sexta-feira, 24 de julho de 2015

Pray For Mercy – “In Absentia” – 2014 – Eternal Hatred Records/Voice Music (Nacional)

Após superar a perda do vocalista Fábio Frazão (morto em 2013), eis que o Pray For Mercy retorna com seu segundo trabalho. Com Bruno Tortorello e Gustavo Oliveira estreiando nos vocais e teclados respectivamente, o septeto mostra um salto incrível de qualidade em relação ao primeiro álbum, que já era excelente.

Mantendo sua linha Deathcore, o grupo adicionou mais brutalidade, mais técnica, mais qualidade e uma melhor produção em “In Absentia” (mérito no último quesito ao renomado Adair Daufembach), o que seja a ser algo natural em termos de evolução.

Impressiona a intensidade das composições que têm letras cantadas em português e chegam a aumentar o batimento cardíaco do ouvinte. Peso, muito peso e uma dose extra de melodia acompanham as músicas que possuem andamentos variados, além de uma dose homeopática de ‘groove’.

Tortorello se entrosou bem com Otávio Augusto e a alternância de vocais guturais com vocais rasgados continua sendo uma das marcas registradas da banda. O trabalho de guitarras é denso, com peso na medida certa e os solos continuam aparecendo pouco, sendo que a cozinha dá todo clima tenso ao disco.

A novidade de “In Absentia” fica por conta das camadas de teclados. Sinistras e maléficas, elas trazem um clima sombrio às músicas e caíram muito bem. Sem sombras de dúvidas o Pray For Mercy serve de exemplo para muitas bandas que investem em um Metal mais moderno na atualidade, afinal provam que é possível soar atual sem soar piegas. Matador!


8,5

Vitor Franceschini



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records