quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Bloodhunter – “The End of Faith”


(2017 – Importado)

Xtreem Music

Estes espanhóis bebem na fonte do Melodic Death Metal de grupos como Arch Enemy e The Agonist, mas não apenas por contar com uma ‘frontwoman’, e sim também por carregar tais influências no seu instrumental. Mas, é claro que a identidade da banda existe e consiste numa pegada mais direta e a brutalidade contida nas músicas.

Neste seu segundo trabalho, o Bloodhunter encontra-se bem coeso, com uma produção acima da anterior, além de um trabalho mais ‘redondo’, porém menos visceral. Isso pode soar ruim para alguns ouvidos, mas é inegável que a banda possui uma qualidade tremenda e aqui destila composições poderosíssimas.

Como dito anteriormente, o trunfo dos espanhóis é o fato de soarem extremamente agressivos, com um som pesado e raivoso, que conta desde uma massa sonora furiosa nos riffs, passando por uma cozinha cheia de pegada (com precisão no bumbo duplo) e a vocalista Diva Satanica em seu auge, superando sua própria performance. É importante ressaltar que ela não dá espaços para lirismos baratos e seu gutural soa feminino, o que é muito importante.

A melodia nas composições do grupo também é bem contida, ficando em alguns arranjos e solos de guitarra (que são ótimos, por sinal), sendo que o Bloodhunter foca mais seu som na alternância de ritmos. Difícil destacar uma ou outra composição, mas fique atento à faixa título, Death & Rebirth, All These Souls Shall Serve Forever e Possessed Myself.


8,5

Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records