sábado, 10 de maio de 2014

Divine Pain – “Imomortality” – 2013 – Mutilation Records/Eternal Hatred Records/ Rising Records (Nacional)

Danilo Coimbra, guitarrista da clássica banda baiana Malefactor desde 1992, arregaçou as mangas e resolveu investir em um projeto ‘one-man-band’ criando o Divine Pain. Em 2008 lançou o EP “...Tomb Of The Sun” e no ano passado, mais precisamente em agosto, soltou seu debut, este “Immortality”.

Fugindo bem de sua banda – que investe em um Death Metal épico e melódico – a sonoridade do Divine Pain caminha para o lado mais extremo, direto e maléfico da coisa. Algo como costumamos chamar de Blackened Death Metal.

Tocando todos os instrumentos, Danilo obviamente mostra um grande trabalho nos riffs de guitarras que soam na linha do Brutal Death Metal como se fossem máquinas trituradoras. Os solos também são muito bons, com certa dose de melodia e virtuosismo, caindo bem nas composições.

A cozinha mantém aquela pegada extrema, com direito a ‘blast beats’ em uma bateria programada muito natural que mais parece um kit convencional mesmo. Os vocais de Danilo soam na melhor forma gutural cavernoso vomitando letras que expressam o lado negro das espécies.

A produção muito boa, a cargo do próprio Danilo juntamente com Júlio Gouveia, deu um ar mais atual à sonoridade do Divine Pain. Um trabalho muito bem feito e indicado a fãs de Belphegor, Behemoth e afins.


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records