Arte Extrema 69

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Powerwolf – “Blessed & Possessed” – 2015 – Shinigami Records (Nacional)

Apesar de estar há mais de dez anos na cena e sendo “Blessed & Possessed” seu sexto álbum, o Powerwolf talvez desfrute agora de seu melhor momento. Sensação na Europa, a banda devagar tem adquirido alguns seguidores por aqui, além de ser ao menos falada (seja bem ou mal) em terras tupiniquins.

Agora com o trabalho lançado no Brasil pela Shinigami Records, a tendência é crescer ainda mais por aqui, já que temos uma grande leva de apreciadores do Power Metal, Metal melódico, estilos estes que se encaixam perfeitamente na proposta da banda que consegue fazer um trabalho mais interessante que o outro.

É difícil encontrar algo inovador na sonoridade do grupo, já que eles se enveredam por caminhos já muito explorados. Diríamos que a forma como as músicas são executadas é onde a banda ganha o jogo, já que o quinteto demonstra garra, energia e coesão durante todas as onze faixas.

Essa energia vai desde a primeira composição (que leva o nome do título do álbum) até a última e diferenciada Let There Be Night, que possui um ritmo e clima diferente das demais, mas não perdendo a estética do álbum. Army of the Night é o outro destaque, tanto que a música ganhou um videoclipe.

Com uma produção de primeira linha, a cargo de Kristian Kohlmannslehner, que segue os padrões atuais (bem limpinha, mas não tão artificial), guitarras típicas, melodia na medida certa, teclados bem encaixados e refrãos pegajosos resumem bem o disco, que é um trabalho legal de se ouvir do início ao fim.


8,5

Vitor Franceschini



Baktheria – “System Sickness” – 2015 – NBQRecords (Importado)

São 13 composições (incluindo uma introdução) distribuídas em 27 minutos. Isto é, estes portugueses do Baktheria não vieram pra enrolar, e isso fica bem evidente neste debut da banda que conta com Ruy (vocal/guitarra, Machinergy), Rui Marujo (baixo, Speedemon) e Alex Zander (bateria, My Enchantment).

O trio junto tem passagens por bandas dos mais diversos estilos, mas que não refletem diretamente na sonoridade do Baktheria. O que temos aqui é um Crust com elementos de Death Metal, Thrash Metal e até Hardcore. Músicas objetivas, mas bem exploradas musicalmente compõe este trabalho.

Bases agressivas de guitarra, sem espaços pra solos comandam a selvageria que conta com um baixo nervoso e uma bateria devastadora para concluir o conjunto da obra. Ruy urra com raiva no coração e as letras seguem a temática que mais se encaixa ao estilo, isto é, a crítica social.

Sim, diante de sua objetividade a banda impõe velocidade e ritmos caóticos como meta, mas há momentos mais cadenciados e o trio se sai muito bem nisso. Como exemplo faixas como Traitor e Reset Your Life (To Null), que contam com momentos mais ‘brandos’ e provam que a agressividade permanece independente da rapidez.

Destaque ainda para as faixas Sorcery, Sickness, Murder e Blood. Adotando quebradas interessantes e rapidíssimas, o Baktheria consegue finalizar um álbum que pode ser ouvido diversas vezes seguidas sem soar cansativo. Aliás, o disco é empolgante do começo ao fim.


8,0

Vitor Franceschini


Arte News

HIGHER, PRIMATOR e ATTRACTHA: Heavy Metal brasileiro autoral ao vivo em São Paulo nesta sexta-feira 

Quantas vidas não teriam sido salvas se novos cientistas se resumissem a reproduzir estudos antigos criados por cientistas que os precederam, sem procurar curas para novas doenças? Ainda estaríamos vivendo em pirâmides se novos projetistas, ao longo do tempo, não tivessem aplicado suas próprias identidades para a evolução (constante) da arquitetura. E a gastronomia, tão em alta nos dias de hoje! Será que teríamos o privilégio de degustar tantos pratos refinados se não fossem o movimento criativo de chefes autorais?

