Programa Arte Extrema 0056

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Vídeos

Krisiun (Brasil)
Será que o Krisiun precisa de apresentações? A maior banda de Death Metal do Brasil e uma das maiores do mundo? Acho que não. O trio gaúcho radicado em São Paulo lançou no último dia 16 esse vídeo retirado do álbum “The Great Execution” (2011).
Mais informações:



Miasthenia (Brasil)
Mais um video da banda brasiliense Miasthenia, que vem investindo bastante em clipes de qualidade. Este é mais um belíssimo divulgando o álbum “Legados do Inframundo” (2014).
Mais informações:



Sanctuary (EUA)
Para os mais novos, o Sanctuary é a primeira banda de sucesso de Warrel Dane (ex-Nevermore) e recentemente a banda voltou membros de sua formação clássica e lançou o álbum “The Year the Sun Died” (2014).
Mais informações:



Dark Tower (Brasil)
O Dark Tower abalou as estruturas do underground com seu primeiro álbum “...of Chaos and Ascension” (2013). Agora a banda lança o primeiro videoclipe do disco e estremece ainda mais.
Mais informações:



Mutant Squad (Espanha)
Os espanhois do Mutant Squad lançaram seu primeiro disco no ano passado. Intitulado “Titanomakhia”, o trabalho traz um Thrash Metal que é um verdadeiro soco na cara, de tão carregado e pesado.
Mais informações:


Cartoon – “Unbeatable” – 2013 – Independente (Nacional)

Deep Purple, Queen, Rush, Pink Floyd, Jethro Tull, Cream… Junte tudo isso e mais as características do Classic Rock dos anos 60 e 70, o Rock Progressivo e a identidade do quarteto mineiro. É isso que você irá encontrar em “Unbeatable”, quarto álbum do Cartoon.

A banda, que já produziu uma Rock Ópera chamada “Bigorna” (2002), é o que podemos chamar de ‘cobra criada’. Músicos experientes – são quase 20 anos de estrada – destilando um som imprevisível, com arranjos de extremo bom gosto e execução primorosa. Talvez se a banda tivesse nascido no Reino Unido teria reconhecimento imediato.

As influências citadas acima são mescladas música por músicas, se sobressaindo em uma ou outra apenas. Hammond maravilhoso dá toda a camada para guitarras suaves, bateria certeira e um baixo com suas linhas independentes. Tudo com ótimos vocais de Khadhu Capanema (também baixista).

Ainda há influências de Soul, Jazz e Southern Rock (esse mais distante), mostrando que a música da banda é rica e não têm limites. Destaque para Down On The Road Ahead, She, Promises, Time Is Running e On The Judgment Day, enfim, metade do disco, sendo que as não citadas não ficam muito atrás.

A produção de Khadhu e Tomás Alem ficou primorosa, sendo que o álbum vem embalado em um belíssimo digipack. É importante mencionar que “Unbeatable” contou com incentivo da prefeitura de Belo Horizonte. Saca só os caras ao vivo no clipe. Ótimo!


9,0

Vitor Franceschini


Rebeligion – “Existence Imperfect” – 2014 – Independente (Nacional)

Experimentar também significa por à prova algo, portanto a chance de algo não dar certo existe. E experimentar também é correr riscos, até porque se não queres passar por maus bocados, é melhor só ir adiante quando tiver certeza.

O duo Rebeligion faz um Metal experimental no sentido de mesclar várias facetas do estilo. Elementos de Heavy, Thrash, Progressivo e Neoclássico, além de Power Metal, são unidos de uma forma um tanto quanto desordenada neste trabalho e o resultado não é dos melhores.

Há coisas aproveitáveis sim e a crítica não quer dizer que se queira destruir a reputação do multi instrumentista Rodrigo Canoas e do vocalista Nuno Miguel, pelo contrário, é tentar ser construtivo. O primeiro quesito é a fraca produção abafada e suja demais para o som proposto.

Depois, a caminhada por vários elementos de subgêneros diferentes acabou fazendo com que a dupla se perdesse em alguns momentos e a falta de identidade foi para o espaço. Nuno canta muito bem, é versátil, mas exagera, como em Blessed The Dumb onde tenta soar operístico e que parece uma brincadeira. Aliás, essa é uma das faixas mais estranhas que já ouvi.

Pontos positivos? Claro que existem e são os que mais importam. Afinal, quando o Rebeligion investe no Power Metal com nuances de Neoclássico como nas faixas Captain Paul Watson, Existence Imperfect e Shadow Of My Past a dupla se sai bem e Rodrigo se mostra um tremendo guitarrista.

A faixa Meu Foda-se, cantada em português, também ficou muito interessante, assim como a viajante e enigmática My Blood. Se o Rebeligion decidir que caminho trilhar, investir numa melhor produção e aparar algumas arestas será mais interessante, pois “Existence Imperfect” ainda soa meio perdido.


6,5

Vitor Franceschini


Arte News

THE LEPRECHAUN : Videoclipe de How Brave We Are estreia na Play TV neste sábado
Com origens no punk, a The Leprechaun vem se destacando pelo seu som original que mescla folk tradicional, bluegrass, country e música celta.

