quinta-feira, 23 de junho de 2016

Hatebreed – “The Concrete Confessional”

(2016 – Nacional)
                                             
Shinigami Records

O Hatebreed, apesar do foco no Hardcore, sempre flertou com o Metal e a cada trabalho essa relação foi aumentando. A banda, que sempre fez um som pasteurizado demais, chega neste “The Concrete Confessional”, oitavo disco da carreira do grupo, mais firme com o som pesado e injeta de vez ‘feeling’ às suas músicas.

Além de ser o trabalho mais Metal do grupo, “The Concrete Confessional” é o que soa mais natural e sua pegada definitivamente é a mais intensa dos mais de 20 anos de carreira. Isso tudo sem se descaracterizar, mantendo elementos característicos em sua música e adicionando novos.

O disco tem um início intenso com a faixa A.D. que já possui uma pegada intensa e veloz, praticamente Thrash Metal e começa discursada pra depois cair na violência sonora pura. Looking Down the Barrel of Today, que tem um riff inicial matador, mantém a chama acesa e traz à tona o tradicional Hardcore nova-iorquino, além de adotar um ‘groove’ interessante.

Aliás, ‘groove’ na medida certa é um dos pontos fortes do disco, sendo que a banda soube dosar muito bem e não deixa que sua música soe dançante. Destaque ainda para faixas como In The Walls, Something’s Off (com grande influência de Pro-Pain) e a Punk Rock The Apex Within.

Sem sombras de dúvidas, o trabalho de guitarras é o grande destaque, desde a execução de riffs matadores até os timbres excelentes, sendo que a cozinha brutal dá a sustentação necessária e o vocalista James Jasta, apesar de monocórdio, encaixa perfeitamente suas linhas se mostrando um dos melhores do estilo. Tudo isso sem contar a produção quase perfeita. Viciante!


9,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records