Por mais que esses exemplos sejam simplórios, servem para demonstrar que a criação é inerente à existência. A vida só pode continuar existindo ao nascer de cada novo dia. E como dizia o poeta, a arte imita a vida. De forma que na música não pode ser diferente. Mais especificamente no rock e heavy metal, esses estilos musicais que envolvem tanta paixão, não podem continuar existindo se não houverem bandas novas. As grandes bandas clássicas serão para sempre reverenciadas, assim como são as grandes descobertas da ciência, as históricas obras arquitetônicas ou o clássico arroz com feijão. Mas mesmo que seja para manter um legado vivo, ainda assim é preciso reverenciar o Novo.

Dessa forma, os 'metalheads' da capital paulista não têm desculpas para não sair de casa nesta sexta-feira, dia 28 de Agosto. Heavy metal autoral ao vivo, de altíssimo nível, é o que as bandas Higher, Primator e AttracthA levarão ao palco do Gillan's Inn, uma das melhores casas de São Paulo e uma das que mais abre espaço para a música pesada autoral.
Com início programado para às 23h, os shows contarão com excelente estrutura de som e luz e ingressos a preços acessíveis: apenas R$ 20,00 (à venda apenas na hora do show).

O show do Higher será baseado no disco de estreia autointitulado lançado no ano passado. O álbum vem colecionando declarações calorosas na imprensa como: "Nove canções perfeitas" (Metal Samsara); "Surpreendente" (Portal Reidjou); "Som único" (Galeria Musical); "Pesado e criativo, difícil de rotular" (A Música Continua A Mesma); "Indispensável" (Metal Revolution). O álbum também entrou para a lista de Melhores do Ano de diversos jornalistas e críticos respeitados. Na eleição realizada entre os leitores do site Heavynroll, Cezar Girardi foi considerado o segundo "Melhor Vocalista de Metal do Brasil" e Gustavo Scaranelo o terceiro "Melhor Guitarrista".  

Além de Cezar e Gustavo, o Higher também é formado por Pedro Rezende (bateria), Felipe Martins (guitarra) e o novo baixista, Will Costa. O grupo lançou no início do ano o videoclipe para a música "Lie" - 
http://youtu.be/kbI1g7rqmOE.

O Primator também sobe ao palco nesta sexta-feira para apresentar as músicas de seu disco de estreia, "Involution". Seja pela sua abordagem conceitual - que traz um tema influenciado em "A Origem das Espécies" de Charles Darwin - ou pela proposta e identidade musical - voltada ao heavy metal tradicional -, "Involution" tem sido bastante comentado entre rodas de 'metalheads' por todo país e já coleciona dezenas de declarações positivas na imprensa como: "Um dos melhores trabalhos lançados até o momento no Brasil" (Heavy N Roll); "Poderosa, criativa, técnica e cheia de conteúdo" (Dossiê do Rock);"Transpira autenticidade" (Blog Na Mira); "Mais um álbum para a lista de grandes lançamentos nacionais de 2015" (A Música Continua a Mesma); "Ótimo registro de estreia" (Mundo Metal); "Extremamente bem feito!" (Música e Cinema); "Muito bom!"(Arte Metal); "Uma das melhores bandas de Heavy metal que nós escutamos na atualidade" (Resenha do Rock).

Produzido por Daniel de Sá, "Involution" reúne 10 faixas, entre elas "Face The Death", que ganhou videoclipe:https://youtu.be/MS8_PZHHlsE
O Primator é formado por Rodrigo Sinopoli (vocal), Márcio Dassié (guitarra), Diego Lima (guitarra), André dos Anjos (baixo) e o novo baterista Lucas Assunção.
 
Já o show do AttracthA faz parte da turnê em divulgação ao EP “Engraved” (2013) e do novo single “Unmasked Files” (2015), que marca a estreia do novo vocalista, Cleber Krichinak.

Serviço:
Shows Higher, Primator e AttracthA
Data: Sexta-Feira, 28 de Agosto de 2015
Horários: Abertura da casa às 20:00 e início dos shows às 23:00
Local: Gillan's Inn - Rua Marquês de Itu, 284, Vila Buarque, São Paulo/SP
Ingressos: R$ 20,00 (a ser cobrado no final da apresentação, juntamente com a comanda de consumação)
Informações e reservas: (11) 3129-8710 / (11) 2765-0966 / (11) 2712-9566 / 
http://www.gillansinn.com.br   



VADER: Show em SP em Novembro
Depois dos problemas que levaram a produtora Fame Enterprises a reagendar o show dos poloneses do Vader para o final do ano, finalmente foi divulgada a data; o show ocorrerá no dia 28/11, em São Paulo, no Inferno Club.

