quarta-feira, 24 de abril de 2019

Arte News: WARSICKNESS: CD de Sick Existence disponível


WARSICKNESS: CD de Sick Existence disponível
Lançado pelo selo Gerunda Produções, finalmente chega às prateleiras o CD físico de "Sick Existence", mais recente álbum da banda paulista de Thrash Metal, Warsickness. 

Produzido pode Friggi Mad (Chaos Synopsis), o disco, que já teve lançamento digital em 2018, ganhou 3 bônus para sua versão CD, as músicas "Gruesome Origin", "Warsickness" e "Alcoholic Brain".

"Sick Existence" pode ser encontrado em lojas especializadas ou adquirido diretamente com a banda, em contato via Facebook:

Tracklist de "Sick Existence":
1 - 666 Liters
2 - Baptism by Beer
3 - Reborn From Bullet 
4 - Called to Pay
5 - Sick Existence
6 - 999
7 - Gruesome Origin (bônus)
8 - Warsickness (bônus)
9 - Alcoholic Brain (bônus)

Warsickness:
Diogo - vocal
Carlos - baixo
Guilherme - guitarra
Fernando - bateria

Assista ao clipe da faixa "Reborn From Bullet":


IMPERIOUS MALEVOLENCE: ‘Laguna Metal Fest VII’ acontece neste fim de semana, confira!

Um dos principais nomes do Death Metal brasileiro, o IMPERIOUS MALEVOLENCE, viaja até Laguna/SC para mais uma apresentação brutal.

O quarteto foi confirmado no como um dos headliners do ‘Laguna Metal Fest VII’, que ocorre neste fim de semana (27/07). Também se apresentarão as bandas Posthumous, Volkmort, Alkanza, Molitium, Syn TZ, Obscurity Vision, Raging War, Cerberus e Ozz Doctor, confira o cartaz completo:

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/IMPERIOUS_MALEVOLENCE_LagunaMetalFestVII.jpg
Evento no Facebook para confirmar presença e obter maiores informações: 
https://www.facebook.com/events/2283234911947701/

SERVIÇO:
Show: Laguna Metal Fest VII
Local: Clube do Campo de Laguna
Endereço: Estrada Geral da Barbacena – Laguna/SC
Ingressos: R$ 40 (antecipados até 26/04) – R$ 50 (na hora)
Online: 
https://minhaentrada.com.br/evento/laguna-metal-fest-7-laguna-sc-12541

Encontre o atual trabalho do IMPERIOUS MALEVOLENCE, “Decades Of Death”, nas principais plataformas de streaming:

Spotify: 
https://open.spotify.com/album/5v1lVnKvynfp4Vj6nkBv5m
Deezer: 
https://www.deezer.com/br/album/59954362
iTunes: 
https://itunes.apple.com/br/album/decades-of-death/1364084445
Napster: 
https://br.napster.com/artist/imperious-malevolence/album/decades-of-death
Tidal: 
https://listen.tidal.com/album/86507021

Contato para shows: 
immalevolence@gmail.com


MALKUTH: Banda é confirmada no ‘Infernal Fest 2019’

Logo após a positiva apresentação no ‘Abril Pro Rock 2019’, o quarteto pernambucano MALKUTH se prepara para viajar até Natal/RN nos próximos dias.

A banda foi confirmada no ‘Infernal Fest 2019’, que acontece no dia 15/06/2019, onde dividirá palco com outras 4 atrações, são elas: Evil Empire, Tonantzin, Orbis Daemonium e By The Death, confira flyer de divulgação (em breve cartaz oficial):

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/MALKUTH_Infenal_Fest.jpg
Link do evento no Facebook para mais informações: 
https://www.facebook.com/events/2028213540610161/

Em paralelo, o MALKUTH ainda celebra a boa recepção do atual álbum “Voodoo” pela imprensa especializada. Foram inúmeras resenhas positivas nacionais e internacionais, confira: 
https://sanguefrioproducoes.com/n/2056

Ouça “Voodoo” nas principais plataformas digitais:
Spotify: 
https://open.spotify.com/artist/2K625A88AU1Nhgrvffkjhh
Deezer: 
http://www.deezer.com/br/artist/12590844
iTunes:  
https://itunes.apple.com/br/artist/malkuth/id1245958291
Tidal/Wimp: 
https://listen.tidal.com/artist/8892821
Napster: 
http://us.napster.com/artist/malkuth

Para resenhar este material, ou entrevista-los escrevam para 
contato@sanguefrioproducoes.com e solicite o press kit.

