sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Overthrash – “Until Death”

(2016 – Nacional)
                                
Independente

Os paulistas de Bauru da Overthrash surgiram há trinta anos e entre 1987 e 1994 mantiveram-se na ativa conquistando um espaço considerável no underground da época, onde lançaram duas demos e um single. As demos “Demothrash I” (1988) e “Demothrash II” (1989), além do single “Reality In Black” (1991).

A hibernação durou 20 anos, sendo que em 2014 o grupo começou a retomar as atividades trazendo o guitarrista Edmir e P.A.D. (vocal e bateria), ambos fundadores, e agora com Vitor Caricati (guitarra) e Jé Crust (baixo, Into the End, ex-Trator BR) no baixo.

Contando a introdução Suryc, são oito faixas, sendo quatro delas regravações. O que mais impressiona é como a banda se manteve antenada e conseguiu adaptar as antigas faixas para os tempos de hoje e melhor ainda, fazer com que elas se tornassem tão atemporais quanto às novas músicas.

O resultado é um Thrash Metal atual, mas que se desvencilha da modernidade imposta hoje em dia, porém sem soar datado. Tal mérito talvez seja da produção natural que a própria banda tomou conta e conseguiu atingir com êxito. Afinal, há timbres bem escolhidos e boa distribuição do som dos instrumentos.

Velocidade, agressividade e peso caminham juntos no trabalho, porém há espaço para quebradas rápidas e viradas insanas, onde faixas como Bat Banger, Cutting, Crushing, Thrashin' & Fuckin' All e Overthrash andam lado a lado com as novas Chemtrails e Alternative World. Um disco que mostra que a Overthrash não podia ter parado e nem pode parar de novo.


8,0

Vitor Franceschini


Um comentário:

Shinigami Records