quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Agressor – “Demise of Life” – 2014 – Eternal Hatred Records/Dark Sun Records (Nacional)

Sim, a banda fluminense Agressor está na ativa desde 1982, quando nem este que vos escreve ainda era nascido.  “Demise Of Life” é apenas o segundo full-lenght do quarteto, já que a banda se separou em 1992 retomando suas atividades em 2001 com o relançamento da demo “Kill Or Die” em formato de EP.

É latente o conhecimento de causa que a banda possui ao destilar seu agressivo Thrash Metal. Uma das principais características é a objetividade que a banda possui em suas composições, não deixando a peteca cair em nenhum momento e muito menos dando espaço para o ouvinte respirar.

As guitarras despejam riffs velozes e agressivos com técnicas na medida certa e solos diretos, gerando um trabalho enérgico e empolgante, tendo o baixo estalado e com linhas interessantes, além de uma bateria direta e bem explorada. Incrivelmente, Paulo Tinoco, o baterista, comanda os vocais, aí é um show a parte.

Paulo possui vocais insanos, típicos do estilo chegando ao semi gutural e adicionando os gritos característicos que Schemier (Destruction) e Tom Araya (Slayer) fizeram escola no início de tudo. As letras poderiam estar em uma banda de Death Metal fácil, de tanto que falam em morte e assassinato, mas também há temáticas ambientalistas.

A produção do disco é agradável, fugindo dos padrões artificiais da atualidade e dando um bom equilíbrio a todos os instrumentos. Sem contar o belíssimo encarte que se transforma em pôster. Se está a fim de deixar o pescoço dolorido e entrar no ‘mosh’, não perca tempo.


8,5

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records