Contato para shows: 
vitalpsantos@gmail.com 

Contato para assessoria de imprensa: 
www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/MalkuthOfficial/
https://sanguefrioproducoes.com/artistas/Malkuth/38



SAD THEORY: Preparando lyric vídeo para single inédito

Contagem regressiva para iniciar-se as divulgações do novo álbum do SAD THEORY, “Léxico Reflexivo Umbral”, pois nos próximos dias, a banda estará lançando o primeiro single que integrará este material.

Trata-se da faixa “Canis metallicus” baseado no episódio ‘Metalhead’ da série Black Mirror (Netflix), que será liberada em breve nas principais plataformas digitais e no YouTube no formato de lyric vídeo.

Siga o SAD THEORY em seu serviço de streaming mais utilizado e fique por dentro de todas as atualizações do grupo:
Spotify: https://open.spotify.com/artist/4I8eTlO2lkCWfNtRmp47KX
Deezer: 
https://www.deezer.com/br/artist/11728751
iTunes: 
https://itunes.apple.com/br/artist/sad-theory/1110507945
Napster: 
https://br.napster.com/artist/sad-theory
Claro música: 
https://www.claromusica.com/artist/1565623
YouTube: 
http://www.youtube.com/channel/UC_QWPk7slhqt9yQLaSUq9cA/

Em paralelo, a banda divulgou recentemente o lyric vídeo para a faixa “Punhais Longos, Cortes Profundos”, encerrando assim o ciclo de divulgação do atual álbum de estúdio “Entropia Humana Final”, assista:


Conheça o “rock de rua” da banda DIREITO DE DEFESA
Em meados de 1997 nascia no Rio de Janeiro/RJ, uma banda que hoje intitula seu som como “Rock de Rua”. A história da Direito De Defesa teve início na Zona Norte da capital fluminense, quando amigos amantes do bom e velho rock’n’roll, resolveram fazer da música um instrumento de diversão, informação, denúncia e crítica social.
O interesse em mostrar seu som ao maior número de pessoas possível, fez o grupo procurar todos os espaços que estivesse ao seu alcance, levando na bagagem uma mensagem consciente, adornada por uma sonoridade simples, direta e pesada, dando luz a uma melodia singular que se conferiu na demo “Bala Perdida” (2002), elogiada pela revista Roadie Crew.
Nesse período, a banda participou de concursos culturais, conquistando premiações de melhor guitarrista e melhor música com canção “Bala Perdida”. Com o reconhecimento crescendo na cena carioca, a Direito De Defesa passou a receber muitos convites para tocar, inclusive em lugares inusitados, como no Autódromo de Jacarepaguá, durante o Campeonato Mundial de Moto-velocidade, em 3 e 4 de julho de 2004.
No mesmo ano, o grupo finaliza os trabalhos de “Na Cara Deles…” e mais uma vez a mídia especializada cai nas graças da banda, como na edição de agosto de 2004 da Rock Brigade.
Em 2005, junto a outras 64 bandas brasileiras, a Direito De Defesa participa do concurso virtual Duelo de Bandas, promovido pelo site Tosembanda.com, com votação aberta ao público e ficando entre as quatro primeiras colocadas, com a canção “O Que Se Planta, Dá”. Tanta expressão a fez tocar em vários pontos do Rio de Janeiro, até decidir pausar as atividades em 2011. Reformulada, Direito De Defesa retorna em 2014, dividindo o tempo entre apresentações e estúdio para composição de novas canções.
Com os mesmos elementos sonoros e ideias que lhe renderam respeito, o grupo que hoje é formado por Marcos Rhamirez (vocal), Alexander Xavier (guitarra), Walter Alpeer (bateria) e Leonardo Jesus (baixo), liberou no Spotify o álbum “Cultura da Impunidade” (2019), com onze músicas. Atualmente, além de seguirmarcando shows, a Direito de Defesa estuda uma data para lançar o CD fisicamente.
Confira o álbum “Cultura da Impunidade”
Acesse
Redes sociais
Facebook
Instagram
Youtube


