quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Ayin – “Ordo Ab Chaos” – 2013 – Brutal Records (Nacional)

Após a demo “Seven” (2010) e o single “ChaoSystem” (2011) já era de se esperar um debut estrondoso dos sul-mato-grossenses do Ayin. Afinal, os lançamentos que serviram como prévia já mostravam uma banda competente e com uma pegada fora do comum.

“Ordo Ab Chaos” nada se parece com um trabalho de estreia, tão coeso e cheio de garra que é. Considerados por muitos veículos e críticos da mídia especializada como um dos melhores lançamentos nacionais, o trabalho depois de ouvido uma única vez comprova que tal menção é mais que merecida.

O Brutal Death Metal praticado pela banda não reinventa nada e muito menos traz alguma inovação ao estilo. E isso não é problema algum, afinal a banda segue o manual do subgênero e o faz com maestria e, como se não bastasse, com muita técnica.

Iniciamos pelo belo trabalho do guitarrista/vocalista Abner Ramires. Enquanto urra temas focados no caos, conspirações e filosofia do Thelema, o cara destila riffs carregadíssimos com tamanha desenvoltura e bons solos. O baixista Rafael Fernandes faz seu instrumento exalar peso e dar a base necessária.

A bateria de Leonardo Treuherz (que após as gravações foi substituído por Gil Oliveira - Necromesis, ex-Guillotine) mostra viradas insanas e ‘blast beats’ que não dão sossego, ditando o ritmo veloz das composições. Tudo com uma produção sobera a cargo de Anderson Rocha e mixagem e masterização feitas pelos mestres Antônio Araújo e Heros Trench.

É uma injustiça destacar algumas faixas em meio a nove belíssimas composições, mas a faixa título, Chaos System, Bigotry e Dajjal são ótimas referências para quem procura uma sonoridade técnica e extrema. Um trabalho de muito bom gosto, onde até o profissionalismo é extremo.


9,0

Vitor Franceschini



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records