terça-feira, 27 de outubro de 2015

Pathologic Noise – “Gore Aberration” – 2015 – Greyhaze Records (Importado)

Apesar de “Gore Aberration” ser apenas o segundo full-lenght do Pathologic Noise e de ser lançado 12 anos após seu debut, a banda é uma clássica formação mineira, formada em 1992 e um dos principais nomes do Metal extremo do estado das montanhas.

Lançado no Brasil via Cogumelo Records e nos EUA pela Greyhaze Records (selo que tem lançado e relançado álbuns das bandas clássicas do catálogo da gravadora mineira), o trabalho traz praticamente tudo o que o Death Metal oferece com uma fúria absurda e técnica acima da média.

Com conhecimento de causa e uma gana impressionante, o Pathologic Noise consegue impor um ritmo intenso e objetivo no trabalho. Enquanto Claydson Melo e César Pessoa fabricam riffs potentes e solos com certa dose de melodia, L. Muratchas explora seu kit com batidas que se alternam entre semi-cadenciadas e ‘metrancas’ arrasadoras. Ao mesmo tempo em que urra com maestria, Tchescko Suppurator destila linhas de baixo simples, mas que dão suporte suficiente para manter o peso das composições.

A capacidade de ir do ‘old school’ ao Brutal Death Metal gera preciosidades como Sexual Murder (que riff sensacional!), Lights on the Dark Sky e Calling with the Deads. Mas, com a pegada e objetividade da banda, “Gore Aberration”, que conta com uma ótima produção, é um disco que se ouve de cabo a rabo facilmente.


8,5

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records