FURIA ROCKPAULERA: Novo single é um reflexo da realidade brasileira
No próximo dia 03/05, sexta-feira, o FURIA ROCKPAULERA, power trio formado por Bruno Ramos Vaz (vocal e guitarra), Duda Barcelos (baixo) e Fabrício Ruivo (bateria), disponibilizará o single da música “Mata-se” em todas as plataformas digitais, iniciando assim uma nova fase em sua carreira, sucedendo o lançamento do debut “Não Deixe a Raiva Destruir seu Dia”, lançado no ano passado. Segundo Fabrício, o debut “é o resultado do nosso amadurecimento musical como trio que iniciou lá por 2014 e também como banda com quase 20 anos de estrada na época”, destacando também a completa renovação da banda em relação às composições: “esse trabalho foi bastante desafiador, pois nos reinventamos na maneira de compor, principalmente na parte das letras que ficavam a cargo quase que exclusivamente do antigo vocalista. A partir daí eu (Ruivo) tomei a responsabilidade de criar as letras das músicas que compõe o disco com exceção de "N.D.A.R.D.S.D" (Jaka Leote/Ruivo) e da faixa bônus "Sombra do Destino" (André Licht).”

“Não Deixe a Raiva Destruir seu Dia” representa também o ganho de experiência do trio, tanto em estúdio quanto nos palcos. Questionado sobre o que o álbum representou para a banda, Fabricio diz que “o ponto foi justamente a experiência e o amadurecimento no que diz respeito ao trio... Outro ponto é a visibilidade que um disco pode dar a uma banda que até então só tinha singles, demos e EPs. Acho que um trabalho como esse pode abrir as portas e levar o nome da banda mais longe e fortalecer ainda mais o vínculo com os fãs que aguardavam e cobravam pelo disco oficial”.

Sobre o single, Fabricio explica que a letra deverá ser interpretada de uma forma pessoal por cada ouvinte, mas nos dá um vislumbre sobre o assunto: “Assim como todas as letras da banda "Mata-se" é reflexo da nossa realidade, realidade do nosso país. "Mata-se" é baseada naquela máxima de que se atira primeiro para perguntar depois, mata-se o bandido/traficante para ele não matar o cidadão. Retrata o tráfico de drogas como uma das consequências do tráfico de influências e da corrupção que suga nosso país como um câncer e como um alvo que o Estado não consegue atingir com suas políticas ineficazes e políticos incompetentes. O que nos faz refletir qual é a causa disso tudo? Quem é que lucra com essa história? A realidade é que este tema é como um tabu na nossa sociedade, não se discute políticas que tratem das drogas e tudo que ela envolve, nem de sua descriminalização, não se leva em conta as consequências dessa guerra por que ela ocorre lá na parte de baixo da pirâmide ou no morro, na vila... basta esconder as cagadas atrás da porta e a vida segue e quem prega a proibição é quem mais lucra nesse jogo.”.

Desde sua fundação, em 2001, o FURIA ROCKPAULERA busca se posicionar liricamente através de um viés crítico à sociedade em geral. Questionado sobre posicionamento que as bandas de Rock/Metal devem ter em relação a temas sociais e políticos, o baterista argumenta: “Quanto à importância das bandas se posicionarem politicamente acho q fica a cargo de cada um passar a mensagem que bem entende. A Furia desde 2001 tem esse viés crítico e nesse cenário em que vivemos que as pessoas não dão o devido valor a certos assuntos relevantes para a vida cotidiana do povo brasileiro nada melhor que abordarmos estes assuntos, por isso também cantamos em português, para a mensagem chegar “na lata”, direto na mente de cada um, isso facilita a identificação não só com o estilo, mas com a essência da banda. Vivemos em uma democracia que nem todos são ouvidos e representados (agora menos ainda), como banda não temos uma "bandeira", mas aproveitamos o espaço que temos pra trazer à tona assuntos relevantes com crítica e informação, sem ideologias e apologias.”.

