quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Imminent Attack – “Welcome To My Funeral” – 2015 - Metal Maximus (Nacional)

Eis que os mamutes, a melhor banda de Crossover do Brasil na opinião desses que vos escrevem, retornam três anos após “Deliver Us from Ourselves” e pouco mais de um ano do EP “Couch Potato”. E, para alegria e salvação de todos, o som continua intacto e contém até algo mais aí.

Com mais uma arte de tirar o chapeu (o que já é característico da banda e do artista Carlos Cananéa), “Welcome To My Funeral” traz tudo que o Imminent Attack sempre se propôs a fazer, isto é, Crossover direto e sem frescuras, de fácil assimilação, tendo como bom tempero a sensação de se divertir a cada audição do álbum.

O que se nota no novo trabalho é uma banda mais coesa e precisa, fato que chega até a não ser exigido quando se fala do estilo proposto. Afinal, as guitarras magras e velozes estão ali com uma cozinha veloz e cheia de pegada, sempre muito bem executadas tendo os vocais típicos de Dinho Guimarães (meio que esganiçados) acompanhados por coros nervosos nos refrãos. Refrãos esses sempre como marcas da banda.

Outro fator preponderante em “Welcome To My Funeral” é a pegada Punk elevada ao quadrado aqui, principalmente em relação aos lançamentos anteriores. A batida seca e o despojo das músicas nos levam direto ao estilo, o que é muito benéfico pro Imminent Attack, pois mesmo assim conseguem manter o lado Thrash intacto ao mesmo tempo.

Com mais uma produção primorosa de Rafael Augusto Lopes, que desde o ano passado é guitarrista da banda, o Imminent Attack grava mais um disco que mantém seu legado e sua posição no estilo dentro do underground nacional. Sem demagogia, “Welcome To My Funeral” é tão bom quanto seu debut com um tempero mais refinado. Escolha seu destaque.


8,5

Vitor Franceschini



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records