sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Crejuvent – “Time”

(2017 – EP – Importado)
                               
Independente

‘One-man-band’ britânica capitaneada pelo multi-instrumentista Freddy Spera, o Crejuvent não só carrega esse nome estranho, mas também aposta numa sonoridade peculiar e abordagem idem. Apesar de muitos considerarem (até a própria ‘banda’) como Progressive Death Metal, o negócio aqui é mais experimental.

Enquanto na primeira demo “Pretty Demos” (2015) o negócio era mais objetivo e menos ‘exótico’, soando sim mais próximo do Metal extremo progressivo, aqui a coisa é mais indigesta, burocrática e variada (de nenhuma forma no sentido pejorativo). Isso causa estranheza no início, mas depois se acostuma.

Músicas com andamentos quebrados é mato, afinal, as cinco composições do EP trazem essa característica, o que pode afastar um pouco os fãs de Metal extremo que preferem um som mais direto. Porém, quem curtiu o Voi Vod na sua fase mais experimental irá se identificar, pois o Crejuvent traz essa influência (ouça a faixa Malicious Clouds, por exemplo).

A banda investe em certo ‘groove’ também que deixa seu som atual, assim como as variações do vocal, que passa pelo gutural, rasgado, gritado e cantado (é ou não é uma ‘banda’ versátil?). Fuck This Shit e World Vomit largam na frente, mas na boa, todas as faixas se completam e ficariam fora de contexto numa audição individual. Interessante, mas não pra qualquer um.


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records