Ruivo ainda nos dá sua visão sobre a atual cena Rock/Metal gaúcha. Distantes cerca de 300 km da capital gaúcha, o trio de Santa Maria não se deixa abalar pelas dificuldades do underground, mas é bem direto: “Não é fácil nem pra quem está nas capitais, imagina pra quem fica de fora! Têm a concorrência, distância e o fator "grana" que dificulta bastante a vida das bandas, em geral as do interior.”.  Entretanto, a cidade de Santa Maria sempre teve um forte movimento cultural, revelando grandes bandas desde a década de 1980. “Acho que o que torna “menos pior” de estar longe dos grandes centros é estar numa cidade que tem tradição no cenário musical e um apelo cultural muito forte como Santa Maria. A cidade já viveu tempos melhores mas a cena ainda se mantém pelo esforço dos guerreiros. A Furia pelo som que faz, e fez, sempre conseguiu visibilidade e com isso conseguiu sair de Santa Maria pra tocar em outras cidades inclusive a capital e até fora do estado, mas outra questão importante é realmente buscar espaço e abrir caminho fazendo contatos e interagindo com as pessoas e bandas do interior, da capital e até de outros estados, isso realmente faz a diferença e só se consegue através da divulgação e circulação de material, coisa que sempre procuramos fazer. Hoje em dia as distancias encurtam através das redes sociais e plataformas virtuais antigamente a coisa era mais complicada, mas de alguma forma contornamos e seguimos em frente chegando até aqui... com 20 anos de historia.”

Acompanhe o lançamento do single:

Ouça “Não Deixe a Raiva Destruir seu Dia”:


Deezer:

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br


ARMAGGEDON lança "Horda Infernal" nas plataformas digitais
A banda Armaggedon lançou seu novo E.P, intitulado “Horda Infernal”, nas principais plataformas digitais.
O material conta com quatro músicas autorais, e cada uma aborda uma história diferente, com um estilo que mescla o Death Metal e Grindcore.
O disco também foi lançado em formato físico e para comprar basta contatar a banda em suas redes sociais.
O E.P já está disponível para streaming e vendas digitais nas seguintes plataformas: Spotify, Deezer, Amazon Music e Itunes Store.
Links para o single:
Acesse esse atalho para ter acesso aos principais links de "Horda Infernal"
A banda Armaggedon lançou seu primeiro videoclipe oficial, para a faixa "Em Nome da Guerra", presente em seu E.P de estréia "Horda Infernal", lançado em 2018 e que vem obtendo bastante destaque no underground nacional.
O clipe foi inteiramente produzido pela banda, o que reforça ainda mais a ideia de nunca ficar parada e se esforçar ao máximo para obter êxito no forte cenário nordestino de metal extremo.
A música é a mais trabalhada em todo repertório da banda, mostrando que a mistura de Death Metal com Grindcore da banda recebeu algumas outras influências, como de Thrash Metal e solos com uma pegada de Heavy Metal clássico. Algo que é um dos grandes destaques dessa música.
Veja aqui o clipe para "Em Nome da Guerra"
Acompanhe a banda Armaggedon pelas redes sociais:


KRYOUR: videoclipe 'Restless Silence' antecipa debut

"Where Treasures Are Nothing", álbum de estreia do quarteto paulistano, será lançado em maio


"Restless Silence", primeiro single extraído de "Where Treasures Are Nothing", álbum de estreia do quarteto paulistano Kryour, acaba de ganhar um videoclipe dirigido por Mess Santos. Além de retratar levemente seu conceito a partir das cores predominantes e até a locação, o vídeo foca a performance dos músicos. Já a letra retrata a visão de uma pessoa cuja mente é acelerada e pensativa. "Por tamanha inquietação interna, ela não consegue se expressar direito e, então, vem a angústia. A falta de controle de seus pensamentos ocasiona impactos em sua vida e em seu comportamento, pois a ansiedade passa a pressionar respostas precipitadas sobre os objetivos e os planos de vida", explica Gustavo Iandoli, vocalista e guitarrista.

Veja o clipe de "Restless Silence" em 
https://youtu.be/Z9iertirMwM

Praticando um som entre o death metal melódico e o metalcore, Gustavo Iandoli, Wesley Peira (guitarra), Gustavo Muniz (baixo) e Matheus Carrilho (bateria) apresentam no trabalho conceitual "Where Treasures Are Nothing" músicas que formam acontecimentos da vida do 'eu-lírico'. "Por tratar de fatos do nascimento até a morte, abordando os valores humanos, o repertório do álbum se forma em uma história de vida", observa Iandoli.

