quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Seven Burning Churches – “A Tribute To Possessed”

(2016 – Importado)             

Dead Center Productions

Tributos são tributos, houve um tempo em que se tornaram caça-níqueis da pior espécie (ainda há alguns), mas sejamos sinceros, há aqueles dignos e que soam como uma verdadeira homenagem. E esta é a impressão neste trabalho lançado pela Dead Center Productions, tanto que até Jeff Becerra, vocalista do Possessed, o disponibilizou no Spotfy.

Quanto à qualidade é outra história, afinal a mesma nunca foi unânime nestes trabalhos. Neste Seven Burning Churches não temos nenhum grande nome do cenário mundial, porém o equilíbrio em termos de produção é muito bom, sendo que as versões oscilam um pouco, mas mais de regular pra bom do que de regular pra ruim.

Quem abre o CD é a banda Pyre com a clássica The Exorcist (se bem que todas as faixas são do “Seven Churches” (1985) com exceção de uma). A versão é bem fiel e só recebeu uma roupagem um pouco mais nova, diríamos. Dentre as onze versões, talvez seja a mais próxima da original e uma das melhores.

Outros destaques ficam por conta do Bestiality com uma ainda mais agressiva versão para Evil Warriors, os russos do Septory destilando seu Death Metal atual em Satan’s Curse e o Grond com Fallen Angel. Ainda há Decease, Violentor, Hell Patrol, Terror Strike, Sichgart, Castrum e Regressive (esta última tocando Swing The Axes, a única que não é de “Seven Churches” e aparece na demo de 1985) que não decepcionam, mas não surpreendem tanto.

O legal de Seven Burning Churches é a honestidade que o tributo transparece e o fato de proporcionar uma homenagem justa. Além disso, a oportunidade de conhecer essas novas bandas é um grande bônus. Nada mais que merecido, afinal ajudaram a criar um estilo cultuado com ênfase até os dias atuais.


8,0


Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records