"Long Road" é o título do segundo e novo álbum da banda. Recém-lançado pela gravadora Hearts Bleed Blue (mesmo selo de bandas como Blind Pigs, Bullet Bane, Dance Of Days, Bidê ou Balde e Zumbis do Espaço), o disco reúne 12 faixas e foi gravado numa fazenda no interior de São Paulo e masterizado nos Estados Unidos por John Golden (Green Day, Pearl Jam e Flogging Molly).

Depois do vídeo de "Hold The World", agora a The Leprechaun lança seu segundo clipe para uma música de "Long Road". A faixa escolhida dessa vez foi "How Brave We Are".

De acordo com o diretor Vinícius Luz, a ideia inicial do videoclipe era trazer a banda tocando num cenário inspirado pelo tema da letra: a morte.
"A proposta da banda foi evoluindo e o clipe acabou ganhando uma estética com texturas digitais mixadas à texturas analógicas de filme, onde as perspectivas se confundem pelas sobreposições das imagens no cenário 3D que reagem às ondas sonoras da música. Buscamos uma confusão de perspectivas dando um ar fantasmagórico. O dualismo do tema "morte" é transmitido esteticamente pela constante monocromia e pelas formas em conflito de linhas retas e formas orgânicas de árvores secas com ossos humanos".

O videoclipe de "How Brave We Are" estreia às 15:30 deste sábado, dia 18, durante o programa Udigrudi da Play TV (canais 181 da Sky, 122 da Net e 118 da Claro TV).

Mais Informações:
www.leprechaun.com.br
www.facebook.com/lpnpage
www.youtube.com/lpnpage
www.reverbnation.com/lpnpage
www.myspace.com/lpnpage
www.soundcloud.com/lpnpage


POP JAVALI: Show de Hard Rock na FNAC de Campinas, hoje.
“Trio levará virtuosismo de seu som para a famosa rede.”

O Pop Javali, uma das revelações do Hard Rock, se apresenta hoje, dia 17 de Outubro, na FNAC Campinas (Que fica no Shooping Pq. Dom Pedro), às 19h30.

A banda mostrará músicas de seus dois álbuns, sendo o mais recente, “The Game Of Fate”, lançando este ano (e produzido pelos irmãos Busic, do Dr. Sin)

Assista o vídeo de “Enjoy Your Life”, música que o Pop Javali registrou nos estúdios Oversonic:

Acompanhe o Pop Javali nas redes sociais:


TR00 TALK SHOW: o novo programa de rock/metal do Brasil
Enfim, surge uma nova opção de entretenimento aos fãs de rock e heavy metal. Apesar de não estar diariamente na mídia mainstream, o cenário continua a todo vapor, necessita de meios de comunicação especializados para fomentar e aquecer todo o movimento. É justamente visando acabar com essa lacuna e abrir um canal de exposição, criou-se o Tr00 Talk Show.

O projeto em parceria do canal Planno D, com o Blackmore Rock Bar, tem sua estréia marcada para novembro. Confira teaser oficial, com o depoimento de vários artistas, elucidando o que está por vir em https://www.youtube.com/watch?v=kcblA02qFt4.

Assista chamada gravada por Max Cavalera em https://www.facebook.com/video.php?v=512296812206407.

O programa será apresentado por Dewwytto, uma dessas estrelas malucas do Youtube. O cardápio será bem variado tendo atrações para todas as idades. Informação, comportamento, celebridades, entrevistas, cobertura de shows e muito humor. O público terá participação ativa da platéia que estiver no próprio Blackmore Rock Bar e poderá interagir através de diversas plataformas como redes sociais, vídeos, fotos, e-mail, etc.

O primeiro programa será gravado, no próximo dia 14 de novembro, às 22h, no Blackmore Rock Bar, com as bandas Ancesttral, Woslom e Furia Inc.

Existe a possibilidade de que uma equipe de repórteres especiais colabore cobrindo os principais assuntos de entretenimento.

O Tr00 Talk Show vai mostrar os bastidores dos shows, entrevistar artistas nacionais e internacionais, e participar dos principais eventos que desembarcarem no país. A proposta é totalmente voltada ao público cada vez mais exigente, que quer apenas se divertir e se informar.

“Nossa intenção é oferecer algo quente e inovador. O objetivo é abrir espaço para artistas novos e consagrados. Assim como mostrar ao público que não é tão familiarizado a este segmento musical, um pouco mais deste rico universo”, declarou Dewwytto.

A principio, o TR00 TALK SHOW será veiculado para mais de 75 mil assinantes do canal Planno D no Youtube e mais de 85 mil fãs em sua página no Facebook. O projeto também será divulgado em diversos veículos e portais parceiros.


MAD DRAGZTER: Confira a capa e tracklist do novo álbum “Master Of Space And Time”
O Mad Dragzter acaba de disponibilizar a capa e o tracklist de “Master Of Space And Time”, disco que será lançado no começo de 2015.

A arte da capa é assinada pelo artista Sergio Cariello, conhecido como um dos mais talentosos do mundo dos quadrinhos, com uma bagagem que inclui trabalhos nas gigantes Marvel Comics e DC Comics – além de tantas outras empresas, como as independentes, CrossGen Comics e Dynamite Entertainment.

“Master Of Space And Time” será o primeiro lançamento da Army Records – que também inclui uma marca de roupas, onde o Mad Dragzter é o responsável pela trilha sonora.

