terça-feira, 13 de abril de 2021

In Lo(u)co - METALLICA: Mexendo em vespeiro!

 


Por Adalberto Belgamo

 

Vamos deixar algumas coisas claras. Matar um urso, mesmo que “alguns” chamem de esporte? Sou contra, mas nunca deixaria de ouvir uma banda, que conheço e sou fã há quase quatro décadas, por isso. É algo intrínseco em uma parte da cultura estadunidense. Também sou contra a posse de armas por “lunáticos”, mas não é esse o cerne do texto.

Colecionar obras de arte e ter uma vida ostentação? O que eu tenho a ver com isso? Fizeram um vídeo com “selinho”? Não sou fiscal de bunda. Cada um na sua. Coleciona objetos de terror clássico? Assim eu tivesse “cascaio” para fazer o mesmo! (risos)

Publicamente, nunca li (e olha que leio muito!) ou ouvi aberrações misóginas, racistas e afins, muito menos analisando e interpretando as letras. A intenção do texto é a de se concentrar na produção musical em estúdio. E só.

Conheci a banda em 84 por meio de uma fita cassete, enviada por um amigo. “Kill’Em All” (1983). Devido à péssima qualidade da gravação (deveria ser a enésima vez que a fita original fora copiada - risos), percebi algo novo na cena da música pesada. Não era os anos 70, muito menos o Hair Metal dos anos 80.

Tempos depois, escutei o trabalho em um registro muito (mas muito) melhor. Apaixonante! Geração “Fuck Off”! Calça agarradinha (não confundir com o atual governador do Estado de SP! risos), tênis cano alto. Sensação de pertencimento!

Tive a sorte de ter essa sensação em dois momentos da vida: Thrash Metal dos anos 80 e movimento musical de Seattle, que alguns chamam de Grunge. No final dos anos 80, nem as bandas se consideravam Grunge. Acredito que nem sabiam o que era isso (risos).

Por que considero o Metallica a banda pioneira na cena Thrash Metal, apesar de outras, que estavam lançando e desenvolvendo projetos parecidos? "Antes do “Kill...”, havia bandas tocando rápido (Speed Metal). No entanto, apesar da velocidade e do peso, ainda faltava algo: a agressividade. Então, depois de muito pesquisar e pensar a respeito, considero (não sou a voz da razão, claro) o Metallica os criadores do estilo.

Em 84, tive a oportunidade de (ai sim!) ouvir o “Ride The Lighting” (1984) em uma qualidade muito boa, ainda que em “fitinha”. Foi um soco no estômago, uma tapa na cara, uma rasteira e um peteleco nos bagos (risos).

Eles conseguiram juntar NWOBHM/Metal Clássico, velocidade e a agressividade do Hardocre/Punk. Misturaram tudo e com uma criatividade fora do comum fizeram o álbum que, na opinião de quem vos escreve, sintetiza toda a geração dos anos 80, quando falamos em Thrash Metal.

“Ah, mas o Exodus e o Slayer?”. Sensacionais também! Mas com concepções diferentes. “Mas e o “Master of Puppets” (1986), considerado a obra-prima dos caras?”. Concordo, mas o “Ride...” tem um valor afetivo especial.



O “Master...” sintetiza toda a genialidade musical do Cliff Burton e a exuberância em compor riffs do James. É um álbum impecável! Musicalmente e liricamente é o ápice da banda. Naquele momento, especulava-se que o underground já não seria mais o “suficiente” para a banda e, provavelmente, mesmo com a morte do Cliff, eles teriam de fazer uma escolha. Continuar a se rebelar contra o ‘mainstream’, ou conquistá-lo sem abrir muitas exceções?

O “And Justice For All” (1988) já era uma “dica” de qual o caminho a banda escolheria, inclusive já como uma “prévia”, principalmente na concepção das canções do que seria o Black álbum (“Metallica”, de 1991). Tive a oportunidade de ver a turnê do disco.

Surreal! Ainda mantinham as mesmas crenças do início da carreira, ao mesmo tempo em que o profissionalismo e o “business” entravam em cena para ficar de vez por todas. Ainda era Metallica, mas com os olhos voltados para o futuro. Fizeram um clipe, tipo de coisa inimaginável até então. Isso não quer dizer que não haja profissionalismo no undreground, muito pelo contrário. Mas podemos “dizer” que é bem diferente tocar para públicos pequenos e médios e, de repente, tornar-se headliner de grandes festivais e ver aumentar a exposição na mídia “não especializada”.

Black álbum, o traidor do movimento! (risos) Um baita disco! Sim, um baita disco! A produção é algo fora do comum. O som da bateria, a compressão das guitarras e o peso do baixo dificilmente serão repetidos na história da música pesada, nem pela própria banda.

É um trabalho, que divide perfeitamente os anos 80 dos 90. Disco mais denso e lento. Incorporaram influências, que passavam despercebidas, mas sempre estiveram com a banda. Se o Cliff Burton estivesse vivo e ainda fizesse parte da banda, com certeza, muitos arranjos teriam a cara dele, devido à diversidade musical pela qual ele era apaixonado.

Criativamente falando, o James provou que é um dos maiores “riff masters” da história do Metal, pois ele deixa a velocidade de lado e se concentra mais no peso. Não que os trabalhos anteriores não tivessem peso, lógico.

Há algo de Rock Clássico/Southern presente, mas com um peso descomunal, que veio à tona devido à produção. Eles finalmente, mesmo com outros movimentos musicais com mais destaque na época, entram de sola no maistream.

Se foi algo bom ou não, cada um que faça o próprio julgamento. Alguns acusam a banda de ter virado as costas para o passado, inclusive para outras bandas e, portanto, não as ajudando a atingir o mesmo status.

“Load” (1996) e “Re-load” (1997). Por incrível que pareça para alguns, não são trabalhos horríveis. Talvez, um pouco sem inspiração e criatividade. A impressão é que eles decidiram entrar um pouco mais no campo do Southern/Rock Clássico, ao mesmo tempo em que tentavam se encaixar nas tendências da época.

A questão é simples. Assim como o poder fascina ideologias políticas (direita, centro, esquerda, côncavo, convexo - risos), a fama contamina e abre novas perspectivas de vida (financeiras, inclusive), as quais eles (com exceção do Lars - risos) nunca imaginariam alcançar. Há as questões da maturidade, responsabilidades familiares e afins, também.

A impressão que se tinha era a de uma banda nova, influenciada pelo Metallica do ‘Black álbum’, mas com uma “pegada” atirando parra todos os lados. No final, foram álbuns importantes para construir uma nova base de fãs, principalmente da geração MTV que, consequentemente, acabou conhecendo a discografia “oitentista”, anterior ao ‘Black álbum’.

Se já torciam o nariz para o ‘Black álbum’, imaginem para a fase “Load”? (risos) E eis que surge, então, o “St. Anger” (2003). Riffs e melodias mal aproveitadas e uma produção horrível (a bateria parece uma pipoqueira! - risos). Se queriam ser Nu Metal, que fizessem direito. Mas com umas quatro ou cinco garrafas de cerveja na cabeça... ainda assim fica difícil. Se os criadores não tocam no assunto, quem sou eu para discordar? Sem mais.

“Death Magnetic” (2008) e “Hardwired... to Self-Destruct” (2016). Bons álbuns. Apesar de não chegarem aos pés da época, que tentaram emular (anos 80), são trabalhos pelo menos honestos. Ouvindo, dá para perceber que optaram por um formato não apelativo. Tentaram resgatar os fãs mais críticos e, sinceramente, conseguiram. Acredita-se que seguirão esse caminho, mas tudo é possível (risos).

