terça-feira, 2 de setembro de 2014

Epistheme – “Descending Patterns” – 2014 – Independente (Importado)

“Descending Patterns” é o primeiro disco deste quinteto italiano e foi lançado em abril último. O Epistheme está na ativa desde 2010 e foi fundado pelo baixista Riccardo Liberti (ex-Noble Savage, Denied, Jemineye, Steel Raiser e Warcryer), que tem ao seu lado Francesco Coluzzi e Enrico Grillo (guitarras), Luca Correnti (vocal) e Daniele Spangnulo (bateria).

A banda aposta num Prog Metal que tem como diferença o ‘feeling’ e a agressividade pouco demonstrados dentro do estilo hoje em dia. Em meio a guitarras trabalhadas, uma linha de baixo consistente e uma bateria versátil, há peso e melodia caminhando lado a lado, sem exageros.

O vocalista Luca enfatiza essa característica mais pesada alternando vocais limpos com um raivoso semi gutural. Cantando temas que abordam a sociedade e seus problemas de uma maneira reflexiva, o cara solta o gogó de maneira peculiar, casando perfeitamente com a proposta da banda.

A ressalva fica pelo fato de em alguns momentos o som não engrenar e parar na burocracia. Por exemplo, as músicas são muito bem estruturadas, mas pecam na falta de energia em alguns momentos. Isso não tira o brilho das composições de jeito nenhum, mas é de se pensar em fazer algo mais objetivo em um próximo trabalho.

De resto, “Descending Patterns” é um disco bem acima da média, que ainda conta com uma produção de se tirar o chapéu (a cargo da própria banda). Silent Screaming e Blind Side são bons exemplos para definir o álbum. Se você admira nomes como Opeth e Meshuggah, vale à pena dar uma ouvida.


8,0

Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records