e o cadenciado, enquanto Ocram berra seus vocais rasgados sem dó nem piedade.

Destaque para as composições My Death e Arrogant To End e seu toque cadenciado. Ainda sobrou espaço para um bom cover de Opus Nocturne, do Marduk. Destaque também para a boa produção do trabalho, que se encaixou perfeitamente ao Black Metal executado por Ocram.


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records