Ainda há os outros álbuns (“Lulu”, “S&M I e II”, etc.), mas, apesar de interessantes, não fazem parte da discografia de estúdio da banda. Independente das “fases”, não tem como desconsiderar uma discografia tão importante e muito menos “cancelar” (tendência atual, pertinente em alguns casos) a banda por fatores “extracampo” reprováveis, mas bem longe do genocídio de mais de 350.000 mil pessoas.

 

Inté

 

*Adalberto Belgamo é professor, atuando no museu (sem ser peça... ainda - risos), colaborador do Arte Metal, além de ser Parmerista, devorador de música boa, livros, filmes e seriados. Um verdadeiro anarquista fanfarrão.

Lyric Butcher – “Cárcere”

(2020 – EP – Nacional)

 

Sangue Frio Produções & Records

 


O Lyric Butcher surgiu no início dos anos 90 e manteve sua carreira entre o interior do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, sendo hoje estabilizado de onde veio, Santa Rosa/RS. A banda lançou duas demos, uma em 1996 e outra em 1998, além de mais um trabalho demonstrativo em 2005.

 

Depois de vários hiatos, com um retorno que começou pelos idos de 2017, eis que a banda surge com seu novo trabalho, este EP intitulado “Cárcere”, lançado no ano passado. A brutalidade de outrora continua aqui, no entanto, as passagens ‘Doom’, já não fazem mais parte da proposta.

 

O que ouvimos é um Metal extremo rústico, bebendo nas fontes do Death e Thrash Metal dos primórdios, e até flertes com as raízes do Black Metal. Tudo aqui é positivamente ‘tosco’, mostrando uma agressividade intensa e com letras que emanam ódio.

 

A produção ainda contém aquele aspecto de demo, soando bem primitiva. Uma melhor lapidação dará mais ênfase ao peso e brutalidade da proposta, no entanto, não é preciso mexer muito, já que o que propõem é algo odioso e que incomode. Indicado aos fãs do Metal mais underground possível.

 

https://www.facebook.com/LyricButcherOfficial/

 

7,5

 

Vitor Franceschini

 





Arte News: SABBATONERO: estreia versão de “Killing Yourself to Live” do Black Sabbath com Prika Amaral e May Puertas


SABBATONERO: estreia versão de “Killing Yourself to Live” do Black Sabbath com Prika Amaral e May Puertas

Aos que ainda não conhecem, o Sabbatonero é um projeto idealizado por Tony Dolan (ex-Venom, atual Venom Inc) e o italiano Francesco Conte (Nero Omega, ex-Desecration), com dois objetivos: prestar tributo ao Black Sabbath e arrecadar fundos para os trabalhadores que estão na linha de frente contra a epidemia da Covid-19 na Itália. O projeto conta com grandes nomes do Heavy Metal internacional como convidados, e se prepara para lançar em breve um álbum, “L’Uomo Di Ferro”, que vai contar com 10 faixas da fase inicial do Sabbath. Dentre os músicos convidados, está May “Undead” Puertas, vocalista do Torture Squad.

 

Para divulgar este lançamento, o Sabbatonero disponibilizou ontem o vídeo oficial da versão para “Killing Yourself to Live”, que conta não só com participação da Mayara Puertas nos vocais, como também da vocalista Maksymina Kuzianik (Smoke Rites / ex-Setheist) e da guitarrista Prika Amaral (Nervosa), responsável pelo solo da música. Completam a formação da banda na música Tony Dolan (baixo), Francesco Conte e Filippo Marcheggiani (guitarras) e Riccardo Spilli (bateria).

 

A guitarrista Prika Amaral Comenta

 

"Poder encontrar os amigos numa conexão musical virtual no meio de um confinamento foi uma experiência única, ainda mais em um tributo a uma banda que é a base e a raiz para todas as bandas de metal. Foi um prazer enorme dividir essa oportunidade com músicos tão apaixonados pelo o que fazem."

 

Confira abaixo:

 

https://youtu.be/YdayxYbhg6Y

 

May Puertas parabeniza Tony Dolan e Francesco Conte pela idealização do projeto. Agradecimentos ao Bay Area Estúdios pela captação das vozes e Ghi Design pelo Lyric vídeo .

 

Torture Squad:

May “Undead” Puertas – vocal

Rene Simionato – guitarra

Castor – baixo

Amilcar Christófaro – bateria

 

Mais informações:

Site Oficial: www.torturesquad.net.br

Facebook: www.facebook.com/torturesquad

YouTube: www.youtube.com/torturesquadband

 


MOTOROCKER: Marcelus dos Santos lança faixa “EDU” em homenagem ao amigo Eduardo Calegari

2021 tem sido um ano difícil e muito por conta de algumas perdas marcantes. Uma delas foi a do guitarrista Eduardo Calegari que faleceu de complicações causadas pela Covid-19. Para prestar uma homenagem ao seu companheiro de palco e de estrada, Marcelus dos Santos, vocalista da banda Motorocker, escreveu uma música em parceria com seu amigo Renato Ximú, que fez toda a produção e que carrega o singelo título de “EDU”.

“Essa música foi escrita junto de lágrimas, mas não de tristeza, e sim de amor e carinho pelo nosso irmão e parceiro de banda. Nenhuma homenagem estará à altura dele, mas nos sentimos na obrigação de deixar essa música em memória. ”, comentou Marcelus.

A gravação foi executada pela banda Carne de Onça e conta com a participação instrumental de Rick Ferreira, conhecido como fiel escudeiro de Raul Seixas, mas que já trabalhou com diversos artistas como: Belchior, Erasmo Carlos, Lulu Santos, Zé Ramalho, Barão Vermelho, Zezé di Camargo e Luciano. “O Rick Ferreira, quando soube da história do Calegari, ele mais que ligeiro gravou essa música e falou pra gente, ‘Pô, eu vou gravar essa música com muito carinho, porque eu sei que é para uma pessoa muito importante’.”, contou o vocalista.

A música pode ser ouvida nas principais plataformas de streaming.

Ouça aqui a música:

https://open.spotify.com/track/6Hz3RNRnii27q56esgDq7S?si=c7dcf65d78fc4e15

 

Motorocker:

Marcelus dos Santos: Vocal

Silvio Krüger – Baixo

Luciano Pico – Guitarra

Juan Neto – Bateria

 

Carne de Onça:

Renato Ximú - voz e violão

Laércio Demarch - voz e vioão

Amandio Galvão - guitarra

Jardel Simões - bateria

Luiz Henrique Japa - percussão

Gerson Marçal - baixo

Thiago Bernardi - piano e hammond

 

Mais Informações:

Facebook: https://www.facebook.com/BandaMotorocker

Instagram: https://www.instagram.com/Motorocker/

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC4UL0UK1QqCmiI-aofyyY8g

Site Oficial: http://motorocker.com.br

 


ADULFE: estreia videoclipe para a música “Time For a Change”

Uma das grandes revelações dos últimos anos do Metal brasileiro, a banda de Metalcore Adulfe, vem apresentando ao público um trabalho sólido e cativante. Buscando sempre alinhar sua musicalidade com todos os recursos de alto nível em suas obras, o grupo além de ter lançado o excelente EP “Decadência” em 2021, estreou recentemente o belíssimo videoclipe para a faixa “Time For a Change”.