O Tracklist de “Master Of Space And Time” traz as seguintes músicas:

1 - Valley Of Dry Bones
2 - Almighty
3 - Master Of Space And Time
4 - 5708
5 - Megiddo
6 - Gehenna: The Second Death
7 - King Of Kings
8 - Army Of Truth
9 - Sons Of Thunder
10 - The Man By The Pool Of Bethesda
11 - One Nation, One Church
12 - Mission Open Doors
13 - Vox Spiritus Sancti
14 - Wrath Of God
15 -  New Heaven And New Earth

Você pode conferir um pequeno trecho de “Sons Of Thunder” (versão demo), que foi usada na trilha sonora da coleção da Army Inc., outono/inverno, passado, aqui:

Por essa música, dá para notar que a banda virá ainda mais focada no thrash, sem inovações ou experimentos, apenas thrash metal em sua mais pura forma.
A espera dos fãs valerá a pena!

A formação do Mad Dragzter continua a mesma de “Killing The Devil Inside”, lançado em 2006, com Tiago Torres (vocal e guitarra), Gabriel Spazziani (guitarra), Armando Benedetti (baixo) e Eric Claros (bateria)

Acompanhe as novidades da banda no site e nas redes sociais:
twitter.com/Maddragzter


NEKROST: lançado Lyric Video de Colluded
Nekrost, a maior banda atualmente do Inferno Verde acabou de lançar o debut “The Dark Path” de forma independente, no qual conseguiu concluir com qualidade elevada a produção geral do produto final. Atualmente vem divulgando o primeiro vídeo oficial de “Fall of the Tyrante” e agora o segundo Lyric Video do novo disco, se trata da faixa 5, intitulada “Colluded”.

No Amazonas já é possível encontrar o disco em diversas lojas espalhadas por localidades diferentes, a banda faz vendas via Correios também através do e-mail nekrost.am@hotmail.com.  No Sudeste e Sul do Brasil, será distribuído pela Black Legion Productions.

Dia 21/12/2014 a banda se apresenta em São Paulo-SP pela primeira vez, breve maiores informações.

Confira o Lyric Video de “Colluded”:


Acompanhe no Facebook: www.facebook.com/nekrost
Contato para shows: nekrost.am@hotmail.com


SUFFOCATION OF SOUL: concede entrevista ao programa Heavy Metal On Line
Os baianos do Sufocation of Soul concedem entrevista no estúdio do programa Heavy Metal On Line, onde Clinger Carlos abordou diversos temas, incluindo a longa Tour 2014 da banda.

Por Clinger Carlos

Chegamos ao #49, muita coisa aconteceu no passar deste ano e continuamos com muitos materiais arquivados para colocar no ar, alguns demoram mais outros menos, sempre fazemos uma mesclagem das bandas que estão nos programas. Sem centralizar nossos programas em determinados estilos no metal, sempre tentando mesclar as bandas dos diferentes estilos.
Mas neste programa temos duas bandas de Thrash Metal que estão botando pra quebrar Brasil afora, literalmente. Uma delas é o Suffocation of Soul que está realizando uma longa tour pelo Brasil, outra o Jackdevil, que vem ganhando a cada dia mais espaço junto as principais bandas do metal nacional. Outro grande destaque ficou por conta das bandas Amazarak, entrevistada por nosso colaborador Alex Chagas,  e o Descerebration, banda séria, comprometida com os ideais de seu estilo.

Assista a entrevista completa:




SKIN CULTURE: Ouça novo single, “Murdernation”.
O Skin Culture acaba de lançar mais um single: “Murdernation”, que estará em seu novo álbum, com previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2015 – que será o sucessor de “The Flame Still Burns Strong”, lançado no final de 2013.

O Single foi lançado de forma virtual e você pode conferir aqui:


A banda afirma que essa é uma pré mix, já que a versão definitiva estará no ‘full lenght’, no ano que vem.

A capa do single é de autoria de Fabio Carito, da Info4RT design visual, que também é baixista do Shadowside, e tem ajudado o Skin Culture em seus recentes compromissos – é capaz que ele grave o disco com a banda.

O Skin Culture é formado por Shucky Miranda (vocais), Tueu Isaac (guitarra), Leonardo Melgaço (guitarra) e Marcus Dotta (bateria) – por enquanto, o posto de baixista está com o já citado, Carito.

Links relacionados:


SUBSERVIENCE: EP 'Upheaval' lançado e álbum inteiro para audição em streaming
A banda Subservience lançou seu EP 'Upheaval' e já o disponibilizou para audição na íntegra. Basta acessar o seguinte link: 

‘Upheaval’ foi gravado no Brighton Electric.

Mais informações:


METAL MACHINE líber música para audição
A banda Metal Machine, um verdadeiro ‘dream team’ do Metal com Csaba Zvekan (Exorcism, Zvekan) nos vocais, Peter Scheithauer (guitarra, Killing Machine, Belladonna), Jari Kainulainen (baixo, Masterplan, Stratovarius, Evergrey) e Jon Dette (Slayer, Testament, Iced Earth) na bateria, liberou a música Morning Star para audição. A faixa, que fará parte do álbum “Free Nation” a ser lançado no dia 24 de outubro, pode ser ouvida no seguinte link:


Mais informações:


Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Entrevista



Foram 11 anos pra lançar o debut “The Power Comes from the Beer” e parece que valeu à pena a espera. Afinal, que petardo é esse de Thrash Metal! O que mais surpreende é que o quarteto de Brasília consegue impor sua identidade e se diferenciar de muitos que transitam pelo gênero. Conversamos com o vocalista Wendel Aires, que ao lado de Tiago Lustosa e Ronny Lobato (guitarra), Jôsefer Aires (bateria) e Aluísio Lima (baixo), buscam seu lugar na cena. Com vocês, Phrenesy!