A banda terá na abertura as bandas Hatefulmurder e Necromesis

Formado por Peter (guitarra e vocal), Spider (guitarra), Hal (baixo) e James Stewart (bateria), o grupo promete uma apresentação destruidora, com ênfase em “Tibi Et Igni”, mas sem deixar de lado os clássicos de toda a sua carreira, que contabiliza 11 álbuns, desde sua formação, em 1983.

Acompanhe a página do evento no Facebook:

Serviço:
VADER em SP
Data: 28/11/2015 (Sábado)
Local: INFERNO CLUB (R. Augusta, 501, São Paulo – SP)
Abertura da casa: 18h
Vader no palco: 21h aproximadamente
Abertura: HATEFULMURDER e NECROMESIS

CENSURA: 16 ANOS / OU 14-15 ANOS ACOMPANHADOS

Ingressos com preço especial só no site da PRODUTORA: www.famenterprises.com
Pista Meia / Promo : R$70
Pista Inteira : R$140

Pista Meia / Promo : R$80
Pista Inteira : R$160
+ Taxa admin 15% onde aplicavel


Lojas Autorizadas
Ticketbrasil :

SP ROCK:
Loja 402 - 3º Andar Galeria do Rock
Av. São João 439, São Paulo

CADAQUAL:
Rua Augusta, 2171, São Paulo
Tel. (11) 3062-7079

Shopping Oriente 500:
Rua Oriente, 500 – BRÁS
Tel. 11 2292 81 66

Twister Games ITAQUERA:
Shopping Metro Itaquera, Loja 245,
Av. José Pinheiros Borges
Itaquera, SP – Tel. (11) 3756-1822

Twister Games DIADEMA:
Shopping Praça da Moça,
Loja 338/339 Piso Paineira,
Rua Manoel de Nobrega 712,
Diadema, SP
Tel. (11) 3326-7501

São Caetano do Sul - School of Rock:
Rua São Paulo, 1154, Ceramica,
São Caetano do Sul
Tel. (11) 3565-6517

S.B. do Campo: Age of Dreams
Rua Marechal Deodoro, nº 1754
Tel. (11) 9 7616-6861

Santo André: Metal Music
Rua Dona Elisa Flaquer, 184
Tel. (11) 4994-7565


CLAUSTROFOBIA anuncia mudança em sua formação após 18 anos
Após 18 anos de muitas glórias, histórias e obstáculos superados, o Claustrofobia, um dos nomes mais respeitados do metal brasileiro, comunica oficialmente a saída do guitarrista Alexandre de Orio.

Ao lado de Marcus D’Angelo (vocal/guitarra), Daniel Bonfogo (baixo) e Caio D’Angelo (bateria), o músico gravou seis elogiados discos, se apresentou em diversas cidades do Brasil, Europa e Rússia, e se tornou um dos guitarristas mais importantes da música pesada do país.

Marcus D’Angelo comentou sobre como foram todos esses anos de união. “Confesso que foi extremamente difícil chegar a esse consenso. São 18 anos de amizade e desenvolvimento de um estilo. Passamos por muitas coisas juntos, não foi fácil tomarmos essa decisão em comum acordo. No entanto, chega um ponto em que temos que encarar a realidade que, cedo ou tarde, nos atingiria de frente. A amizade e consideração se mantém, até porque somos muito gratos por tudo o que o Alexandre contribuiu para a nossa sonoridade, desenvolvimento e sua marca estará para sempre no DNA do Claustrofobia, assim como também contribuímos para o crescimento dele também. Portanto, o Ale continua sendo da família Claustrofobia e, com certeza, ainda podem rolar parcerias juntos dentro de inúmeros projetos que temos executado. Essa decisão foi pensada preservando o futuro do Claustrofobia, que será intenso e honraremos todos os compromissos, objetivos e postura intactos. Desejamos todo sucesso do Mundo para ele em seus inúmeros projetos e agradecemos por todos esses anos de amizade, aprendizado e união”.