 

Explorando elementos agressivos do Death Metal, Thrash Metal e outros gêneros similares ao mais extremo do Metal, os músicos da Adulfe incluem muitas passagens harmônicas, concedendo a sua sonoridade uma atmosfera única, criativa e muito bem desenvolvida, fatores esses que irão agradar desde o fã mais extremista quando aos mais tradicionais.

 

No vídeo oficial apresentado, a banda contou com a direção, captação e edição de vídeo de Marcus Cabanha. O personagem do vídeo é de responsabilidade de Ricardo Vinicius e a produção foi feita pelos próprios músicos da Adulfe.

 

Confira o vídeo:

https://youtu.be/olbdOs9uMrc

 

Adulfe é:

Rodrigo Garcia – Vocalista

Matheus Siqueira – Guitarrista e Voz

Bruno Castro – Guitarra base

Otavio Siqueira – Contra-baixo

Marcos Phelipe (PH) – Bateria.

 

Siga o Adulfe em suas redes sociais:

FACEBOOK: https://www.facebook.com/adulfe

INSTAGRAM: https://www.instagram.com/_adulfe/

TWITTER: https://twitter.com/AdulfeOficial

YOUTUBE: https://www.youtube.com/channel/UCIjF2UUt28mkDzxm-PyDHpA

PLATAFORMAS DIGITAIS: https://linktr.ee/adulfe

 


VINCENZO NUCITELI:  Bateria e Voz em Fantástico tributo ao Rush

O jovem baterista e vocalista Vincenzo Nuciteli, convida os renomados e experientes músicos, André Valdambrini (guitarra) e Fábio Fonzare (baixo), para um fantástico collab de “Tom Sawyer” do Rush.

Em vídeo oficial que foi lançado no canal oficial de YouTube de Vincenzo Nuciteli, os fãs poderão conferir uma performance íntegra, precisa e carregada de qualidade musical, onde o trio, executa uma performance incrível deixando qualquer fã do Rush de cabelos em pé.

“Não é uma tarefa simples tocar qualquer linha de bateria do Rush...  Imagina fazer isso cantando”!  Foi o que o jovem músico fez com maestria nesta incrível collab!!! 

Confira o vídeo: https://youtu.be/rGXsjtnVXBo

 

Vincenzo Nuciteli começou muito cedo na música, fundou a banda Burn Inc. aos 10 anos!!!  Atualmente com 16 anos, o músico vem trabalhando em novas composições para o segundo registro de estúdio com sua banda.

André Valdambrini é natural de Jaboticabal/SP e também guitarrista e co-fundador da banda Kolt, que já lançou os discos, Drowning Hopes (2012) e Perfect Circle (2014), ambos disponíveis no spotify.  Atualmente o músico vive na Irlanda e atua auxiliando bandas independentes em suas produções, coordenações e composições.

Fábio Fonze é músico experiente e proprietário do Fonzare Estúdio (Pradópolis/SP), onde atua como músico, produtor musical, arranjador e engenheiro de gravações.

Burn Inc:

Vincenzo Nuciteli – Vocal/bateria

Raphael Alonso – baixo

 

Mais Informações:

Facebook: https://www.facebook.com/BurnInc/

Instagram: https://www.instagram.com/burninc/

 


PURE HATE: assista ao lyric vídeo de “Racional?”

Uma das melhores formas de se conhecer a identidade de uma banda é explorar os vídeos oficiais que a mesma disponibiliza aos seus fãs e público em geral. Com esta conotação, fica evidente que o grupo Pura Hate é uma das mais fortes revelações do Metal brasileiro, não só pela sua sonoridade agressiva, bem polida e com uma produção impecável, mas também pelos materiais impactantes que aos poucos estão sendo apresentados no canal oficial de YouTube destes caras.

 

Oriundos do estado das Alagoas, o Pure Hate recentemente estreou o lyric vídeo para a música “Racional?”, onde todo o trabalho visual ficou a cargo da “The Artwork of Canuto”, que sintetizou imagens bem elaboradas e uma construção assimétrica das letras, para que com isso, os fãs possam cantar juntamente com a banda toda a composição.

 

O vídeo pode ser conferido abaixo:

https://youtu.be/Gl3s4hOkyqw

 

Vale lembrar que a banda Pure Hate adiou o lançamento oficial de seu primeiro EP de estúdio e uma nova formatação será distribuída digitalmente de acordo com o decorrer dos meses que virão pela frente.

 

Confira mais sobre o Pure Hate em todas as plataformas digitais. Abaixo link para usuários de Spotify:

https://open.spotify.com/artist/1KGfgZyUDfSuE1hPToBbo6?si=9ceUx250Qr6DEK-Z5hGKPQ

 

Pure Hate é:

Pedro Eduardo - voz e guitarra

Luiz Ferreira - guitarra

Daniel Sarmento - baixo

Hudson Feitosa – bateria

 

Links da banda nas redes sociais:

https://www.instagram.com/purehate_band/

https://web.facebook.com/pure.hate.39

 


FOBIA: apresenta arte e detalhes sobre a capa do single “Súplica”

A ansiedade é expectativa são enormes sobre o primeiro single que será oficialmente apresentado pela banda Fobia, que através de suas redes sociais e um excelente trabalho de comunicação, vem revelando detalhes sobre o que se deve esperar desta aguardada primeira música da carreira.

 

Com o anuncio oficial que a primeira música a ser em breve lançada terá o título de “Súplica”, a banda Fobia apresenta aos fãs a capa que irá ilustrar este lançamento.

 

A capa que acaba de ser apresentada, conta com a participação da Ayumi Taneno, que através de contato feito pelo baixista Leonardo Balaban, iniciaram um contato profissional com o intuito de ajudar o músico a desenvolver seu estilo como designer visual.

 

Através de vários contatos e uma amizade virtual, Balaban revelou estar pensando na criação de arte de capa para a faixa “Súplica” e a convidou para estampar a capa, que rapidamente foi aceita e de forma gratuita, Ayumi concedeu uma de suas imagens pessoais já prontas, para que a banda pudesse elaborar a arte oficial do novo single.

 

Confira:

 

A música “Súplica” se encontra na reta final de gravações e em seguida, irá passar pelo processo de produção, master e mix. Após tudo devidamente concluído, a banda informará aos fãs a data oficial de lançamento da faixa.

Integrantes:

Raul Prado - Vocalista

Leonardo Capeline - Guitarrista

Pedro Bruno - Guitarrista

Leonardo Balaban – Baixista/ Backing Vocal

Rafael Rissato - Baterista

 

Link das redes sociais:

Instagram - https://instagram.com/fobiabanda?igshid=1f1d5x08cxtvr

Facebook - https://www.facebook.com/Banda-Fobia-103941918458776/

 


NO CAPTAIN: videoclipe de “Pensamento” ultrapassa os 246 mil views no YouTube

Apesar de todas as dificuldades de 2020, o ano não foi totalmente perdido em matéria de música, com bons valores surgindo em diversas partes do mundo. Um desses nomes é o No Captain, uma das principais revelações do Rock Alternativo brasileiro no ano passado. O quarteto originário de Votorantim/SP, apresenta uma música que se destaca não só pela qualidade, mas também bela beleza de suas letras, um grande diferencial no  vazio de ideias que se tornou a música popular brasileira.

