sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Torture Pit – “The Assassins Session” – EP – 2015 – Pivo Productions (Importado)

Da capital alemã vem o Torture Pit, banda que já lançou um debut em 2009 (auto-intitulado) e criou um estilo bem característico que mescla Death Metal e Hardcore com doses regulares de ‘groove’. Neste seu novo EP, que conta com quatro composições, a banda mantém esta essência.

O leitor que gosta de Death Metal e é mais crítico, pode ficar à vontade, pois a banda soa como tal. O diferencial é que as mudanças de andamentos e um clima mais despojado dão a identidade ao som da banda. Além disso, os alemães incluem melodia nas composições e não primam por velocidade da luz, e sim pelo peso.

Os riffs mostram que o grupo possui conhecimento de causa até pela timbragem mais fúnebre das guitarras. A cozinha segue a variação que a banda criou, sendo os vocais guturais bem cavernosos um dos grandes destaques e que prova que o Metal da morte é o foco no disco.

Das quatro composições três são de ótima qualidade, sendo que Meine Armee é um tanto quanto chata, mas inovadora, já que conta com participação do rapper alemão Chefkoch que destila linhas vocais típicas do rap enquanto o vocalista Cris urra, grunhe e berra ao fundo (o que salva a música).

O fato é que o Torture Pit é realmente uma banda de Death Metal que tenta manter a essência do estilo, mas saindo da mesmice, e os caras conseguem. Além disso, primam por uma produção de qualidade e possuem talento para o que propõem. “The Assassins Session” é um trabalho muito bacana e, de certa forma, inovador.


8,5

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records