Primeiramente gostaria que vocês falassem um pouquinho da banda, como se formou. Pois, confesso que nunca tinha ouvido falar de vocês (desculpe essa minha santa ignorância).
Wendel Aires: Primeiramente obrigado pela oportunidade da entrevista... A banda se formou em 2003 com o Josefer Ayres e o Tiago, o Josefer era o vocal e guitarra, só que ele percebeu que não teria muito futuro (risos) e foi para a bateria e foi aí que entrei na história da banda em 2004!

Por que o primeiro álbum saiu somente 11 anos após a formação da banda?
Wendel: Por falta de grana (risos). Gravamos uma demo em 2005 chamada “Do you Like Mocotó?” E outra em 2006 para tentarmos tocar no Porão do Rock e divulgar a banda e agora esse full-lenght.

E como foi o processo de composição de “The Power Comes from the Beer”? Este processo vem de longa data ou as composições surgiram pouco antes de gravarem o álbum?
Wendel: Algumas músicas são antigas e que nunca gravamos como, por exemplo, This is Extreme que foi a primeira música que a banda compôs, aliás, o Tiago e o Josefer que fizeram ela, Exploding In Rage e Fuck With Your Lies foram composta entre 2007 e 2008, já as outras foram mais recentes.

O Thrash Metal sempre foi o direcionamento do Phrenesy?
Wendell: Sempre!!!

Aliás, uma das características da banda é não soar comum, mas ser fiel ao estilo. Ou seja, diante de tantas bandas fazendo praticamente a mesma coisa no Thrash Metal, como vocês procuram fugir do comum?
Wendel: Isso é um processo natural na banda devido às várias influências que temos e misturamos tudo na hora de compor e acaba fluindo naturalmente ocasionando em um estilo que percebemos ser um “pouco diferente” das outras bandas de Thrash!

As linhas de bateria do disco são diferenciadas e inclui até ‘blast beats’ que não são muito freqüentes no Thrash Metal...
Wendel: Sim, devido as nossas influências do Death Metal procuramos colocar nas músicas. Às vezes quando estamos compondo uma música e ela fica muito reta, bem naquele estilo Thrash ‘old school’, colocamos uma pitada de 'blast beats' e fica maravilhoso! (risos)

Ainda há uma pegada Crossover e Speed Metal no som de vocês, concorda?
Wendel: Com toda certeza e isso tudo misturamos e, no final, sai essa salada metálica! (risos)

Explique como foi a escolha do título do álbum e o que vocês querem passar com ele?
Wendel: Nós temos uma música composta há muitos anos chamada The Drunk, que gravamos nas outras demos, mas não foi para o disco e Ronny (guitarrista) chegou com uma música chamada The Power Comes from the Beer que era pra ser a The Drunk 2 (muitos risos), pois o tema era praticamente o mesmo da The drunk, só que mais divertida ainda, pois fala de sair com os amigos, ir a um show de rock, enfim, diversão. E temos outros temas também como a situação do país, revolta, falsidade das pessoas... As letras que escrevo são bem introspectivas, muitas vezes escrevo o que estou sentindo naquele momento e que na maioria das vezes estou puto (muitos risos).



Há várias participações em “The Power Comes from the Beer” como de Ítalo Guardieiro (Device), Mário Pereira (Scania) e Caio Duarte (Dynahead), entre outros. Como foi trabalhar com este pessoal?
Wendel: Cara, o Caio é um camarada incrível de se trabalhar, ele quem produziu o disco, ele é muito metódico, chato mas, no bom sentido, de querer o melhor e foi isso que ele conseguiu de nós, tirou o melhor de cada um. O Mário é nosso amigo de longas datas, inclusive já tocou baixo na banda por quase dois anos, assim como o Ítalo que também é nosso parceiro do underground, aqui em Brasília. Todos nós nos conhecemos, todas as bandas na sua grande maioria são parceiras, claro que tem uns pau no cu, mas na grande maioria somos todos amigos.

Como está a repercussão do debut tanto pela crítica quanto pelo público? O trabalho chegou a ser lançado no exterior?
Wendel: Mano, até agora só temos críticas positivas e isso me assusta porque toda unanimidade é burra (muitos risos), mas estamos com os pés no chão pois não somos ninguém no mundo do Metal nacional. Estamos começando a colher os frutos ainda. Quanto ao lançamento no exterior o disco já chegou nos EUA, Europa, Japão, Coreia e até na Índia já temos notícias de que ouviram nosso som, mas nunca lançamos nada lá fora oficialmente, foi graças ao mundo globalizado!

Como está a agenda da banda para este resto de ano e quais são os planos?
Wendel: Temos um show com o D.R.I em novembro e algumas datas em São Paulo etc... Eu não estou muito por dentro das datas, mas vai rolar shows por aí (risos).

Podem deixar uma mensagem aos leitores.
Wendel: Obrigado, Vitor Franceschini e a galera leitora do Arte Metal pela oportunidade de divulgar o Phrenesy, continue apoiando o underground nacional que é um dos mais ricos do mundo!!! Valeu galera e fiquem na paz!!!!