 

Recentemente a banda lançou seu EP homônimo, que marca a sua estreia. Composto por 4 canções, tem entre seus destaques a ótima “Pensamento”, que já ultrapassou as 246 mil visualizações no YouTube. Você pode conferir o vídeo oficial da canção no link abaixo:

 

https://youtu.be/R93PYs9OQD4

 

O EP “No Captain” pode ser ouvido no link abaixo:

 

https://open.spotify.com/album/3dXRwEqwcQ804e32RmJnTZ?si=7NMDiLGvTJmv3V8HY1F3Lg

 

Para saber das novidades do No Captain, acompanhe a banda em suas redes sociais.

 

No Captain é:

Diogo Massaglia – Vocal

Caio Massaglia – Baixo

Gabriel Leite – Teclado

Willian Henrique – Guitarra

Wagner Rian – Bateria

 

Mais informações:

Facebook: https://www.facebook.com/BandaNoCaptain

Instagram: https://www.instagram.com/nocaptainoficial/?hl=pt-br 

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCeW2wGmbj1tYDn_r9OeQ88Q

Spotify: https://open.spotify.com/artist/6WTqsrepFKIDlk5QmQMpYO?si=4XTqUx6aTcyMKYB-vhd5CA



IMPLUVIUM: banda revela data de lançamento de videoclipe

Os curitibanos do Impluvium seguem trabalhando firme na produção de seu álbum de estreia e dos singles que o irão preceder. Ainda sim, a banda encontra tempo para apresentar novidades aos fãs, e a mais nova delas é que nessa sexta-feira, dia 16 de abril, às 10h, estará estreando no canal oficial de YouTube da banda, o vídeo oficial de seu single de estreia, “Flower Street”. Para não perder esse momento, você pode definir um lembrete em https://www.youtube.com/watch?v=BvmWF0WPplI.

 

“Flower Street” se encontra disponível nas principais plataformas digitais de música, como Spotify, Deezer, Apple Music, Tidal, Music Amazon, Google Play e Napster, dentre outras, e você pode ouvi-la no link abaixo:

 

https://open.spotify.com/track/2bjbgPncTXuKFusLcUBqv6

 

Para se manter informado sobre as novidades do Impluvium, siga a banda nas suas redes sociais.

 

Impluvium:

Carlos Rocha – Vocal

Tales Ribeiro – Guitarra

Luiz Rodrigues – Guitarra

Guilherme Fuse – Baixo

André Prevedello – Bateria

 

Mais informações:

Site: www.impluviumband.com

Facebook: https://www.facebook.com/impluviumband

Instagram: https://www.instagram.com/impluviumband

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCGwdPbGi_qOLffQpienTcdw

 


NYX METAL PROJECT: novo single “Asgard's Fast As A Flash” é liberado nas plataformas de streaming

Após disponibilizar em seu canal oficial no YouTube o novo single, “Asgard's Fast As A Flash”, o Nyx Metal Project, projeto capitaneado pelo baixista e vocalista Nilson Oliveira (Nyx), acaba de disponibilizar a música nas principais plataformas de streaming, dando assim mais uma opção para os fãs escutarem a nova canção. Confira no link abaixo:

 

https://open.spotify.com/track/1TL0F8G9MPH0eE2vCyCAXs?si=c55dc1b25506430c

 

“Fast As A Flash” foi originalmente composta por Luciano Brito Querido, Adriano Rodarte, Paulo Martins e Nilson Oliveira, e para essa versão, teve sua letra refeita por Nilson. A gravação contou com o apoio de Luiz Amadeus (Guitarras) e Niko Teixeira (Bateria), tendo ocorrido no Audiolab Extreme Estudio (Taubaté/SP) e no UniversoX Studios (Distrito Federal). A mixagem e masterização foram realizadas nesse último, por ArthurD.

 

Para saber das novidades do Nyx, acompanhe a banda em suas redes sociais.

 

Nyx Metal Project:

Nilson Oliveira – Baixo/Vocal

Luiz Amadeus – Guitarra

Niko Teixeira – Bateria

 

Mais informações:

Facebook: https://www.facebook.com/Nyx-Metal-Project-111395834117478

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCIlb6dliR_MhE-zgvlpMsyQ

Spotify: https://open.spotify.com/artist/7al5JIRBFqAc8kurYQXGtW?si=PF4qHbKyQGKIl3jzL_3RCg

 


DISTIMIA FELT: banda apresenta mascote oficial

O primeiro semestre de 2021 tem se  mostrado movimentado e cheio de novidades para os fãs da banda de Hardcore Distimia Felt. Após ter lançado dois singles inéditos, “Pandemia” e “Mate a Todos”, o quinteto apresenta mais uma novidade. A partir de agora a banda terá uma mascote, criado pelo ilustrado Eduardo Untura, e que provisoriamente terá o nome da banda. Confira na imagem abaixo:

 

Você pode conferir os dois singles lançados recentemente pela banda nas principais plataformas digitais de música. Confira abaixo:

 

https://open.spotify.com/track/3BjJTovTjakMn8naO7Jpf1

 

https://open.spotify.com/track/0UdsXceS9ZNGIgKGLO62RC

 

Para saber de todas as novidades do Distimia Felt, acompanhe a banda em suas redes sociais.

 

Distimia Felt:

Rael Dainez (Vocal)

Flávio Souza (Guitarra/Vocal)

Thiago Simões (Guitarra)

Edimar Félix (Baixo)

Lídio Souza (Bateria)

 

Mais informações:

Facebook: https://web.facebook.com/distimiafelt/

Facebook: https://web.facebook.com/Distimia-Felt-1250498175090126/

Instagram: https://www.instagram.com/distimia_felt/

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UC5-pETVUjwRgcvRlOo3KSxw/featured

 


INFECTOR CELL: banda concede entrevista esta semana ao programa "Web Cast Taverna"

Como já anunciado anteriormente, o Infector Cell se encontra trabalhando ao lado do produtor Rafael Augusto Lopes na pré-produção de seu novo álbum de estúdio, ainda sem título e data de lançamentos definidas, e que vem para suceder o ótimo “Cultura Suicida”, de 2016. Em paralelo a isso, a banda continua divulgando seu trabalho, e nessa semana o guitarrista Fagner Oliveira estará concedendo uma entrevista exclusiva ao “Web Cast Caverna”.

Enquanto a banda trabalha em seu novo material, você pode conferir os lançamentos anteriores da banda nas principais plataformas de streaming. Confira abaixo:

 

https://open.spotify.com/artist/4hwNYSnqfniB2nbc1DfcBw?si=Hy8kYgzhQ5WVdgXIDu3SPA

 

Para ficar por dentro das novidades do Infector Cell, acompanhe a banda em suas redes sociais.

 

Infector Cell:

Allan Pereira – Vocal

Fagner Oliveira – Guitarra

Giovanni Tolosa– Baixo

Fernando Santos – Bateria

 

Mais informações:

Whats: (11) 9.9466-2183

Site: www.infectorcell.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/infector.IC

Instagram: https://www.instagram.com/infector.cell/

YouTube: https://www.youtube.com/user/infectorcell1/videos

Spotify: https://open.spotify.com/artist/4hwNYSnqfniB2nbc1DfcBw?si=Hy8kYgzhQ5WVdgXIDu3SPA

 


Guitarrista WOESLEY JOHANN estreia videoclipe "6-6-6 Ways"

Nesses tempos de pandemia, muitos músicos/artistas têm produzido discos e muito material digital, e com W.Johann não está sendo diferente. O primeiro single, intitulado “6-6-6 Ways”, está disponível em todas as plataformas digitais e a faixa conta com videoclipe exclusivo para apresentar o primeiro trabalho solo do músico.