Alexandre de Orio também falou sobre como chegaram a essa árdua decisão. “Começamos tocando quando éramos moleques, sem responsabilidades, e em praticamente 20 anos muita coisa acontece, então chegamos num ponto em que algumas coisas se tornaram incompatíveis. Foi uma decisão bem difícil de tomar, principalmente pensando em todas as pessoas que sempre nos apoiaram e os fãs com quem sempre tive muito contato, mas é minha vida pessoal e musical que não posso deixar de pensar, assim como a da própria banda, então tive que tomar uma decisão, e como toda escolha, há perdas e ganhos. Já tenho uma vida musical estabelecida, tanto como músico quanto como educador. Ainda tenho projetos ligados ao metal como três livros pra escrever e um deles já está na metade, inclusive com bandas nacionais envolvidas, além da continuação da Série Metal Brasileiro. Também estou com um pré-projeto de mestrado aprovado, a ideia de um doutorado no exterior, inclusive ligado ao metal; e também outros projetos consolidados como meu quarteto de guitarras Kroma. Foram anos de muito aprendizado, muita estrada, muitas histórias, perrengues, glórias, etc. Tenho consciência de que ajudei a moldar o som do Claustro assim como ter uma assinatura nos solos. Ainda tem um disco novo pela frente, já gravado e que considero um dos mais maduros na nossa carreira. Espero que a banda alcance o objetivo que deseja! Muito obrigado a todos, fãs, familiares, pessoas envolvidas em todos esses anos e aos meus amigos Daniel, Marcus e Caio”.

Fiel representante do metal nacional, com 20 anos de estrada, o Claustrofobia manteve a sua formação intacta desde 1996. Agora, o grupo segue na estrada promovendo o recém-lançado DVD “Visceral – 20 anos” e o álbum “PESTE”.

E como a banda já tem compromissos a honrar, os músicos recrutaram, até então interinamente, o jovem talento Douglas Prado, que foi criado dentro da família Claustrofobia e inclusive é aluno de Alexandre de Orio há alguns anos.

“Muitas coisas aconteceram nos últimos meses e ainda estamos nos recuperando de tantas surpresas. Convidamos o Douglas para assumir este posto, pois foi a primeira pessoa de confiança e que está mais próxima de nós. Apenas o tempo dirá se ele assumirá esse posto, mas confesso que fomos surpreendidos pela postura de como ele encara a guitarra e a capacidade de nos honrar. É um moleque tranquilo e dedicado, que tem uma vida pela frente. Portanto, ficamos felizes com esse sangue novo e contamos com o apoio dos nossos fãs, pois vocês são a coisa mais importante para a existência do Claustrofobia e não vamos em hipótese alguma decepcionar vocês, inclusive essa mudança é pelo bem maior e preservando a atitude do Claustrofobia no futuro. Todos os fatos ocorridos serviram para nos fortalecer e fazer o metal reinar como sempre fizemos, sem frescura e representando nosso país”, finalizou o frontman Marcus D’Angelo.

O Claustrofobia é uma das atrações do Metal Land Festival, o mais novo grande festival de rock/metal do Brasil. O evento, que acontece entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro, no Hotel Fazenda Vale das Grutas, em Altinópolis (SP), e já tem outros grandes nomes da música pesada nacional e internacional confirmados como Sepultura, Andre Matos, Krisiun, Matanza, Tim Ripper Owens (ex-Judas Priest/Iced Earth/Yngwie Malmsteen), Tuatha de Danann, Voodoopriest, Soulspell, Oitão, entre outros.

Desde 1994, o Claustrofobia tem seguido a mesma proposta, independente de tendências, transitando do mais sujo underground aos palcos mainstream, com o mesmo respeito e atitude. Já dividiram o palco com grupos consagrados, como Sepultura, Raimundos, Destruction, Napalm Death, Krisiun, Brujeria, In Flames, Ratos de Porão, Paul Di’Anno, Soulfly e Edy Rock e KL Jay (Racionais MC’s). Disco após disco, show após show, o grupo cresceu e tem desenvolvido uma legião fiel de fãs, que faz questão de mostrar a paixão que sente pelo grupo.