O álbum conceitual, produzido por Diego Castro (The Ocean Revives, Purge, Abstracted, Summeria) e com arte de capa a cargo de Carlos Fides (Almah, FlowerLeaf, Evergrey, Semblant, Noturnall, Trezzy, Silver Mammoth), será lançado no dia 14 de maio em todas as plataformas de streaming. O repertório é o seguinte:

Beginning of Innocence
Anxiety
Chaos of My Dream
Restless Silence
Theater of Destiny
Rainy
Falling In Oblivion
My Conjugué
The Leaving
When We Got To Go

Site relacionado: 
https://www.facebook.com/kryour/
Mídias sociais: @kryour

Contato para shows: 
kryour.band@gmail.com | (11) 96131-5003
Foto (Crédito: Renan Facciolo)
 


RAFAEL RASSAN apresenta clipe da faixa-título de seu trabalho instrumental

"Ippon" traz cenas de Jiu-Jitsu mescladas com imagens da performance do trio de Rassan


Após apresentar "Universal Express", primeiro single do álbum instrumental "Ippon", o multi-instrumentista Rafael Rassan apresenta o videoclipe da faixa-título. A direção de imagens e edição ficaram por conta do próprio músico gaúcho radicado no Rio de Janeiro, que gravou o álbum "LSD" do Imago Mortis e atualmente promove o segundo do Affront, "World in Collapse".

Veja o clipe de "Ippon" em 
https://youtu.be/wgbxGNa5nIc

No vídeo, o trio encabeçado por Rassan é completado por Bruno Rodrigues (baixo, Solifvgae) e Rodoulfo Ferreira (bateria, Dark Tower), que gravaram suas cenas na 'live room' do Tellus Estúdio, de Niterói (RJ). "O vídeo traz cenas de um confronto de Jiu-Jitsu, arte marcial japonesa que ganhou um estilo próprio no Brasil com a família Gracie. Contei com auxílio de Felipe Almeida, que filmou as cenas no Tellus por ocasião de nossa gravação", revelou. "As cenas da luta foram mais difíceis, e quase tomei um ippon do lutadores", acrescentou Rassan, sobre as cenas de luta que foram filmadas no Jacarezinho, comunidade do Rio de Janeiro onde o faixa-preta 3º Dan, Mariano PQD, desenvolve um projeto social em seu Dojo com a ajuda de Evandro Soares.

Formado em música pela UFRJ, tendo atuado em corais sinfônicos e de música  de câmera, Rassan explica que seu trabalho instrumental possui uma forte influência do thrash metal, do progressivo e uma pitada de ritmos brasileiros. O álbum "Ippon" conta com capa assinada pela artista plástica e tatuadora internacional Anna Idza (Tatuarium, Viena). O material, produzido por Rassan e finalizado por Felipe Eregion, será lançado em breve.

Foto (Crédito: Amanda Respiscio)


ALÍRIO NETTO confirma Workshop exclusivo na Made In Brazil em São Paulo

A Casio Brasil, em parceria com uma das maiores lojas de instrumentos musicais do país, a Made In Brazil, apresentam um exclusivo workshop com o cantor e atir Alírio Netto, integrante da banda Queen Extravaganza, tributo oficial da banda Queen, dirigido por Brian May e Roger Taylor. O músico também foi protagonista de peças musicais como Jesus Cristo Superstar e We Will Rock You. O evento será no dia 5 de maio (domingo) na unidade Made In Brazil Moema, em São Paulo. A entrada é franca.

Neste workshop, Alírio Netto fala sobre técnica vocal, gerenciamento de carreira artística e como o piano se tornou seu principal instrumento de trabalho. No currículo de Alírio Netto em musicais, o ator realizou o papel de Jesus na produção mexicana de “Jesus Cristo Superstar” e de Judas na produção brasileira do mesmo musical pelo qual foi escolhido pelo jornal O Estado de São Paulo como Melhor Ator de Musicais de 2014.