"Essa música se trata de uma faixa aonde eu tentei demonstrar sentimentos diferentes de escolhas em suas passagens e riffs. Eu escolhi o terror/horror como tema do videoclipe, por ter muito a ver com medos pessoais que fazem as pessoas criar “fantasmas e demônios” em suas vidas, e sempre que se tem medo de algo, somos obrigados a fazer escolhas rápidas por pressão psicológica dentro da própria imaginação. Espero que todos apreciem e já de antemão digo: Cada música do meu disco será única, com suas próprias características e estilo, usei 10 anos de estudos dentro dessas faixas que vão da música clássica, passando pelo Hard Rock e Blues até a música eletrônica/industrial. 11 faixas que eu mesmo criei e produzi", explica o músico.

Guitarrista das bandas NervoChaos, Victorizer e Goat Necropsy, e que também passou pela banda KroW, anunciou em suas redes sociais o lançamento do seu primeiro disco solo, que será lançado ainda este ano e conta com participações super especiais como Prika Amaral (NervosaGuilherme Miranda (KroW/Entombed A.D) e Guilherme Vorhaas (Produtor).

https://www.youtube.com/watch?v=PcFFfyAKkf0

Junto com o lançamento do single, Woesley Johann lança seu site oficial contendo todas suas informações, assuntos do disco e também um crowdfunding para que os fãs possam contribuir e incentivar o seu primeiro trabalho solo de estúdio.

“Meu site oficial conta com todas as informações sobre mim, desde a minha história, até serviços que ofereço e também a respeito do Crowdfunding que será extremamente necessário e muito importante para o lançamento do meu disco. Haverá pacotes com recompensas e uma vaquinha voluntária para apoiadores”, finaliza o músico.
 

Acesse o Crowdfunding e confira os pacotes: https://abacashi.com/p/wjohannsds


W.Johann é conhecido inicialmente pelo seu trabalho junto ao KroW - uma das maiores bandas do cenário death metal do Brasil -, já se apresentando no Rock In Rio e também faz parte de um dos grandes nomes do death metal brasileiro, NervoChaos, e da banda Victorizer junto ao renomado vocalista Vitor Rodrigues (Ex-Torture Squad). Recentemente criou o projeto Goat Necropsy ao lado do Vic Ferreira, no qual são precursores do um estilo totalmente diferente do metal extremo no Brasil e vem ganhando notoriedade ao redor do mundo.

Além de estar produzindo seu disco, segue em estúdio trabalhando em outros materiais com o NervoChaos  Goat Necropsy.

Para mais sobre WOESLEY JOHANN visite os canais oficiais SITEINSTAGRAMFACEBOOK e YOUTUBE.

 


REJECT THE SICKNESS anuncia novo álbum e divulga 3º single

Dois anos depois de seu segundo álbum "The Weight Of Silence", o Reject The Sickness da Bélgica retorna com um álbum tão impiedosamente esmagador e pesado que você tem que experimentar para acreditar. O EP intermediário de 2019, "The New Chapter", já indicava que Reject The Sickness estava viajando em um novo caminho em direção à maturidade musical. Com “While Our World Dissolves” esta jornada foi completada com resultados surpreendentes que excedem a promessa do EP anterior.

“While Our World Dissolves” é uma gravação de bulldozer com a qual Reject The Sickness definitivamente joga fora o jugo do tag metalcore. As nove músicas abraçam firmemente o espírito melódico de death / thrash metal.

A produção pela qual a banda assinou é moderna, mas ao mesmo tempo atemporal. Reject The Sickness conseguiu combinar um som alinhado com músicas que banham em um peso e impacto aprimorado nunca antes ouvido desta banda. Ainda mais de cair o queixo é o fato de que o senso de marca registrada de Reject The Sickness para melodia memorável é preservado da mesma forma.

Então, prepare-se para o ataque de qualidade do Reject The Sickness. As músicas funcionam perfeitamente juntas como uma unidade e todas têm sua assinatura melódica exclusiva para evitar que o fantasma do tédio manche a experiência de escuta.

Com "While OurWorld Dissolves", Reject The Sickness conquistou com confiança seu lugar autêntico na paisagem melódica de death / thrash de hoje. Aficionados por Obscura, Testament, Dissection, Meshuggah, Morbid Angel, In-Quest, Gojira, Dark Angel, Pestilence e At The Gates estão enfrentando uma escuta obrigatória e, com certeza, uma jornada gratificante através da visão de metal única de Reject The Sickness. Certifique-se de atender a este chamado antes que nosso mundo se dissolva!

A banda também tem o prazer de anunciar seu terceiro single "Pillars of Hope", que será lançado nesta sexta-feira, dia 16. Confira as redes sociais e o site oficial da banda para mais informações!

"A faixa tem uma sensação de headbanging mid-tempo groovy, mas continua pesada pra caralho. As letras são sobre crianças que precisam cuidar de seus pais, porque os adultos estão perdidos no abuso de álcool e substâncias. O EP será acompanhado por um vídeo com a letra."

https://www.youtube.com/watch?v=U3xcQaaZYes

 

Mais informações:

http://www.reject-the-sickness.com/

https://www.facebook.com/rejectthesickness

 


VULCANO: Confirmados no ‘Extreme Sound On Line Festival – 3ª Edição’

O novo line up oficial do ‘Extreme Sound On Line Festival’ já começou a ser anunciado e nesta terceira edição contará com a lenda do metal extremo VULCANO dentre os nomes confirmados.

Isso mesmo, os santistas estarão, no próximo dia 30/04, compondo este pesadíssimo cast ao lado de bandas como Scars, Externinate, Initiate Decay, Setfire e muito mais.

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/VULCANO_Extreme_Sound_Festival.png

Acesse o evento no Facebook e fique por dentro de tudo que acontecerá nesta nova edição: https://www.facebook.com/events/447038136343234/

SERVIÇO:
Show: Extreme Sound On Line Festival – 3ª Edição
Local: EXTREME SOUND Records (YouTube) | Eu Apoio o Metal Nacional (Facebook)
Endereço: https://www.youtube.com/channel/UCqO5GZ7nGmf9nv6giJrrbAw | https://www.facebook.com/MetalNacional66
Data: 30/04/2021
Horário: 20 horas

O festival, que já se tornou referência e conhecido nacionalmente como “A LIVE EXTTREMA”, estará comemorando nesta terceira edição os 4 anos da gravadora Extreme Sound Records, e contará com 14 bandas, além de comentários de personalidades do Underground brasileiro.

Confira abaixo como foram as edições anteriores:

Primeira Edição: https://youtu.be/mIldWtXChZo
Segunda Edição: https://youtu.be/evFinAZVfSo

Em outras notícias, ouça a edição número #49 do Programa Sangue Frio Produções, onde Zhema Rodero falou um pouco mais sobre o atual momento do VULCANO durante a pandemia, parceria com a Mighty Music e seu próximo trabalho, projetos futuros e muito mais: https://www.mixcloud.com/SangueFrioProducoes/programa-sfp49-especial-vulcano-eye-in-hell/

Encontre a banda nas principais plataformas de streaming e download do mundo em apenas um clique, acesse: https://li.sten.to/EyeInHell

Imprensa interessada em receber o material completo da banda para resenhas e/ou entrevistas escreva para contato@sanguefrioproducoes.com ou diretamente pelo WhatsApp/Telegram pelo número (46) 98838-7204 e solicite o press kit.

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/VULCANOMETAL
http://www.vulcanometal.com/
https://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Vulcano/20



JUGGERNAUT: Está disponível o quinto episódio do making of de “La Bestia”, assista!


