quinta-feira, 15 de maio de 2014

Sangrena – “Blessed Black Spirit” – 2009/2014 – Independente (Nacional)

Não sei se é de se estranhar ou ficar inconformado que um trabalho desse naipe tenha sido lançado anteriormente só no exterior. Afinal, o debut desses paulistas foi originalmente lançado em 2009 na Europa (pelo selo Darzamadicus Recors) e EUA (através da Sevared Records) e agora – 5 anos depois – chega de forma independente ao seu país natal.

O trabalho demonstrado aqui é soberbo, digno de quem tem conhecimento de causa e merece muito reconhecimento de sua própria cena. Focado no Death Metal dos tempos áureos da Flórida com um quê do Metal extremo nacional, o disco surpreende não só pelo extremismo, mas pela qualidade geral das composições.

Em meio a tanta superficialidade e artificialidade no cenário, o Sangrena foge à regra e destila uma sonoridade orgânica e tocada com as próprias mãos, como o estilo deve ser propagado. A banda pode não reinventar nada, mas segue a cartilha do Death Metal como muitos deveriam fazê-lo.

Um fator preponderante nas composições do quarteto são as mudanças de ritmos que consagraram muitos medalhões do estilo. Vide faixas como Cursed by Revenge, Abyss of Souls e The Ninth Profecy que terão a aprovação imediata de verdadeiros admiradores do estilo.

Não bastasse a qualidade das 11 faixas, ainda há uma produção que merece todos os méritos por colocar os instrumentos em seus devidos lugares, equilibrando da melhor maneira que casasse com a sonoridade proposta. Não, não é um trabalho que entra no topo da lista de melhores de todos os tempos, mas que adiciona ao gênero, isso não tenha dúvidas. 


8,5

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records