quarta-feira, 5 de abril de 2017

InteraBanger: Pain of Salvation



“In the Passing Light of Day” (2017), lançado no Brasil via Hellion Records, novo álbum dos suecos do Pain Of Salvation, abriu o ano surpreendendo a todos e soando como um trabalho que já entra de cara nas listas de melhores de 2017, claro que aos apreciadores do Prog Metal e da banda. Mas, é latente a boa receptividade do disco e isso fica evidente nos comentários de fãs e especialistas. Confira abaixo:

“Profundo, doloroso e pesado como há tempos o Pain Of Salvation não soava. Um dos álbuns que mais tenho ouvido ultimamente.” (Iza Rodrigues, Menina Headbanger - http://www.meninaheadbanger.com.br/)

“Um dos melhores discos do ano, um retorno perfeito aos grandes discos da banda, sensacional, incrível, doloroso e muito mais profundo do que o normal, belíssimo disco.” (Augusto Junior, Portal do Inferno - http://www.portaldoinferno.com.br/)



“Uma profundidade lírica maravilhosa. Harmonias sublimes, cheias de densidade, felling. Composições realmente bem feitas, bem executadas, que transmitem pureza e verdade; um misto de técnica e coração, entende? É difícil colocar em palavras as sensações provocadas pelo disco. Uma das coisas mais irretocáveis e sinceras que ouvi nos últimos anos. Um álbum que já faz parte da minha vida, sem exagero algum. Um clássico! Vai ser difícil, extremamente difícil, escutarmos, ainda em 2017, um trabalho musical superior a "In The Passing Light Of Day".” (Paulo Pontes, jornalista)

“Excelente!” (Jonas Pratta, leitor – Descalvado/SP)

“Coisa linda!” (Luiz Henrique Leite, guitarrista da Crookhead - https://www.facebook.com/crookhead/?fref=ts)

“Escutei esse do Pain of Salvation só uma vez e gostei.” (Luis Evandro Cavalheiro Moreira, leitor - São Gabriel/RS)



* A seção InteraBanger do Blog Arte Metal, além de procurar inovar e tirar o veículo de certa rotina, tem o intuito de interagir com o leitor, músicos e especialistas no assunto sobre álbuns polêmicos ou não de bandas já consagradas e relevantes. Outros assuntos relativos às bandas ‘mainstream’ (ou nem tanto) também serão comentados esporadicamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records