quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Entrevista



São quase 23 anos de carreira e um nome consolidado no cenário metálico nacional e mundial. O Amen Corner, um dos maiores nomes do Black Metal brasileiro, lançou este ano um álbum especial, “Christ Worldwide Corporation”, que é acompanhado por um DVD documentário que conta de maneira detalhada a história da banda em comemoração tardia aos seus 20 anos de existência. Conversei com o atencioso Sucoth Benoth (vocal) que atualmente atua ao lado do fundador Murmúrio (guitarra), Mortum (guitarra), Nocturnal Alastor Demon (baixo) e VX (bateria) e continua a saga de manter o nome da banda no topo!

“Christ Worldwide Corporation”, apesar de um álbum inédito, é um lançamento especial comemorando os 20 anos de carreira do Amen Corner. Por que o trabalho saiu com 2 anos de atraso?
Sucoth Benoth: Realmente saiu com bastante atraso devido a duas questões: produção do DVD, muito complexo, e como, foi a primeira vez que nosso produtor trabalhou com DVD, o outro detalhe, foram as burocracias de direitos autorais, ou seja, uma nova lei federal que exige documentação pra caramba, esses dois fatores juntos que resultaram no atraso.

O novo álbum é o mais criativo e bem produzido da banda. O Amen Corner estaria vivendo seu auge? Enfim, este é o melhor momento da banda?
Sucoth: Acredito que o Amen Corner a cada lançamento vem amadurecendo mais  musicalmente sim. Vivemos um ótimo momento e, tirando o início dos anos 90, acredito que agora estamos vivendo a melhor fase da banda certamente.

E como foi compor o novo trabalho? Houve uma atenção especial neste aspecto já que se tratava de um lançamento especial?
Sucoth: Houve sim, total atenção e ideias novas como várias participações de músicos, gravamos com calma, sem pressa, sempre trabalhando em conjunto, e com a ideia de fazer um ótimo trabalho que viesse a agradar a nós e ao nosso público.

Aliás, mesmo soando atuais, as composições de “Christ Worldwide Corporation” mantêm a essência da banda. Essência essa encontrada em toda discografia do Amen Corner, ou seja, se você ouvir uma música da banda sem saber o que está tocando vai adivinhar na hora que é Amen Corner. Como a banda conseguiu criar uma identidade tão própria fazendo Black Metal?
Sucoth: Quando o Amen Corner começa a compor novas músicas, as coisas surgem de forma natural como sempre foi desde o início, eu e o guitarrista Murmúrio temos muita sintonia um com o outro, e também, todos da banda tem a liberdade de criar e dar ideias, e de compor também, desde que não saia fora de nosso padrão. A gente sempre aproveita as melhores ideias, dá uma lapidada e sai como tem que sair, não é nada de propósito. Amen Corner de alguma forma, acabou criando um estilo próprio. E é muito gratificante você ouvir tantas criticas positivas sobre o Amen Corner ao longo de todos esses anos.



O trabalho de guitarras talvez seja o mais consistente da carreira da banda, com bases e riffs sólidos e variados, além de ótimos solos. Esse disco teve uma atenção especial também para esta parte?
Sucoth: Com certeza, as guitarras de alguma forma, é o que movimenta a banda e se elas soam sem peso, sem brilho, fica uma merda, prezamos muito por bases pesadas, mórbidas e os solos, não precisam ser longos e enjoativos, pois acabariam se tornando repetitivos e também comprometeria o estilo Amen Corner de tocar.  Sempre damos uma atenção especial ao peso, timbre das guitarras.

Aliás, seus vocais nunca foram tão versáteis como no novo trabalho. Isso foi intencional ou surgiu naturalmente?
Sucoth: Acredito que meu vocal se encaixou perfeitamente nas novas músicas, e de forma evolutiva e não intencional... Assim como a música do Amen Corner tem evoluído, o vocal também tem acompanhando essa evolução.

Como dito anteriormente, a produção de “Christ Worldwide Corporation” é a melhor da banda até então. O trabalho ficou a cargo de Maiko Thomé Araujo, no Avantgarde Studio. Como foi este processo e o trabalho com Maiko?
Sucoth: Da mais plena sintonia e harmonia, já estamos trabalhando com o Maiko desde o “Leviathan Destroyer” de 2010, assim como nós, ele também tem evoluído muito em termos de gravação, temos toda a liberdade e tempo para deixar as músicas o mais próximo da perfeição. Estamos muito satisfeitos com o Avantgarde Studio.

Agora falando sobre o DVD bônus. Como surgiu a ideia de lançar um trabalho assim? Desde que imaginaram fazer algo especial vocês já pensavam em lançar o DVD?
Sucoth: A ideia de lançar um DVD é meio antiga, aproveitamos a passagem de 20 anos da banda e pensamos, porque não lançar um DVD junto com o CD? A idéia amadureceu e ganhou vida quando o Maiko falou: eu posso produzir um DVD. Metemos a cara e o resultado final ficou muito bom, para o próximo, com certeza iremos melhorar ainda mais preenchendo algumas lacunas e corrigindo algumas falhas. Com o tempo a gente vai adquirindo mais experiência.

Chegaram a cogitar lançar o DVD separadamente?
Sucoth: Não, a ideia original, era de lançar junto com o CD, até porque dessa forma não encarece demais em questão de preços e todos saem ganhando. Aproveitamos também para dar um pôster de brinde.

Os depoimentos, principalmente seu e de Murmúrio, mostra que o Amen Corner é mais do que uma simples banda. O que pode nos falar a respeito?
Sucoth: Acredito que o Amen Corner para nós é uma instituição que se enraizou em nossas almas, não é só a parte musical, mas também a parte ideológica, nós vivemos no underground, interagimos com nossos fãs...  Nós não nos escondemos por traz de nada, não somos melhores do que ninguém, e acredito que ninguém é melhor do que a gente!

Aliás, o Amen Corner é uma das maiores bandas de Black Metal do Brasil. Qual a responsabilidade disso tudo?
Sucoth: É uma responsabilidade enorme! E somos cientes disso, temos um comprometimento com nosso público, o Amen Corner cresce a cada lançamento de forma honesta e sem perder a essência da banda.

A arte de “Christ Worldwide Corporation” também é magnífica e ficou a cargo de Anderson L.A. da Natureza Morta Arts & Design. Como foi desenvolvido esse processo? Ele contou com assistência da banda ou vocês deram liberdade para ele trabalhar?
Sucoth: Foi um trabalho muito bem feito pelo Anderson L.A. da Natureza Morta, ele sempre tem total liberdade para trabalhar em nossas idéias, ele vai mostrando e a gente vai ajustando. Ele já trabalha conosco desde o “Lucification” de 2007. Estamos em plena sintonia profissional e também de uma grande amizade.

E quais os planos para 2015?
Sucoth: São vários, nossa gravadora vai relançar no começo do ano o “Chri$t Worldwide Corporation” em versão simples somente o CD e também, vai relançar no segundo semestre o CD “Iachol Ve Tehila” de 1995. Pretendemos também relançar em versão vinil o “Fall Ascension Domination” (1993), “Iachol Ve Tehilá”  e o “Leviathan Destroyer” e queremos fazer uma grande tour de lançamento do novo álbum pelo Brasil e também em outros países.

Muito obrigado pela entrevista. Podem deixar uma mensagem aos fãs do Amen Corner.
Sucoth: Salve! Queremos agradecer aos nossos fãs pelo apoio que sempre nos deram, e a gente se vê em breve em nossas futuras apresentações! Ave Lúcifer, Hail Satan!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records