Orchestre de Trenos – “Critique Of Musical Reason” – 2013 – Independente (Importado)

Esse é um trabalho extremamente bem feito e de muito bom gosto, algo que pouco podemos ver hoje, em se tratando da boa música. Orchestre de Trenos é uma banda oriunda da Ucrânia e seu som é baseado em um Metal sinfônico com fortes nuances de música clássica.

Aqui se encontra uma riqueza imensa de detalhes instrumentalmente falando, vai desde um riff até um acorde de violino feito com a mais suavidade que se pode encontrar em uma clássica feita de bom gosto. O emaranhado de instrumentos encontrados nesse excelente trabalho é de realmente se saciar de música boa.  Pianos, flautas, baixo, bateria, violinos e afins, sem esquecer-se de uma bateria completamente rápida e técnica com uma pegada Heavy Metal.

O disco vem com onze faixas, algumas curtas como, por exemplo, a faixa introdutória Epigraph  que é composta somente por pratos e um som bastante marcante do violoncelo. As faixas mais longas ganham grande destaque pelas variações contidas como Symphony #1 Libertas e Symphony #3 Deus que dão uma verdadeira aula de Metal sinfônico, com excelentes riff’s e um trabalho do baixo de bastante respeito, composto por ótimas escalas e linhas bastante precisas, sem deixar de lado o belo trabalho de flautas e piano que são de grande importância.

Algo que chama muito a atenção também é a faixa Prelude & Fugue A-Moll que consiste em um belo trabalho de órgão, executado em minúcias que realmente impressiona a cada nota tocada, pois existe uma pegada bastante progressiva. Outro grande destaque fica por conta da perfeita Sounds Of Silence que mostra um belo trabalho de violões com excelentes dedilhados e arranjos de pura perfeição.

Essa mistura entre o Metal e a música clássica é algo normal de ser ver nos dias de hoje, mas com essa qualidade e dinâmica, pouco se é visto. Grande disco que merece uma atenção a mais.


7,5


Leandro Fernandes

Arte News

D.R.I. :  Novo local para o show em Limeira/SP
O primeiro show da tour brasileira que o D.R.I. fará por aqui em Novembro,  que seria incialmente no Bar da Montanha,  foi transferido para o Mirage Eventos (Rua Professor Joaquim de Michieli, 755, Limeira/SP). Este evento acontece no dia 06 de Novembro (quinta-feira), a partir das 20h. A abertura será da banda The Mullet Monster Mafia.

Tido como uma das maiores bandas de crossover do mundo, o D.R.I. traz pela primeira vez ao Brasil, o baterista Brandon Karns, que substituiu Rob Rampy. Dessa vez os fãs também podem comemorar a vinda de Spike Cassidy, lendário guitarrista ( e um dos fundadores da banda, ao lado do vocalista Kurt Brecht), que não veio ao Brasil no ano passado, porque estava se tratando de uma tendinite. O grupo se prepara para o lançamento de um EP, o primeiro registro em estúdio desde o álbum “Full Speed Ahead” de 1995.

Siga a página do evento no Facebook:
Serviço:
D.R.I. em Limeira/SP
Local: Mirage Eventos (Rua Professor Joaquim de Michieli, 755, Limeira/SP)
Dia: 06/11/14
Horário: 20h
Abertura: The Mullet Monster Mafia
Ingressos: R$ 60,00 (meia/estudante/ promocional)
Venda online:


Produção: Open The Road Management:


BEHEMOTH: Show inóspito em conceituado Teatro gaúcho
O dia 06/11 será histórico para quem é fã de Metal Extremo no Rio Grande do Sul. A volta da banda polonesa BEHEMOTH, após muita expectativa do público, será realizada no Teatro Feevale, localizado no Campus II da Universidade (ERS-239, nº 2755), um lugar até então diferente para quem está acostumado a assistir os shows em locais convencionais. O espaço, fundado em setembro de 2011, tem cerca de 10.500 m² e tem capacidade para receber cerca de 1831 espectadores. O palco, em estilo italiano, está projetado com área total de mais de 500m², altura de 19m, largura de 36m e profundidade de 15m. A casa priorizou a utilização dos mais modernos mecanismos cênicos, desde os equipamentos de bastidores, da iluminação, acústica, aos elementos para o conforto, segurança e acessibilidade ao público. Possuem em suas dependências cinco camarotes, com 27 poltronas cada, e um backstage que comporta oito camarins, dois deles com capacidade para até 30 pessoas.

