quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

In Flames – “Battles”

(2016 – Nacional)

Shinigami Records

Desde que adentrou os anos 2000, mais precisamente com “Rerout to Remain” (2002), os suecos do In Flames mudaram sua sonoridade de rumo, até que de forma brusca, dando uma ‘americanizada’ (leia-se comercial) em seu até então Death Metal melódico e afastou diversos fãs, agregando também novos.

Fato é que desde então a banda vinha trabalhando em uma nova fórmula que é lapidada de vez neste novo disco, “Battles”. Há características tradicionais do grupo como os vocais rasgados de Anders Fridén (não a todo o momento, é claro), além do retorno das guitarras com influências do Metal tradicional.

Fato é que o In Flames conseguiu achar a fórmula do peso com a acessibilidade, trazendo boas composições, porém rejuvenescentes, o que irá afastar de vez fãs que ainda resistiam a essa já não tão nova cara da banda. O que de fato não quer dizer que os caras fazem algo ruim ou de fácil execução.

Em sua individualidade, “Battles” é um disco que começa enérgico trazendo ótimas faixas como Drained, The Truth, esta com refrão pegajoso e totalmente Modern Metal, além de Through My Eyes, que traz um pouco do Death Metal melódico das antigas e Here Until Forever com sua boa cadência. Mas, o disco cai um pouco durante a metade final, perdendo a empolgação.

Com produção de Howard Benson, “Battles” é um disco que mostra que o In Flames está feliz com sua sonoridade atual, além de seguro com sua proposta. Fator plausível, pois há muitas bandas que se arriscam, se arrependem e voltam atrás, nem sempre conseguindo resgatar o que propôs no passado. Vale destacar que essa versão nacional ainda traz duas faixas bônus.


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records