Produtores interessados em contratar o espetáculo do Claustrofobia devem entrar em contato através do e-mail contato@claustrofobia.com.br.

Links relacionados:


DOOMSDAY HYMN: Parceira com a Tower Agência e Produtora + Mini tour com Project 46
Mesmo com pouco tempo de estrada, o Doomsday Hymn é uma banda que visa a profissionalização constantemente. E mais uma prova dessa busca é que agora a banda fechou uma parceria com a Tower Agência e Produtora.

Capitaneada por Timóteo Suttzer, a Tower é responsável por diversos eventos no Sul do país, tais como o Tower Fest e 'The Extreme Essence' e os primeiros passos desta parceria poderão ser conferidos nos dias 10,11 e 13 de setembro onde o DDH será a banda de suporte para o Project 46 nas edições de Curitiba, Rio do Sul e Porto Belo do Tower Fest.

Maiores infos nos links abaixo :

10/09 - Curitiba/PR
Project46 (SP)
Doomsday Hymn (CWB)
Honra Hardcore (CWB)
Nuestra x Guerrilla (CWB)

https://www.facebook.com/events/1608114182795184/

-

11/09 - Rio do Sul/SC
Project46 (SP)
Doomsday Hymn (PR)
Shadow of Sadness (Itapema)
Banda Balboa's Punch (Rio do Sul)

https://www.facebook.com/events/1437595083235170/

-

13/09 - Porto Belo/SC
Project46 (SP)
Doomsday Hymn (PR)
Paradoxe Vie (Floripa)
Shadow of Sadness (Itapema)

https://www.facebook.com/events/881242248612393/


SKIN CULTURE: Compre “Murdernation” na pré venda, mais barato com pôster autografado
Quem comprar o novo CD do Skin Culture, “Murdernation”, paga apenas R$ 15,00 e ainda recebe pôster autografado da banda.

Reserve já o seu pelo email: merch.skinculture@gmail.com  Promoção válida somente até 17 de outubro. Após essa data preço normal sem frete R$20,00.

O disco será lançado em Setembro pela Voice Music.

“Murdernation” foi produzido por Michel Oliveira em parceria com o  Skin Culture. O disco foi gravado, mixado e masterizado por Michel Oliveira, nos estúdios Sputnik.

Assista o teaser de “Murdernation”:

A formação atual, traz Shucky Miranda (vocal), Tueu Isaac (guitarra e backing vocals), Leonardo Melgaço (guitarra), Uiu Gomes (baixo e backing vocals) e Douglas Hammer (bateria)

Visite:


EYES OF GAIA: conheça os projetos dos integrantes
Enquanto a banda segue divulgando o excelente “The Power Of Existence”, seu integrantes, Mário Kohn (vocal), Bruno Tourino (guitarra), Paulo Virtuoso (guitarra), Rodolfo Liberato (baixo) e André Moura (bateria), possuem projetos dos mais variados, conheça o trabalho e página de cada um:
                             
Mário Kohn é vocalista nas bandas Eyes Of Gaia (Heavy Metal), Lady Liar (Hard Rock), Alma Sacra (Ópera Rock) e Rock Top (Pop/Rock cover). Mário é professor de vocal há mais de 14 e é formado em canto erudito pela faculdade de música Carlos Gomes

O guitarrista Bruno Tourino toca nas bandas Eyes Of Gaia (Heavy Metal), Massiva (Pop/Rock) e Rock Top (Pop/Rock cover). Bruno é professor de guitarra com mais de 14 anos de experiência.

Paulo Virtuoso é professor de guitarra e toca nas bandas Eyes Of Gaia e Valentim (Pop rock)

O baixista Rodolfo Liberato toca nas bandas Eyes Of Gaia (Heavy Metal) e Debreed (Heavy metal). Ele também é professor de contrabaixo.

O novato, André Moura toca nas bandas, Eyes Of Gaia (Heavy Metal), Massiva (Pop/Rock), Rock Top (Pop/Rock cover), Parque Florenza (Pop/Rock) e Gardharva. Professor escola de música Versátil Pro.