Behemoth de volta ao Rio Grande do Sul após 10 anos
Cercado de polêmicas, o BEHEMOTH tem sua força motriz nas mãos de Adam “Nergal” Darski, guitarrista e vocalista, e único integrante da formação original, que após ser diagnosticado com leucemia em 2010, lutou de todas as formas até conseguir um doador de medula óssea. Na ativa desde 1991, a banda ganhou começou a ganhar mais reconhecimento através do disco”Demigod”, de 2004, ocasião em que a turnê de divulgação passou pela capital gaúcha, em show no Bar Opinião. Agora, após exatos dez anos, os bangers gaúchos terão a chance de presenciar este espetáculo na turnê de “The Satanist”, considerado um dos melhores lançamentos do ano.
Assista o clipe de “Blow Your Trumpets Gabriel”:

Dyingbreed apresentando material do debut
Prestes a lançar seu primeiro CD, intitulado “Worship No One”, a banda DYINGBREED será a encarregada de abrir o show, apresentando músicas como “Battalion of Hell”, que saiu como single recentemente e pode ser ouvida no link abaixo. Formada por Leonardo Schneider (vocal), Felipe Nienow e Ariel Boesing (guitarras), Fabricio Bertolozi (baixo) e Diego Pereira (bateria), oDYINGBREED tem em sua sonoridade fortes influências de Thrash e Death Metal, de bandas como Slayer, Morbid Angel e Cannibal Corpse, mas sempre buscando criar algo próprio.
Ouça “Battalion of Hell”:

Evento no Facebook com todas as informações:


BACKSTAGE traz Behemoth, entrevista com Muqueta na Orelha e ingressos para show do Eletric Funeral
O BACKSTAGE já começou a contagem regressiva para a tão aguardada turnê do Behemoth pelo Brasil. O programa que vai ao ar, neste domingo, das 22 às 24 horas, na Kiss FM (102,1 MHZ – SP), tem como uma de suas principais atrações do aclamado “The Satanist”, um dos melhores álbuns do metal dos últimos tempos. O grupo liderado pelo polêmico vocalista Nergal, se apresenta, no dia 8 de novembro, no Carioca Club, em São Paulo.

O produtor e apresentador Vitão Bonesso também destaca os novos trabalhos das bandas Hammerfall, Orange Goblin, além da estréia do Rated X, formado pelos veteranos Carmine Appice (baterista), Joe Lynn Turner (vocalista), Tony Franklin (baixista) e Karl Cochran (guitarrista).

A edição 1.401 também traz entrevista com a banda paulista Muqueta Na Oreia, que está lançando o álbum “Blatta”, Soulfly, Venon, Accept, King Diamond, Black Sabbath, Lascia e Exodus.

No espaço dedica do aos pedidos dos ouvintes, sons de Deep Purple, Blind Guardian e Arch Enemy. O tradicional bloco “Backstage The Classics” apresenta mais um grande clássico registrado ao vivo. Desta vez, o destaque fica por conta dos ingleses do Bad Company, com o álbum “Hard Rock Live”, lançado em 2009.

Durante o decorrer do programa, os ouvintes poderão se cadastrar através do e-mail
radiobackstage@radiobackstage.com.br e concorrer a pares de ingressos para a apresentação do Electric Funeral (Black Sabbath Tribute Band), dia 25 de outubro, no Lord’s Rock Bar, em São Caetano do Sul.

Curta a página oficial do BACKSTAGE em
https://www.facebook.com/RADIOBACKSTAGEOFFICIAL. Ouça pela internet, acessando www.kissfm.com.br e confira as edições anteriores no sistema “On Demand” disponível em www.radiobackstage.com(.br).

Programa Backstage – 1988 – 2014 – 26 anos a serviço da música pesada!
Domingo das 22 às 00h
Kiss FM:
102,1 MHZ - São Paulo e Grande São Paulo
107,9 MHZ - Campinas e região
102,9 MHZ - Litoral Paulista
102,3 MHZ - Brasilia DF e região
91.9 MHZ – Rio De Janeiro e Região
Ouça pela internet acessando:
www.kissfm.com.br   
Confira as edições anteriores no sistema “On Demand”, acessando
www.radiobackstage.com(.br)
E-mail: radiobackstage@radiobackstage.com
Rádio Backstage:
www.radiobackstage.com (.br) – 8 anos transmitindo 24 horas com canais dedicados ao Heavy Rock e ao Classic Rock.


HANGAR 110 recebe Perc3ption, SleepWalkers, Ossos de Marfim, Inheritance e Viociety
Uma das maiores casas da cena underground, o Hangar 110, receberá no dia 21 de novembro, as bandasPerc3ption, SleepWalkers, Ossos de Marfim, Inheritance e Viociety.

As bandas Inheritance, Viociety e SleepWalkers, formadas no começo do ano de 2013, trazem sonoridades voltadas ao heavy, power, progressive metal e com versatilidade em drives vocais.
Já a Ossos de Marfim e a Perc3ption, já tem estrada. A Perc3ption recentemente convidou o vocalista Raphael Dantas, para compor a banda, e a Ossos de Marfim, deixou os vocais masculinos para dar uma nova identidade com a vocalista Karolina Fernandes.

A SleepWalkers está feliz, por ter a oportunidade de tocar no Hangar e poder mostrar o trabalho que tem desenvolvido em quase dois anos. Fizemos nosso primeiro show no fim de agosto desse ano, e receber um convite para tocar em uma das casas mais conhecidas de São Paulo, é uma honra. Além de estar ao lado das bandas Ossos de Marfim, Perc3ption, Viociety e Inheritance, essas duas que tem o mesmo tempo que nós.”, conta Mariana Li, vocalista.

“Será uma grande experiência e mostra que estamos trabalhando corretamente.Tocando em grandes casas e com grandes bandas. Eu estou sentindo isso.
Já tocamos ao lado de bandas que são referência no cenário nacional e o reconhecimento que estamos adquirindo me deixa muito orgulhoso. Em menos de 2 anos de banda estamos conquistando espaço somente pelo forte trabalho que fazemos.”, fala Luiz Gustavo Cunha, vocalista da Viociety.

