quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Héia – “Magia Negra”


(2007 – 2017 – Relançamento – Nacional)

Impaled Records

“Magia Negra” é o primeiro full-lenght da banda goiana Héia, uma das principais representações do Black Metal nacional nos anos 2000. Lançado há 11 anos, o trabalho ganhou esta reedição em digipack, com nova arte e encabeçada pelo selo Impaled Records junto com outras distros.

O Black Metal em sua forma mais rústica, porém com uma produção cuidadosa, que busca captar a essência dessa rusticidade, se faz presente nas composições do trabalho, que trazem letras em português que abordam de forma bem clara o satanismo, o ocultismo e o anticristianismo, sem muitas delongas.

Guitarras ríspidas dão a base para o trabalho com riffs diretos a cargo de Místico, que tem uma cozinha intensa na sustentação dos ritmos. É nítida a ênfase do baixo no peso, com linhas interessantes, simples, mas essenciais de Perverso. Assim como a bateria com uma pegada raivosa e agressiva, a cargo de Desgraça.

Místico também é o responsável pelas vociferações e coloca suas linhas vomitando cultos e blasfêmias sem dó, de forma levemente inteligível e como só as hordas brasileiras conseguem intensificar. Aliás, característica bem presente no disco todo. Destaque para faixas como Maldade Infame, Karbara's e Perversidade Mística da Desgraça.

O disco, que ganhou nova arte, traz também as bônus Ritual e Missa Negra, lançadas originalmente na demo “Oráculo”, primeiro registro da banda em 2002. Os selos Satanics Sounds Records, Campos Metal Distro, Violent Records, Diabolic Records e Holocaust Records auxiliaram no relançamento. Um marco do Black Metal nacional.


8,5

Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records