sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Gustavo Diaz – “Mystic Eye” – 2014 – Independente (Nacional)

Este é o primeiro álbum do guitarrista Gustavo Diaz (Animal Freak, ex-Altergeist e Firewalker), um sonho do guitarrista que iniciou seus estudos na guitarra há cerca de 20 anos. Em “Mystic Eye”, o músico ficou por conta das cordas, tendo ao seu lado o baterista Robson Lima e Tcharles Cipriano nos teclados.

As influências de Diaz são as ‘básicas’ de um guitarrista, como ele cita em seu release: Yngwie Malmsteen, Ritchie Blackmore, Steve Vai, Tony Iommi e por aí vai. Mas sua música instrumental abrange o Heavy Metal, passando pelo Power Metal e o Neo Clássico.

O guitarrista nos faz o favor de não entrar em malabarismos constantes e excessivos e desenvolve música de verdade. Tanto que em alguns temas caberia facilmente um vocal, mesmo Diaz conseguindo fechar essas lacunas com seu instrumento. Os timbres dos instrumentos também foram bem escolhidos e o peso está na medida certa.

O destaque fica por conta da faixa Wisdom and Glory e sua levada Power Metal de tirar o chapéu, Ancient Secrets e sua simplicidade que encanta (muito objetiva) e o interlúdio Purple Shades of a Dream que, para os bons entendedores, não possui a palavra ‘Purple’ no nome à toa. Menção honrosa para a belíssima Marching Through The Flames, que conta com a participação especial do tecladista Andre Tavares e da vocalista Bu Bolzan.

Os arranjos de teclados também caíram muito bem às composições, mostrando que o guitarrista priorizou o conjunto final da obra. A boa produção, feita pelo próprio Gustavo Diaz no Transiente Studio, também colabora e muito para o resultado final do trabalho.


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records