Já está disponível o quinto episódio da série de making of do novo álbum da banda de Thrash Metal JUGGERNAUT, “La Bestia”, gravada e editada pela Lucca Filmes e apresentada pelo Edgar Maccoppi Áudio Estúdio.

Nesta edição, o produtor Edgar Luiz Maccoppi mostra um pouco mais dos bastidores das gravações do baixo, ainda com o ex-integrante Valda, e também dos vocais com Cícero König, assista:

https://youtu.be/rkCOTXz3820

Fique por dentro de todos os vídeos já lançados desta série, inscreva-se no canal oficial Edgar Luiz Maccoppi no YouTube acessando o link a seguir e não se esqueça de ativar o sininho para receber todas as notificações: https://www.youtube.com/channel/UC_UASMLGkuhauvAFdwY44fA

Encontre “La Bestia” em todas as principais plataformas de streaming e download do mundo em apenas um clique, acesse: https://li.sten.to/LaBestia

Em outras notícias, JUGGERNAUT segue trabalhando pesado no marketing e divulgação do álbum supracitado, interessados em receber o press kit completo para veiculação (resenha/entrevista) escrevam para contato@sanguefrioproducoes.com ou pelo WhatsApp/Telegram pelo número (46) 98838-7204 – Sangue Frio Produções – e solicite-o.

Contato para shows (PRESENCIAIS OU EM LIVES):
E-mail: juggernautthrashmetal@gmail.com
WhatsApp/Telegram: (46) 98838-7204 – Sangue Frio Produções

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/JuggernautThrash
https://www.instagram.com/juggernautthrash/
https://open.spotify.com/artist/5qHLzgOL53VoWprZYW9vkt
http://juggernaut.com.br/
https://sanguefrioproducoes.com/artistas/JUGGERNAUT/83

 


SACRIFIX lança álbum de estreia, "World Decay 19"!


Os Old School Thrashers paulistanos do SACRIFIX lançou hoje seu álbum de estreia "World Decay 19", via parceria entre as gravadoras Thrash Or Die Records e Rapture Records, nos formatos CD e streaming.

"World Decay 19" apresenta uma sonoridade baseada totalmente na crueza e rispidez do lado mais clássico do Thrash Metal, sem invencionismos e fortemente influenciado pelos primeiros trabalhos de bandas como o MegadethAnnihilatorSlayerSodom Kreator, e letras inspiradas em guerra, ocultismo, críticas sociais, questões existenciais, religião e violência.

O tracklist de “World Decay 19” é:

Intro
Let Him Die
Living Hell
Sacrifix
Pain
Escape
Evil Games 
(Angel Witch Cover)
World Decay 19

Produção por Frank Gasparotto
Mixagem por Marco Nunes (@marconunestoristudios)
Capa por Márcio Aranha (@marcioaranha83)

Confira a faixa "Escape" em:
https://youtu.be/OAWTCg2-8y0

Assista o vídeo/collab de "Sacrifix" em:
https://youtu.be/dEzGPfnsLdU

Por enquanto, por conta da pandemia, "World Decay 19" pode ser adquirido em formato CD na loja Mutilation Records, na Galeria do Rock/SP, no Bandcamp e através das mídias sociais do SACRIFIX ou de Frank Gasparotto (@f_gasparotto). Espera-se que a logística de distribuição dos mesmos se normalize em breve.

https://mutilationrecords.com/product/sacrifix-world-decay/

Mais sobre o SACRIFIX:

SACRIFIX não tem a intenção de ser apenas “mais uma” banda no meio de milhares de outras no segmento Thrash Metal em nosso país, mas sim mostrar como fazê-lo da forma mais intensa, vigorosa e violenta possível, respeitando os primórdios de sua criação, sem frescuras e estrelismos. Ainda como um trio, Frank Gasparotto (vocal/guitarra), Kexo (baixo, Infamous Glory, Death By Starvation) e Gustavo Piza (bateria, Infamous Glory), estão na procura por um segundo guitarrista para completar sua formação ideal.

Formação:

Frank Gasparotto – Vocal/Guitarra
Kexo – Baixo
Gustavo Piza – Bateria

Discografia:

“Sacrifix” (Single/2020)
“World Decay 19” (Álbum/2021)

Ouça Sacrifix em:

Spotify: https://open.spotify.com/artist/2cQfrvhid8rkZfuY21UU55
Reverbnation: www.reverbnation.com/sacrifixofficial
Bandcamp: https://sacrifix.bandcamp.com

Mídias sociais:

Instagram: www.instagram.com/sacrifixofficial
Facebook: www.facebook.com/sacrifixofficial
YouTube: www.youtube.com/channel/UC5W2er0ttoIDf4K-V0k30DA

Fotos por Rhadas Camponato

 


MALVADA: banda entra em estúdio para gravar seu primeiro álbum


A Malvada anunciou através de suas redes sociais que neste fim de semana, entrará em estúdio para gravar seu primeiro álbum. A expectativa é grande e os preparativos incansáveis.

O álbum será gravado no Studio Pub (Santo André/SP) e será produzido por Tiago Claro (Seventh Seal) e Nobru Bueno (Instinto). Lembrando que serão obedecidos todos os protocolos de segurança e distanciamento.

A banda está em busca de uma gravadora/selo para lançar o álbum físico (CD, vinil...) Caso tenham interesse, entrem em contato pelo email tc7producoes@gmail.com

Neste sábado também será exibida a live "Four Zones Festival", gravada com várias bandas, onde a Malvada apresentará praticamente todo seu material autoral.

Para assistir, entre no link abaixo no sábado (ou siga o canal e será notificado, quando iniciar):
https://www.youtube.com/channel/UCWevaM8IjuyhWmOOo1nU3yg

A formação da Malvada conta com Angel Sberse (vocal, participante do último The Voice Brasil da Rede Globo), Bruna Tsuruda (guitarra), Má Langer (baixo) e Juliana Salgado (bateria).

Para saber mais sobre a Malvada, siga seus canais oficiais:
www.facebook.com/malvadabanda
www.instagram.com/malvadabanda
www.youtube.com/channel/UCFaBzoi_LSL3rru6LtfxL_g
www.facebook.com/tc7producoes/
www.facebook.com/lpmetalpress/

 


VIRTVS lança clipe de "O Circo", uma crítica direta ao atual cenário político do país

Virtvs lançou recentemente novo disco que apresenta uma pitada de crítica social e com a pegada punk rock dos anos 90. A banda promove o lançamento do clipe da faixa "O Circo",  música que abre o primeiro disco da banda de nome homônimo.  O videoclipe trata do atual cenário político que vive o Brasil, focado nas críticas ao atual governo federal, trazendo elementos do punk tanto na composição quanto na música em si. 

Confira "O Circo": https://www.youtube.com/watch?v=BJSWuefJEPo

Com influências do punk dos anos noventa, uma pitada de crítica social e com melodias viscerais, a banda apresenta ao cenário nacional o velho e bom rock n roll que dominou as casas undergrounds do início dos anos noventa até início da década de dois mil. O disco, de nome homônimo da banda, traz na sua essência músicas que trazem de volta o caos musical e comportamental que faz do punk/hardcore muito mais que um estilo musical, um estilo de vida.

Seu primeiro disco traz em suas primeiras cinco músicas o punk/hardcore cru que faz a cabeça da banda, com letras bem críticas que trazem à tona o atual cenário comportamental do mundo. O disco abre com a música O CIRCO, que é uma crítica direta ao atual governo do Brasil. A segunda metade do disco traz canções mais viscerais, com melodias e letras poéticas, mexendo com o imaginário de quem escuta. O material também tem em suas composições músicas com temáticas rock pop, buscando atingir um público mais novo. 

