quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Seventh Seal – “Mechanical Souls” – 2013 – Shinigami Records (Nacional)

Forte nome do Heavy Metal paulista, a banda Seventh Seal está na ativa desde 1995. Após um hiato de seis anos, a banda solta seu terceiro trabalho que marca a estreia de Leandro Caçoilo (Soulspell, ex-Eterna) nos vocais, o que colaborou e muito para a evolução do grupo.

Desde sempre a sonoridade da banda, apesar de flertar com o Metal melódico e progressivo, foi agressiva. Em “Mechanical Souls” não é diferente, aliás, a veia Prog Metal se faz presente e bem enfatizada. Levadas variadas e viradas dinâmicas e concisas dão a tônica das composições.

Os vocais de Caiçolo se mostram mais agressivos do que em seus outros trabalhos, fator que se encaixou perfeitamente à sonoridade do Seventh Seal. As guitarras de Tiago Claro e Thiago Oliveira destilam riffs que beiram o Thrash Metal e expelem solos muito bem desenvolvidos que se encaixam perfeitamente à proposta.

A cozinha de Victor Prospero (baixo) e Roberto ‘Bob’ Moratti não deixa a desejar, pelo contrário, é a principal responsável pela variação rítmica e as sensacionais viradas. Tudo aliado a ótimos arranjos e uma coesão impressionante, além de uma ótima produção, a cargo do próprio Thiago, com mixagem e masterização de Brendan Duffey, no Norcal Studio.

Destaque para as faixas Beyond The Sun, 334, Imprint Memories e Dark Chant. Não posso deixar de mencionar a sinistra arte da capa criada por Giovanny e Daniel Gava. Um trabalho que prova a nova fase da banda e a qualidade indiscutível que o quinteto paulista sempre teve.


8,5

Vitor Franceschini


Um comentário:

Shinigami Records