Além disso, Alírio Netto e sua esposa Livia Dabarian tiveram a grande honra e oportunidade de protagonizar a versão brasileira do musical “We Will Rock You”, musical do Queen, no papel de Galileo e Scaramouche. Alírio já gravou álbuns com as bandas Khallice e Age of Artemis com quem tocou inclusive no Rock in Rio e seu primeiro CD solo “João de Deus”. Recentemente, o músico lançou os videoclipes para as músicas “Back to the Light e “De Sol a Sol”.

SERVIÇO:
Quando: 05/05/2019 (domingo)
Onde: Made In Brazil Moema
Endereço: Alameda Jurupis, 1601
Horário: 16h
Ingressos: Entrada Franca
Maiores informações (11) 5094-4466.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/nettoalirio/
http://www.alirionetto.com/
https://www.instagram.com/alirio_netto/


MOONCORPSE: Lyric video foi inspirado em Creepshow, obra de Stephen King
“The Graveyard”, faixa que faz parte do segundo álbum do MOONCORPSE, “King of the Damned”, acaba de receber um lyric video produzido pelo Korvo Studio, com ilustrações de Ikarow. Inspirado na arte deCreepshow”, história em quadrinhos criada pelo mestre do terror Stephen King, “The Graveyard” acaba se tornando uma espécie de tributo ao escritor, uma das inúmeras influências de Thiago Gasulla, idealizador doMOONCORPSE. Creepshow” foi publicado originalmente em julho de 1982, baseado no filme homônimo do mesmo ano, escrito por Stephen King e dirigido por outro bastião do terror, George A. Romero, com a intenção de homenagear os quadrinhos clássicos da década de 1950, como “Contos da Cripta”. O enredo consiste em cinco histórias curtas, duas baseados em histórias anteriores de King, enquanto as três restantes foram escritas especificamente para o filme.

O longa-metragem marcou a estreia de King como roteirista — e, curiosamente, sua segunda aparição como ator. “Creepshow” (que no Brasil ganhou o subtítulo “Show de Horrores”) se tornou um filme “cult” rapidamente.

Com a adaptação do roteiro do cinema para os quadrinhos, Stephen King contou com a arte do magistral Bernie Wrightson, um dos criadores e primeiro ilustrador de “O Monstro do Pântano”, além da icônica capa de Jack Kamen, conhecido mundialmente pelo seu trabalho ilustrando crimes, horror, humor, suspense e ficção científica para a EC Comics. Sobre a letra em si, “The Graveyard” fala de um coveiro que se depara com o ressurgimento de mortos vivos.

Assista ao lyric video:

Além das referências a Stephen King, a inspiração lírica do álbum deve-se em grande parte na história do Kraven King, do universo Warhammer. Para quem não conhece, Warhammer é um jogo de guerra em miniatura de mesa com um tema de fantasia medieval que simula batalhas entre exércitos terrestres de diferentes facções. O jogo foi criado por Rick Priestley e sua primeira edição lançada em 1983. “King of the Damned”também mergulha fundo nas influências fantásticas de “Dungeons and Dragons”.

Ouça o álbum no Spotify:

Contatos:
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br


LEANDRO CAÇOILO divulga vídeo de “A Cry From The Edge” gravado no Viper Day

O vocalista Leandro Caçoilo (Viper, Hardshine, Caravellus e Seventh Seal) segue alimentando os seus fãs e também do Viper com vídeos do show no Viper Day 2019, em São Paulo. A música divulgada nessa semana é a clássica “A Cry From The Edge”, do álbum “Theatre of Fate”. O vídeo foi filmado e editado por Dener Ariani da House of Bootleg em parceria com Leandro Caçoilo e Viper.

Assista o vídeo de “A Cry From The Edge”: https://youtu.be/kuNtixhS6dU

“Neste vídeo eu tentei ser o mais próximo possível do que foi gravado originalmente, mas colocando a minha ideia para a música e aquela energia necessária para um show ao vivo. Este álbum do Viper foi muito importante para minha carreira como cantor”, disse o vocalista Leandro Caçoilo. Além desta faixa, também foi divulgado o vídeo de “A Least a Chance”.

Confira “A Least a Chance”: https://youtu.be/79A55nWZkRI

Para quem quiser entrar em contato com Leandro para ter aulas ou workshops basta enviar um e-mail para leandrocacoilo@hotmail.com. As aulas do vocalista abordam técnicas como respiração, impostação, repertório, belting, apoio, aquecimento, resistência, drive e ressonância. Para ter aulas de canto com Leandro Caçoilo entre em contato por e-mail ou pelo site oficial do cantor. As aulas são totalmente voltadas para o aluno com gravações em pro-tools, com especialização em Rock ‘n’ roll, Metal, AOR, Thrash, Blues, Soul, etc.