A VIRTVS surgiu em 2019, e tem suas influências ligadas ao punk rock hardcore dos anos 90, passando pelo rock alternativo e pós-punk. Formada por Juan Lima (Guitarra e Voz), Luiz André (Baixo e Voz), Guga Rock Salles (Guitarra e Voz) e Rafael Coelho (Bateria), a banda aborda em suas composições assuntos como violência contra mulheres, transtorno depressivo, política e amores, tudo bem colocado como uma forma de crítica ou enaltecendo sempre as dúvidas que norteiam os pensamentos humanos.

 

Confira "Virtvs": https://album.link/s/2iFwH0HwS1WXBFClnVJUGz

 


XXV aniversário do BLACK ALTAR e novos planos de publicação

Em abril, o Black Altar comemora 25 anos. Nesta ocasião, o fundador da banda - Shadow - publicou um pequeno comunicado:

“25 anos se passaram desde que gravei minha demo de estreia. Não achei que essa aventura fosse durar tanto. Gostaria de agradecer a todos que apoiaram minhas atividades durante este quarto de século, bem como àqueles que os criticaram, porque talvez isso tenha me incentivado perversamente a continuar minhas atividades. Nesse longo período, tive ótimos momentos com a banda, que me trouxeram muita satisfação e confirmaram que o que faço faz sentido, assim como momentos ruins, problemas com a formação, críticas ou morte do ex-guitarrista Lord von Skaven durante a última véspera de ano novo. Tudo me moldou como homem e artista.

A biografia do Black Altar não é muito rica para um período tão longo de atividade, mas isso irá mudar lentamente nos próximos anos. Temos 17 novas músicas prontas. Já se passaram 13 anos desde o último álbum, e lentamente é a vez de seu sucessor, mas antes disso haverá 3 divisões. Primeiro com o norueguês Vulture Lord em outubro, mais 2 no ano seguinte. Ainda não posso anunciar os nomes, só posso dizer que são bandas bem conhecidas e respeitadas com uma longa história. A banda também planeja iniciar atividades de shows. Portanto, esta jornada continua e estou curioso para onde isso vai levar..."

Por ocasião do 25º aniversário, camisetas e moletons foram lançados e estão disponíveis para compra na loja Odium Rec: www.odiumrex.com/webshop ou www.odiumrecords.bandcamp.com.

Lembramos o último clipe do Black Altar da divisão com o Kirkebrann: https://youtu.be/om6gufJFl04

 

www.black-altar-horde.com

www.facebook.com/blackaltar

www.instagram.com/black.altar.official

 


RIFT GIANT anuncia detalhes do álbum “Cataclysm”

O RIFT GIANT tem o prazer de anunciar que seu novo álbum, “Cataclysm”, será lançado no dia 1º de maio pela Planet K Records. O álbum estará em breve disponível em CD e para download digital.

Rift Giant é uma banda de 2 integrantes com sede em Copenhagen, Dinamarca. Juntos, o guitarrista / baixista / vocalista Matthew Pither (Reino Unido) e o baterista Thomas Ramkilde (Dinamarca) se concentram na criação de riffs poderosos e condutores intercalados com melodias pesadas e groovy. Fundada em 2016, a dupla escreve músicas com letras inspiradas no gênero literatura de fantasia; mamutes, demônios, bruxas e, é claro, gigantes têm um lugar de destaque em seu mundo.

“Cataclysm” foi gravado pela própria banda em um bunker adaptado da 2ª Guerra Mundial. Mixado por Patrick Fragtrup na Wolf Rider Sound Production e masterizado por Lasse Ballade no Ballade Studios (Copenhagen). Arte de Adam C Design & Illustration. Para fãs de Doctor Smoke, High on Fire e Mastodon.

 

Tracklist:

1. Into the Rift (5:09)

2. Hubris (5:37)

3. Queen Witch (7:49)

4. Slaves, She Made Us (5:47)

5. To Three (5:59)

6. Blocks Out the Sun (5:51)

7. Rift Giant (7:34)

8. Cataclysm (3:58)

 

RIFT GIANT Online:

Facebook: https://www.facebook.com/riftgiantdk

Instagram: https://www.instagram.com/riftgiant/

YouTube: https://bit.ly/3msizwC

Planet K Records: https://planetkrecords.bandcamp.com/

The Metallist PR: www.themetallistpr.com

 


CATHARSIS revela detalhes de novo álbum

Os poloneses do Catharsis acabaram de revelar a capa de seu próximo álbum de estúdio intitulado “Human Failures”, que será lançado no início de 2021. O álbum foi gravado no Heinrich House Studio com Filip “Heinrich” Hałucha como engenheiro de som e produtor. A bateria de sessão para este lançamento foi gravada por Dariusz “Daray” Brzozowski (Dimmu Borgir, ex-Vader).

“Human Failures” contém sete novas faixas. Uma das canções intitulada “Made Of Blood” inclui a participação vocal de Ross Dolan (Immolation).

A arte da capa é uma pintura a óleo feita pelo artista polonês Michał Powałka. Representa a atmosfera do álbum, mais sombria e pesada do que tudo o que o Catharsis gravou até agora.

Tracklist:

Through The Eyes Of A Child

Slaves To Money And Greed

Your Truth

Made Of Blood

Village Of Witches

House Of Sand And Fog

My Last Words

 

O LP anterior, “Rhyming Life And Death”, foi lançado em 2014 pela Mad Lion Records.

 

Informações:

Facebook: https://www.facebook.com/catharsispl

Instagram: https://www.instagram.com/catharsis_official/

 


TORN BETWEEN TWO WORLDS: conheça novo projeto de Sarah Jezebel Deva e Chris Rehn

Os mestres do dark metal estão de volta! Os lendários Sarah Jezebel Deva e Chris Rehn voltaram à vanguarda do metal com Torn Between Two Worlds - uma continuação de seu projeto anterior, Angtoria.

Torn Between Two Worlds estendeu todas as cores sonoras em sua paleta estabelecida para um efeito deslumbrante. Os vocais de marca registrada de Sarah são lindamente complementados por teclados opulentos e orquestrações majestosas. Com base em suas décadas de experiência combinadas, Chris cria um som novo e moderno que é um sinal revelador de seu notável domínio da arte.

Gerado da amizade e da relação de trabalho de Chris Rehn e Sarah Jezebel Deva, Torn Between Two Worlds é outra evolução em uma longa e marcada carreira no metal. A jornada de Torn Between Two Worlds começou em 2002 com Angtoria. Depois que Chris e Sarah escreveram e gravaram uma demo de 5 faixas, eles fecharam um acordo e lançaram “God Has A Plan For Us All” pela Listenable Records sob o nome de Angtoria e lançaram um videoclipe.

Muitos anos se passaram, com Sarah continuando seu trabalho com o Cradle of Filth e Therion e Chris construindo seu estúdio de gravação extremamente bem-sucedido. Apesar da forte amizade e do desejo de continuar escrevendo, a vida atrapalhou. No entanto, havia duas faixas que permaneceram ocultas até agora!

Em vez de se perder nos recessos da obscuridade, essas faixas se tornaram a base para o Torn Between Two Worlds. As canções seguem o mesmo estilo de “God Has A Plan For Us All”, mas mais frescas e a ligação entre Sarah e Chris, e a forma como eles escrevem, continua profissional como sempre.