Veja alguns desses projetos:



Acompanhe o Eyes Of Gaia em seus canais oficiais:


BRUTALLIAN: “queremos mostrar a cara do Metal no Maranhão”

A banda maranhense BRUTALLIAN concedeu entrevista à rádio Metal Militia. No bate-papo os músicos contaram sobre o início de carreira e objetivos, direcionamento musical, repercussão internacional do recém-lançado “Blow on the Eye”, comentaram a respeito do cenário musical e mais!

Você também poderá ouvir as músicas “Blow on the Eye”, “Black Karma” e “Hell is Coming with Me” 
http://bit.ly/1fGOEN1

Links relacionados:
www.facebook.com/brutallian
www.soundcloud.com/brutallian
www.reverbnation.com/brutallian


MURASHITA anuncia lançamento de EP

O Renomado guitarrista, produtor e engenheiro de som Masaki Murashita anunciou o lançamento de “Inescapable Damnation”, o EP de estreia de MURASHITA, seu projeto solo. 

“Inescapable Damnation” contará com a participação de músicos como David Ellefson (Megadeth), Kevin Talley (Suffocation, Six Feet Under, Chimaira), Kelly Conlon (Death, Monstrosity) e Rodney McGlothlin (Voice of Dissent). O EP sera lançado no dia 16 de outubro e pode ser ouvido em streaming no seguinte link:


Mais informações:
Twitter @masakimurashita


MX: Show com o Toxik na Bolívia na semana que vem
O MX participará do festival “Cochabamba  Thrash Metal Attack II”, no dia 05 de Setembro, e será headliner  ao lado  dos norte americanos do  Toxik.

A produtora In Metal We Stand, aguarda fãs não só da Bolívia, como também, do Peru (como aconteceu na primeira edição)

O MX tocará músicas do “Re-Lapse”, seu álbum de regravações, com sons de “Simoniacal” (1988) e “Mental Slavery” (1989). É provável que a banda apresente alguma musica das novas que estão compondo para o próximo álbum de estúdio.

Já o Toxik, voltou à ativa em 2013, e apresentará músicas dos clássicos, “World Circus” (1987) e “Think This” (1989)

Além do MX e Toxik, se apresentam as bandas, Maze Of terror (Peru) e Mortofobia (Bolivia)

O show acontecerá no “Ex-Carnival” (Av. Libertador Bolivar Casi – Av. América), em Cochabamba.

Página do evento no Facebook:

Acompanhe o MX em seus canais oficiais:


ASPHYX: Shows memoráveis nos festivais Party San e Brutal Assault
Os holandeses do Asphyx estiveram recentemente nos festivais Party San (Alemanha) e Brutal Assault (República Tcheca), e suas performances foram bastante elogiadas por público e crítica especializada, em ambos os dois.

Assista alguns vídeos da banda (material amador!), nos dois festivais:
Party San:

Brutal Assault:

Em Outubro é a vez do Brasil – e alguns países da América Latina – conferir a fúria do Asphyx, pela primeira vez, com as seguintes datas:

22/10- Rio de Janeiro/RJ @Teatro Odyssey
23/10- Brasilia/DF @Circulador
24/10- São Paulo/SP @Clash Club
26/10- Santiago, Chile @Kmasu Premiere
27/10- Buenos Aires, Argentina @Mvseo Rock
28/10- Lima, Peru @Crypto Bar
29/10- Mexico DF, Mexico @Multiforo Cultural Alicia

 O Asphyx é formado por Martin van Drunen (vocal), Paul Baayens (guitarra), Alwin Zuur (baixo) e Stefan Hüskens (bateria).

A produção é da Cronos Entertainment:

Acompanhe a página do evento em SP, no Facebook:


SERVIÇO:
Cronos Entertainment orgulhosamente apresenta:

Pela 1° vez em São Paulo, a lendária banda Holandesa de Death Metal, Asphyx
Abertura: Krow, Miasthenia e Desdominus.
Dia 24 de Outubro (sábado)
Horário: 17 horas
Local: Clash Club (R. Barra Funda, 969, São Paulo – SP)

Os ingressos disponíveis de 1° LOTE já estão disponíveis pelo site da TicketBrasil:

1° LOTE LIMITADO
Pista Meia: R$ 60,00
Pista Promo: R$ 70,00
Pista Inteira: R$ 120,00
Mezzanino Meia: R$ 100
Mezzanino Promo: R$ 100
Mezzanino Inteira: R$ 200

Nos pontos de vendas físicos (Multilation Records e Hunter Records) a partir do dia 27 de Julho!!!