Links relacionados:
Site Oficial –
http://www.leandrocacoilo.com.br/
E-mail para contato:
leandrocacoilo@hotmail.com
Facebook –
https://www.facebook.com/LeandroCacoilofanpage


GORE em BH tocando em quarteto!
Dia 27/04 (sábado), pela primeira vez em BH, tocarão os finlandeses do RATTUS + um cast matador!!!

Destaque para os cariocas do GORE que se apresentam em quarteto após giro pela Colômbia com Rovane Rodriguez (LÏXØ, Furúnculo Anal, ex-BAGA) na guitarra.

E tem mais:
Aphorism/BA
Apolkalyptic Raids/RJ
Agaurez/MG
Nuclear Blood/BH
Possuídos/MG
Scalped/MG

Local: MATRIZ CASA CULTURAL
Endereço: Rua Guajajaras, 1353 -  Centro/Belo Horizonte.


TEN: confira o teaser do box “OPERA OMNIA: THE COMPLETE WORKS BOX-SET”
“Opera Omnia: The Complete Works”, novo Box da banda britânica Ten, será lançado no dia 26 de abril, través da Frontiers Music.

O hoje TEN / Gary Hughes têm uma história marcante de lançamentos em seu catálogo célebre e reverenciado. Começando como uma espécie de projeto solo construído em torno do cantor e compositor Gary Hughes, o TEN encontrou seu público tocando um som hard rock em uma época em que tocar esse som em particular era considerado um suicídio comercial. Registros como “The Name of The Rose”, "The Robe", "Spellbound" e o álbum conceitual "Babylon" foram aclamados pela crítica.

O TEN permaneceu centrado em torno do talento musical e direção de Gary Hughes ao longo de 22 anos e 14 álbuns de estúdio. O “Opera Omnia: The Complete Works” é um conjunto de caixas de edição limitada de 16 CDs, muito aguardado e impressionante, que engloba toda a história da banda, incluindo um número substancial de faixas raras e bônus. A banda acaba de divulgar um teaser do trabalho, confira no link abaixo:


Encomende o box aqui: http://radi.al/OperaOmnia

Mais informações:



MYSTIC PRIESTES divulga novo vídeo
Emergindo da cena deathrock e dark punk da Bay Area, o Mystic Priestess acaba de lançar um novo vídeo fascinante para seu single “Mystic Priestess”, tirado de seu mais recente EP, “No Tomorrow Only Today”. O vídeo, dirigido por Akiko Sampson de Ötzi e produzido pela Psychic Eye, acaba de ser lançado pela Cvlt Nation. Representando rituais ocultos realizados sob uma lua à beira-mar, o vídeo também serve como uma vitrine para a feroz performance ao vivo da banda.

“Para o vídeo, queríamos capturar a lua brilhando acima do mar para representar o poder de limpeza da lua e a energia de cura feminina que ela contém, que também é o tema das letras”, diz a cantora Sierra Rose. “A música 'Mystic Priestess' é uma invocação para fortalecer a energia da femme em um mundo de masculinidade tóxica.”

O guitarrista e saxofonista Winter Zora acrescenta: “É um lembrete de nossa conexão com a Terra e como podemos utilizar essa energia para proteger e nos curar dos obstáculos do dia-a-dia que enfrentamos como mulheres em um mundo predominantemente branco de superioridade normalizada masculina. "

Transmita o vídeo "Mystic Priestess" via CVLT Nation:

Ouça/encomende o EP “No Tomorrow, Only Today” :
https://mysticpriestess.bandcamp.com/album/no-tomorrow-only-today-ep
 


FINAL COIL lança novo vídeo
A Final Coil tem o orgulho de apresentar seu novo vídeo oficial "The Last Battle". "The Last Battle" é uma faixa tirada do novo álbum da banda 'The World We Left Behind For Others' lançado pela Wormholedeath / The Orchard / Wormholedeath USA.