Estou muito ansioso para esse show! Será o nosso segundo show apenas, e estaremos testando ao vivo muitas músicas do nosso cd de estreia, além das já conhecidas.
Além do que, estamos planejando uma surpresa bem legal que poderá ser anunciada no próprio show. Vai ser uma festa muito bonita pelo fato de tocarmos com outras bandas muito boas, como a Sleepwalkers, e bandas de nossos amigos como o Perc3ption e o Viociety!
Convido todo mundo pro Róqui!
”, comenta Ricardo DeStefano, vocalista da banda Inheritance.

O evento é produzido pela Alive Comunicações e Ponto Alternativo, com apoio do site Rock Alive Brasile o Blog Maah Music.

Serviço:
O que: Hangar 110 recebe: Inheritance, SleepWalkers, Viociety, Ossos de Marfim e Perc3ption
Quando: 21.11 às 19h
Como chegar: Rua . Rodolfo Miranda, 110 - Bom Retiro, São Paulo (próx. à estação Armênia do metrô).
Quanto: R$15,00 (antecipado no site ou com as bandas)
              R$20,00 (na porta)

Links:


HEREZA assina com PRC Music
A banda de Death Metal croata Hereza assinou com a PRM Music para o lançamento do seu primeiro álbum “Misanthrope”. O disco tem previsão de lançamento para o primeiro trimestre do ano que vem. Você pode conferir o single de “Misanthrope” no link abaixo:


Mais informações:


UNEARTHLY: apresentado o rótulo da cerveja ‘Baptized In Blood’

O UNEARTHLY acaba de apresentar o rótulo de sua vindoura cerveja que leva o título de ‘Baptized In Blood’.

O rótulo foi desenhado pelo artista Hugo Silva (Abacrombie Ink) (www.facebook.com/abacrombie.ink)

A cerveja será do tipo “Helles” – com teor alcoólico de 4,8% e 500ml. O lançamento será feito pela Bushido Brazil e está programado para o ‘Mondial de la Biere Rio’, entre os dias 20 e 23 de novembro no Terreirão do Samba – Rua Benedito Hipólito, s/nº Centro, Rio de Janeiro.

A banda continua promovendo seu novo trabalho ‘The Unearthly’ que, segundo sua gravadora no Brasil, Shinigami Records, é um dos discos mais vendidos do ano.
‘The Unearthly’ conta com onze músicas, incluindo a primeira cantada em português pelo UNEARTHLY, ‘Eshu’.

O álbum foi gravado no Rio de Janeiro, no estúdio AM, com produção de Fernando Campos. A masterização ficou a cargo do ex-Rotting Christ George Bokos. A capa ficou sob responsabilidade de dois músicos da própria banda, M. Mictian e F. Eregion. Toda concepção nas mãos do baixista e a edição do trabalho nas mãos do vocalista.

Para comprar ‘The Unearthly’ pelo site da Shinigami Records, com várias opções de pagamento, visite:http://goo.gl/Dg623u

Recentemente, o UNEARTHLY disponibilizou outra música do álbum, desta vez é a faixa de abertura do disco: ‘The Sin Offering’.

https://www.youtube.com/watch?v=56fV2_keJHI

Anteriormente um lyric video para a faixa-título já havia sido lançado.

https://www.youtube.com/watch?v=40LShAXvU-E

Contato para shows e merchandise: shows@theunearthly.com

Sites Relacionados:
www.theunearthly.com
www.facebook.com/unearthly.official
www.metalmedia.com.br/unearthly



NANDO MORAES: em debate cultural sobre Rock’n’Roll

O guitarrista NANDO MORAES será uma das atrações do Círculo Filosófico com o tema “Hoje é dia de Rock, bebê” que acontece no dia 26 de outubro em Amparo, cidade natal do músico.

NANDO MORAES, junto com outros convidados do evento, falará o que é o Rock pra si, rolarão vídeos escolhidos pelos convidados de momentos que consideram marcantes e o músico vai tocar algumas músicas.

O evento está marcado para ter início às 20h18 na Casa Do Teatro (Rua Barão de Campinas, 619), terá “Entrada democrática”, ou seja, cada um pagará o tanto que julgar justo.

NANDO MORAES, continua no estúdio Mixmusic gravando o novo álbum, e tenta com seu trabalho derrubar o paradigma de que Rock Instrumental é algo apenas de músicos para músicos, e mostrar que existe como balancear técnica e música em um álbum deste estilo.

Além de gerenciar sua carreira solo, o músico é professor de guitarra e dono da Escola de Música Adagio (www.adagioescola.com.br) em Amparo/SP.

Contato: moraes.nando@gmail.com

Sites relacionados:
www.facebook.com/nandomoraessolo
www.metalmedia.com.br/nandomoraes



NUESTRO ODIO: confira trecho de música nova

Trabalhando pesado em cima do novo álbum, ‘Terra de Santa Cruz’, o NUESTRO ODIO apresenta um trecho em pré-mix de uma das músicas do disco.

www.soundcloud.com/lau-estudio/nuestro-odio-hipocrisia-teste-de-mix-lau-estudio

A banda está no renomado Lau Studio onde registra sete músicas que farão parte do trabalho. Para mostrar um pouco de como está a produção do disco, um primeiro ‘studio report’ – focado especialmente na bateria – acaba de ser disponibilizado, assista:

https://www.youtube.com/watch?v=O3AVzZZhoFs

Em breve o grupo deverá anunciar mais detalhes sobre o vindouro ‘Terra de Santa Cruz’.