P.S: Vendas online para o Rio de Janeiro também disponíveis:

1° LOTE LIMITADO
Pista Meia: R$ 60,00
Pista Promo: R$ 70,00
Pista Inteira: R$ 120,00

Realização: Cronos Entertainment

Páginas relacionadas:


RIVERSIDE aquecendo as turbinas para lançamento de novo álbum
Dias antes de se apresentar pela primeira vez no Brasil, a banda polonesa Riverside lança o tão aguardado novo álbum “Love, Fear And The Time Machine”. Visando saciar a ansiedade dos fãs, os príncipes do prog rock/metal mundial continuam revelando alguns detalhes deste trabalho no Youtube.

“Love, Fear And The Time Machine” é o sexto disco de estúdio de Mariusz Duda (vocals/baixo/guitarra acústica), Piotr Grudziński (guitarra), Piotr Kozieradzki (bateria) e Michał Łapaj (teclado), e chega ao mercado via InsideOut Music, no próximo dia 4 de setembro.

Lyric video para o single “Discard Your Fear”: https://youtu.be/Vc4MSBVLF2c

Fundado em 2001, na belíssima Varsóvia, o Riverside vem construindo uma excepcional carreira e sempre tendo seu nome relacionado a ícones do rock/metal progressivo como Pink Floyd, Dream Theater, Opeth, Tool, The Mars Volta, Porcupine Tree, entre outros.

Após shows importantes pela Europa e EUA, o grupo estreia no Brasil, como uma das atrações mais esperadas do Overload Muisc Fest, evento que acontece nos dias 5 e 6 de setembro, na Via Marquês, em São Paulo, e reúne diversos nomes importantes da música alternativa mundial.

Veja abaixo a ordem das exibições e horários do Overload Music Fest 2015:

Apesar da grande procura, os fãs ainda podem garantir presença adquirindo os ingressos disponíveis no site do Clube do Ingresso (www.clubedoingresso.com – parcelado em até 6 vezes) e pontos de venda autorizados. Mais informações no serviço abaixo.

Links relacionados:

Serviço São Paulo
Overload orgulhosamente apresenta Overload Music Fest 2015
Dias: 5 e 6 de setembro (sábado e domingo)
Local: Via Marquês
End: Rua Marquês de São Vicente, 1589 (próximo ao Metrô Palmeiras-Barra Funda)
Hora: 15h (open doors)
Censura: 18 anos
Assessoria de Imprensa: press@theultimatemusic.com

Programação
5 de Setembro: Anathema, The Reign of Kindo, Riverside, Novembers Doom (Acústico), Andy McKee
6 de Setembro: Paradise Lost, Novembers Doom (elétrico), Mono, Antimatter

Ingressos:
Pista: R$ 180,00 (meia entrada/promocional antecipado) | R$ 360,00 (inteira)
Camarote: R$ 250,00 (meia entrada/promocional antecipado) | R$ 500,00 (inteira)

2 Day Pass: R$ 340,00 (pista) | R$ 460,00 (camarote)

Ingresso promocional antecipado válido mediante entrega de 1kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

Ingresso online: www.clubedoingresso.com (parcelado em até 6 vezes)

Ponto de venda sem taxa de conveniência:
- Paranoid (Galeria do Rock - 2º Andar - Loja 315) | Pagamento apenas em dinheiro

Pontos de venda com taxa de conveniência:
- Loja 255 (Galeria do Rock) | Pagamento com cartões de débito e crédito (à vista)

Carioca Club Pinheiros
Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros (ao lado da estação Faria Lima do Metrô)
De segunda à sexta-feira das 10h às 18h | Sábado das 12h às 18h
Pagamento com cartões de débito/crédito (à vista)


Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.