segunda-feira, 4 de abril de 2016

Rebaelliun – “The Hell’s Decrees”

(2016 – Importado/Nacional)
                                                  
Hammerheart Records

Sem dúvidas a melhor notícia para o Death Metal nacional em 2015 foi o retorno dos gaúchos da Rebaelliun. Afinal, a banda em quatro anos (de 1998 a 2002) conseguiu se consolidar como uma das principais do estilo por aqui e alcançando reconhecimento digno internacionalmente.

Enfim, o primeiro filho após o retorno já está pronto. O fato de retornar com sua formação clássica, tendo Lohy Fabiano (vocal/baixo), Ronaldo Lima (guitarra), Fabiano Penna (guitarra) e Sandro Moreira (bateria), mostra que a banda preservou suas raízes naturalmente, mas trouxe sua música para os tempos atuais com a roupagem que lhe é cabível.

“The Hell’s Decrees” é um autêntico disco de Death Metal, sendo que a banda deixou um pouco de lado aquela estética mais técnica/brutal e deu mais ‘feeling’, além de soar mais visceral, mesmo contando com uma ótima produção que atende as demandas atuais e não soa plastificada.

Claro que é nítida a evolução no quesito experiência, já que temos um grupo ainda mais coeso. Apostando em riffs pesados e mais bem elaborados, o quarteto mostra algo mais variado, com alternâncias de andamento ditadas pela cozinha precisa e cheia de pegada. Tudo mantendo a agressividade que lhe é peculiar.

Outra das principais características da banda, os refrãos, estão presentes e mais fortes do que nunca. Por sinal, Lohy Fabiano possui um gutural potente e o encaixa quase que com perfeição, mostrando boa dicção e compreensão dos temas que continuam batendo de frente com a religião, guerras e o caos da humanidade.

O fator mais difícil é destacar uma faixa ou outra, pois além de objetivas, as músicas causam um impacto diferente a cada audição. Legion é a primeira que chama atenção na primeira ouvida, sendo que The Path Of The Wolf esbanja habilidade e mostra boa variação. Dawn Of Mayhem possui um forte refrão e Rebaelliun mostra a banda apostando mais no peso do que na velocidade. Enfim, “The Hell’s Decrees” soa como Rebaelliun sendo Rebaelliun, porém nos dias atuais.


9,0

Vitor Franceschini



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records