Os artistas agora preferem se manter livres e independentes, lançando músicas que seguem sua paixão e encantam tanto os antigos quanto os novos fãs. Através do Torn Between Two Worlds, Sarah e Chris levaram seu estilo descaradamente teatral a novos patamares intensos. Você ainda não acredita em nós? Aperte o play e tenha sua alma transferida com este novo elixir da vida!

“The Beauty of Deception” já foi lançado em todas as plataformas de streaming, enquanto "All Eyes On Me" será lançado em 2 de maio.

https://tornbetweentwoworldsofficial.bandcamp.com/releases
https://www.facebook.com/SarahJezebelDeva
https://www.instagram.com/sarahjezebeldeva1977/

https://twitter.com/JezebelDeva

 


NOBODY lança single “Bathory”

O Nobody lançou um novo single “Bathory”. A faixa é tirada do segundo álbum “Eternal Infernal”, que será lançado em 21 de maio de 2021 pela Inverse Records. O novo álbum leva a música da banda para um novo território, incluindo elementos da world music e também instrumentos tradicionais. Embora as influências do black metal não sejam ouvidas tão abertamente, o álbum mantém uma ressaca sombria enquanto viaja no tempo desde a Roma antiga até os dias atuais.

 

Assista ao videoclipe de “Bathory”: https://youtu.be/2WP5dGBx480

 

Comentários de Tuomas Kauppinen:

"Nas profundezas de um castelo romeno jaz sua ex-rainha Elizabeth Bathory. Ela está para sempre presa dentro de quatro paredes hermeticamente fechadas. Sua busca pela juventude eterna selou seu destino. Banhando-se no sangue de centenas de meninas, acreditando que isso daria ela o que ela queria, ela invocou a fúria de um grande mago. O horror que ela infligiu deu ao mago o poder de confrontá-la e inspirar outros a enfrentá-la. Até hoje seus gritos podem ser ouvidos no castelo, mas ninguém sabe onde exatamente ela está enterrada."

 

Ouça o single do Bathory em:

Youtube: https://youtu.be/2WP5dGBx480 

Bandcamp: https://nobodymetal.bandcamp.com

Spotify: https://spoti.fi/3dVqqPn

Deezer: https://www.deezer.com/us/album/217339512

Tidal: https://listen.tidal.com/album/178334936

Apple Music: https://apple.co/2Q11RIO

 

PRÉ-SALVAR álbum “Eternal Infernal” na lista de reprodução do Spotify: https://bit.ly/3d7G8Xt

 

Links:
https://nobodymetal.bandcamp.com 

https://www.facebook.com/nobodymetal 

https://www.instagram.com/nobodyofficial666 

https://spoti.fi/2OP9MFY

 


EXODUS: Tom Hunting revela possuir carcinoma escamoso no estômago

O baterista do EXODUSTom Hunting, revelou que foi diagnosticado com carcinoma escamoso no estômago. Hoje Tom começa seu tratamento e espera que sua história ajude a aumentar a conscientização. Uma declaração de nosso importante homem Tom Hunting:
"Hoje vou começar o tratamento para um carcinoma escamoso no estômago. É um tumor gástrico que foi diagnosticado na parte superior do estômago em fevereiro. Estou tornando isso público para aumentar a conscientização para que as pessoas prestem atenção aos sintomas de problemas estomacais e esofágicos. Se estes persistirem vá dar uma olhada. Não vou ficar envergonhado de falar sobre isso. Sinto que se eu puder ajudar alguém com o que aprendi, ou alguém por aí tem informações para compartilhar comigo, é uma vitória! Quando você pode dar nomes ao inimigo, é fortalecedor, e você está um passo mais perto de matá-lo!
 
Ok, você ouviu as más notícias. A boa notícia é que ele se sente bem fisicamente! Vou bater nisso como uma caixa de bateria que me deve dinheiro!!! Tive ótimos médicos e um ótimo sistema de apoio que é um exército por si só. Estou pronto para a luta!
 
Temos muito o que comemorar este ano com o lançamento do que será um álbum que definirá a carreira e as turnês que virão! Estou feliz por todos que ouvirem e ainda mais animado para sair e tocar um pouco! Eu verei todos vocês em breve! CHEERS!!!"

Mais informações:

https://exodusattack.com/site/
https://www.facebook.com/exodusattack
https://twitter.com/exodusattack
https://www.youtube.com/c/exodusattack
https://www.instagram.com/exodusbandofficial/

 


FLOTSAM AND JETSAM lança single e video para novo álbum 'Blood In The Water'

Os icônicos thrashers do Arizona, FLOTSAM AND JETSAM, lançaram uma nova música e um videoclipe, retirados de seu próximo álbum, 'Blood In The Water', que será lançado no dia 4 de junho de 2021 pela AFM Records!
 
FLOTSAM AND JETSAM pertencem à um grupo de bandas que se diferenciam e são líderes em seu gênero, influenciando a cena de heavy speed e thrash metal há décadas. Seguindo seu esmagador antecessor de 2019, 'The End Of Chaos', o novo single "Burn The Sky" prova que esse álbum também marcará história. Apresentando doze faixas brutais e poderosas que vão arrancar sua cabeça, marcam o excelente trabalho de guitarra de Michael Gilbert e os vocais matadores de Eric A.K. - que sem dúvidas é um dos melhores cantores do metal. O álbum 'Blood In The Water' de FLOTSAM AND JETSAM certamente será um dos álbuns mais pesados que a banda já entregou até hoje!
 
Fique ligado pois a banda FLOTSAM AND JETSAM acabou de lançar o primeiro single e vídeo para a faixa "Burn The Sky". O vocalista Eric AK comenta: "Enquanto estávamos no processo de seleção de quais músicas usaríamos nos vídeos do álbum, 'Burn The Sky' foi a única que estava na lista de todos de forma consistente. Esta faixa tem alguns trabalhos de guitarra de Mike e Steve que são incomparáveis. "
 
Assista ao novo clipe de "Burn The Sky" aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=tP41SH7najE&feature=youtu.be

"Nós realmente passamos muito tempo tentando descobrir quais músicas realmente deveriam fazer parte deste álbum, já que não queríamos qualquer uma nele" comenta o guitarrista Michael Gilbert. Evoluindo ao longo dos últimos álbuns para um som muito mais pesado da banda, o músico continua: "Não quero que ninguém sinta que estamos ficando velhos. Enquanto continuarmos fazendo isso, vamos trazer peso. Nosso som mudou através dos anos influenciado por muitos fatores, mas o que você está ouvindo agora é quem somos e continuaremos a ser." Mais uma vez, Blood In The Water foi mixado e masterizado por Jacob Hansen (U.D.O., VOLBEAT, AMARANTHE, POWERWOLF). A tracklist é a seguinte:

01. Blood In The Water
02. Burn The Sky
03. Brace For Impact
04. A Place To Die
05. The Walls
06. Cry For The Dead
07. The Wicked Hour
08. Too Many Lives
09. Grey Dragon
10. Reaggression
11. Undone
12. Seven Seconds 'Til The End Of The World

O novo álbum do FLOTSAM AND JETSAM será lançado no dia 4 de junho pela AFM Records e estará disponível em vinil e CD, como também em formatos digitais. A pré-venda do álbum acaba de começar AQUI!

Mais informações:
www.facebook.com/flotsamandjetsam.official
www.flotstildeath.com
www.instagram.com/flotsamandjetsamofficial
www.afm-records.de
https://shop.afm-records.de/flotsam-and-jetsam

 

Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.