sexta-feira, 19 de junho de 2015

Portal – “For All That Is Damned to Vanish” – 2014 – Vic Records (Importado)

Pra fazer um som atual não é necessária uma produção toda artificial, que deixa o som parecendo trilha sonora de videogame. A prova disso é “For All That Is Damned to Vanish”, segundo álbum dos suecos do Portal. Afinal, o trabalho feito por Sverker Widgren no Necromorbus Studio prova isso, deixando um som carregado e límpido ao mesmo tempo, essencial para a proposta da banda (vale lembrar que o renomado Dan Swanö masterizou o disco).

Abordando misticismo, mitologia e o anti-cristianismo, a banda destila um Metal extremo cheio de melodias, com referências mais próximas do Death e do Black Metal. Guitarras pesadas não faltam, além de arranjos mais arrojados e uma cozinha com muita técnica.

A variação rítmica e o clima intenso das composições também ganham muitos pontos para o Portal que, além de tudo, faz um trabalho vocal memorável, unindo guturais inteligíveis e backing rasgados, tendo ainda alguns coros esporádicos de vocais limpos, que caíram muito bem.

O trabalho possui um equilíbrio tão grande entre as nove músicas que a cada audição fica ainda mais complicado destacar apenas algumas delas. Mas arrisco dizer que In the Steps of Forgotten Gods, The Grand Gesture, In Chase for the Sun e A Marschmans Belief são os grandes destaques. Porém, tenho certeza que depois que escrever essa resenha gostarei ainda mais das outras também.


9,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records