sábado, 2 de abril de 2016

Booze Control – “The Lizard Rider”

(2016 – Importado)
                                              
Infernö Records

Apesar de vir de Braunschweig, na Alemanha, a banda Booze Control não segue a linha tradicional do Power Metal e muito menos do Thrash Metal, dois baluartes do Metal naquele país. O jovem quarteto opta pelo Heavy Metal tradicional que se consolidou no Reino Unido na década de 80.

Este é o terceiro disco do grupo, isto é, a prova de fogo e principal oportunidade para se consolidar ao menos no underground mundial. E de fato, a banda passa de ano, pois “The Lizard Rider” é um bom disco e segue a cartilha se utilizando de todos os quesitos necessários no estilo.

Com influência direta da NWOBHM (New Wave Of British Heavy Metal), o grupo mostra em seu novo trabalho algo mais lapidado e ‘limpo’ em relação aos discos anteriores. Perde um pouco da selvageria, mas ganha em execução e a evolução é natural.

As guitarras destilam ótimos riffs, sendo que alterna palhetadas abafadas com outras cavalgadas, além de encaixar ótimo solo. O baixo bem timbrado ajuda a dar mais peso ao disco, sendo que a bateria também possui um bom timbre e ajuda a ditar o ritmo alternando andamentos nem tão velozes e nem tão cadenciados.

O vocalista e guitarrista David Kuri tem um timbre bem particular, o encaixa bem e quando arrisca alguns agudos não exagera. A produção também é de qualidade e consegue soar ao mesmo tempo atual e nostálgica. Destaque para as faixas Vile Temptress, Lead the Trail, Nevermore e Gravelord. Mas é bom ouvir inteiro, pois em cada escutada surge uma música mais interessante.


8,0

Vitor Franceschini


Um comentário:

  1. Achei bem legal essa banda! Gostei bastante, recomendo! =)

    ResponderExcluir

Shinigami Records