A música:
O álbum é conceitual que detalha as vidas e as lutas de duas pessoas que viveram à sombra da Segunda Guerra Mundial. Se você ouvir o álbum como um todo, fica claro que músicas diferentes estão sendo cantadas a partir de diferentes perspectivas e, quando tomadas em conjunto, elas formam uma narrativa que explora como as divisões sociais agora abundantes no Ocidente têm suas raízes na complicada mudanças que ocorreram na era do pós-guerra.
The Last Battle é escrita a partir da perspectiva de um soldado desmobilizado, voltou a encontrar uma sociedade que parece indiferente às suas lutas e focada em uma internacionalização que parece estar em desacordo com o conflito que acaba de terminar. A reação humana natural em tal conjunto de circunstâncias é uma mistura de medo, perplexidade e raiva; e isso acontece quando ele relata sua história em tons tingidos de amargura e confusão. Sua reação inicial leva, como ... e eu vou deixar sugere, ao alcoolismo e uma batalha para lidar; então a batalha mencionada no título é tanto uma referência ao fim da guerra quanto à batalha que o protagonista tem que superar para se adaptar a uma sociedade que parece estar mudando rapidamente ao seu redor. É uma batalha que ele está destinado a perder e, à medida que suas atitudes endurecem, viver com ele torna-se cada vez mais difícil.

O vídeo
“Para o videoclipe, foram reunidos com o amigo Jay Hillyer, que filmou clipes para o Persistence of Memory. Logo no início, decidimos que não queríamos fazer uma narrativa direta para o vídeo, então começamos a olhar para o sentimento subjacente de claustrofobia e tensão inerente à música e, ao nos concentrar nisso, surgiu a ideia de uma jovem sendo perseguida por uma base misteriosa e abandonada por alguma força invisível, acabando por se deparar com um túnel contendo algo ainda mais sinistro. Foi influenciado por uma mistura de filmes de terror (e não pelo amor compartilhado de The Evil Dead) e clipes de bandas como Massive Attack, que criaram alguns vídeos realmente fantásticos para o álbum “Mezzanine”, alguns dos quais têm uma história coerente, mas que em vez disso, toque em uma sensação quase visceral de desconforto que combina perfeitamente com a natureza sombria da música.
Filmando em uma base militar abandonada em uma fria tarde de janeiro, Jay teve a ideia imediatamente, e nós nos divertimos muito vestindo o set para as seções de performance do vídeo. Ainda mais divertido foi vasculhar a base alastrando para os vários locais que nossa amiga, Lou, estaria correndo (e oh, como nós a fizemos correr!) Quando nos deparamos com o playground abandonado e o escuro, em forma de L no túnel, nós sabíamos que íamos acertar no jackpot e fizemos grande uso do ambiente; embora eu tenha que lhe dizer que tentar cantar com essas malditas granadas de fumaça saindo por todo o lugar era um pesadelo. Estamos incrivelmente orgulhosos do resultado final e acho que Jay realmente capturou a atmosfera solitária e atmosférica da base em que filmamos.”

Veja o vídeo:

Mais informações:


SCARS lança vídeo de Armageddon ao vivo em comemoração ao retorno aos palcos.

Foto por: André Santos

Para marcar o seu belo retorno aos palcos, a banda Scars lançou uma versão ao vivo para a música Armageddon, faixa que marcou o retorno do grupo após anos parados.
Armageddon foi gravada no dia 6 de abril, no "On Fire Attack Night", onde apresentaram com Venomous, Válvera e Andralls, e marca o primeiro registro ao vivo da nova formação da banda, agora composto por três de seus membros anteriores Régis F. (vocal), Alex Zeraib (guitarra) e João Gobo (bateria), juntos com Edson “Teacher” Navarrette (guitarra) e Marcelo Mitché (baixo).
Com essa perfomance ao vivo o Scars mostra que sua reputação ao vivo segue inabalada, tendo sempre apresentando um show energético, pesado e com uma interação com o público tradicional de um show de Thrash Metal oitentista.
Veja aqui a banda executando Armageddon ao vivo
Para contratar o SCARS e levar a “Armageddon on Tour 2019” para sua cidade, entre em contato pelo Whatsapp (11) 98978-3987, ou o email scarsnospalcos@gmail.com.
Maiores Informações:

Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records