Formado em 2006, o NUESTRO ODIO sempre se preocupou em passar mensagens fortes nas letras sobre política, posições sociais e alienação, tomando por base, frases de fácil interpretação e refrãos fortes. As principais influências são as vertentes do Metal misturadas impiedosamente com o Hardcore.

Contato para shows e merchandise: leonardo-no@hotmail.com

Sites relacionados:
www.nuestroodio.com.br
www.facebook.com/NuestroOdio
www.metalmedia.com.br/nuestroodio



MACHINAGE: produtor de Halford, Yes e Lita Ford masterizará o novo álbum

Quando o MACHINAGE entrou para gravar o novo disco ‘Slave Nation’ prometeu que seria mais um marco não só na carreira do grupo, mas do Metal nacional. E Mais uma vez prova isso: a banda anuncia que ninguém menos que Maor Appelbaum masterizar o álbum.

Maor é israelense radicado nos Estados Unidos e através de seu estúdio em Los Angeles já masterizou gigantes do mundo da música como Halford, Yes, Lita Ford, Adrenaline Mob, Therion e muitos outros. Confira mais do trabalho do produtor por aqui: www.maorappelbaum.com

Desde o começo da produção do álbum o MACHINAAGE tem investido pesado não só na composição das músicas, mas também nos profissionais que trabalham no disco.

Aproveitando a sua terceira turnê pelos Estados Unidos no ano passado, a banda se trancou no estúdio Smile em Ohio com o produtor Curran Murphy (Annihilator e Nevermore) para gravar o disco.

Para mixar o disco, um dos maiores nomes da história da música pesada: o inglês Max Norman.
Pare se ter uma ideia de seu trabalho confira alguns discos que ele trabalhou:

Ozzy Osbourne – Blizzard of Oz, Diary of a Madman, Speak of the Devil, Bark at the Moon e Tribute Megadeth – Rust in Peace, Countdown to Extinction, Youthanasia e Hidden Treasures
Bad Company – Rough Diamonds Fates Warning – No Exit e Perfect Symmetry.

O MACHINAGE é hoje em dia um dos principais nomes do Thrash Metal nacional, tendo excursionado por três vezes pelos EUA e tocado com nomes como Sodom, Overkill, Warrel Dane, Sepultura, Dismember, Nuclear Assault, Tim Ripper Owens, Angra, Almah entre outros, e agora se prepara para enfim lançar seu segundo álbum.

Contatos para shows e merchandise: booking@machinage.net

Sites Relacionados:
www.machinage.net
www.metalmedia.com.br/machinage
www.facebook.com/machinage



SKINLEPSY: ao lado do lendário Vulcano no Hangar 110

O SKINLEPSY celebrará o Halloween ao lado de um dos principais nomes do Metal nacional: VULCANO.

O show acontece no dia 31 de outubro no tradicional Hangar 110 (R Rodolfo Miranda, 110 – São Paulo) a partir das 19h e conta ainda com a banda Incinerad. Os ingressos antecipados podem ser comprados pelo: www.hangar110.com.br

Recentemente a banda anunciou a distribuição do “Condemning The Empty Souls” também em formato digital e streaming.

‘Condemning The Empty Souls’ pode ser considerado facilmente como um dos trabalhos iniciais mais bem aceitos da história do Metal tupiniquim.

Mesmo com o grupo formado por músicos experientes da cena que fazem ou fizeram parte de lendárias bandas de nossa cena (leia-se: Siegrid Ingrid, NervoChaos, Anthares, Skullkrusher, Pentacrostic e Opera), ‘Condemning The empty Souls’ continua sendo o primeiro trabalho oficial sob o nome de SKINLEPSY.

E o reconhecimento foi amplo, de notas máximas e citações com um dos melhores discos do ano – não só no Brasil – a banda conseguiu pavimentar fortemente seu nome na cena.

A distribuição do material digital está sendo feita em parceria com Metal Media Digital Music. O álbum pode ser comprado nas principais lojas de venda digital ou diretamente pelo link: http://goo.gl/OUGOET. O álbum também está disponível para streaming no Spotify, Deezer, entre outros.

‘Condemning The Empty Souls’ foi lançado no Brasil, em CD, pela Shinigami Records. O material conta com as participações especiais de Luiz Carlos Louzada (Vulcano, Hierarchical Punishment, Chemical Disaster), Fernanda Lira (Nervosa) e Thiago Schulze (Divine Uncertainty).

https://soundcloud.com/metalmedia/skinlepsy-global-desolation

Contato para shows e merchandise: skinlepsy@hotmail.com

Sites relacionados:
www.facebook.com/Skinlepsy
www.metalmedia.com.br/skinlepsy


WRECKAGE se junta à PRC Music
Os gregos do WRECKAGE se juntaram à PRC Music para o relançamento de seu mini-álbum de estreia. “Rise in Ruins” virá com 3 faixas bônus e a arte original. Fique atento a mais notícias e, por enquanto, assista a um vídeo da banda:


Mais informações:


Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

Vitter

VITER - official site