quinta-feira, 26 de maio de 2016

The Resistance – “Coupe de Grâce”

(2016 – Nacional)
                                           
Shinigami Records

Marco Aro (vocal, The Haunted) Jesper Strömblad (guitarra, ex-In Flames), Daniel Antonsson (guitarra, ex-Soilwork, Dark Tranquillity), Chris Barkensjö (bacteria, ex-Kaamos, Grave) e Rob Hakemo (baixo, ex-M.A.N.). Ao ver essa formação, o leitor que ainda não conhece o The Resistance imaginará ‘com quem’ a banda anda, além de criar uma expectativa imensa em cima do grupo.

O primeiro erro é imaginar que trilham o caminho do Melodic Death Metal pelo fato de a maioria das bandas dos integrantes virem da famosa cena de Gotemburgo, já o segundo erro não existe. Afinal a qualidade aqui, apesar de não superar expectativas, é imensa.

O que se ouve é o autêntico Death Metal sueco e todas as suas facetas que envolvem desde o Hardcore até algumas passagens Death ‘n’ Roll. Se teve em mente Entombed, Dismember e afins é isso mesmo, só que numa escala um pouco mais intensa e não tão soturna.

O The Resistance traz as guitarras típicas do estilo, com afinação baixa e riffs pesadíssimo que dão pouco espaço aos solos. Com uma bateria dinâmica e um baixo pulsante seguindo uma linha mais Hardcore, a banda consegue manter uma sonoridade densa e dinâmica durante todo o disco.

Aro também se destaca investindo em um gutural cavernoso, mais agressivo que suas linhas comumente encontradas em sua outra banda o The Haunted, o que faz de “Coupe de Grâce” um verdadeiro disco de Death Metal. Com músicas objetivas, o trabalho também possui uma produção muito boa, que foge dos padrões plastificados atuais e dá organicidade às músicas. Infelizmente, há rumores de que a banda já se dissolveu, portanto é mais um motivo pra correr atrás dessa cópia que saiu por aqui.


8,5

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records