sexta-feira, 11 de abril de 2014

M-19 – “Mission: Destroy” – 2013 – Independente (Nacional)

Pois bem, todos sabem que o Thrash Metal possui várias facetas, tais como a maleficência e agressividade do Thrash europeu, a pegada e velocidade do Thrash da Bay Area, o groove do Thrash noventista e a modernidade do Thrash atual. Ok, mas o que isso tem a ver com o M-19.

A resposta é o fato de a banda, que foi formada em 1989 e lançou duas demos nos longínquos anos de 1990 e 1994, e retornou à cena em 2011 depois de 11 anos de hiato e se mostra muito, mas muito atual, chegando a abranger um pouco de tudo dentro do Thrash Metal.

Em primeira instância citemos a produção atual do trabalho. Tudo bem timbrado e distribuído a cargo de Sebastian Carsin e da banda, no Hurricane Studio. Em segundo a sonoridade, mesmo influenciada por nomes clássicos como Slayer e Sepultura, possui uma pegada atual, até com certa dose de ‘groove’.

Os riffs de guitarra estão matadores, assim como a agressiva e incessante bateria. O baixo estremece tudo e a frente temos um vocal agressivo e nervoso que segue a linha Max Cavaleira mais atual.

Difícil destacar apenas algumas faixas em um trabalho equilibrado como este, mas mencionarei Southern Brave e 171, respectivamente as faixas 3 e 4, simplesmente porque demonstram todas as características da banda. No mais, um bom álbum de Thrash Metal que merece ser conferido.


8,0

Vitor Franceschini



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records