sexta-feira, 6 de junho de 2014

Deus Castiga – “When Paranoia Comes” – EP – 2014 - 43% Burnt Records/Rotthenness Records/Terceiro Mundo Chaos Discos/Zuada Records/Noise Mesmo Records/BreakVuadô/Guadalupe Distro Records

Praticamente como se não houvesse amanhã. Parece esse o sentimento que a banda carioca Deus Castiga passa nesse segundo EP “When Paranoia Comes”. A coisa aqui é séria e se o ouvinte não tomar cuidado, um caça F-14 o leva a quebrar a barreira do som e se dilacerar pelo ar.

A evolução da banda é latente e os resquícios de Death Metal da sonoridade do trabalho anterior estão praticamente nulos. Isto é, o Grindcore da banda está mais direto e com pitadas de Crust, mas ainda mais bem tocado e agressivo.

Impressiona como a banda consegue explorar sua musicalidade em poucos segundos de composições. Os riffs são muito bons, insanos e agressivos, a cozinha veloz e brutal (bateria a cargo de Thiago Paiva, apresentando o novo baixista Fabiano Klotz). O vocalista Anderson Ferracini está ainda mais versátil vomitando rasgados e guturais doentes.

A produção do guitarrista Rafael Parra e da própria banda está num ótimo nível, com qualidade de álbum profissional mesmo. Como não podemos fechar os olhos (o disco é meteórico) fica difícil destacar alguma faixa, mas Need To Be Victim, Nothing Last Forever e The Mirror são os destaques.

Vale à pena ressaltar a qualidade da embalagem, pois o formato ‘quase’ digipack, com todas as informações e a diferenciada arte gráfica estão um charme. E, pra alegria da nação, o excelente EP “I’m Alive Fucking Dead”, lançado em 2011 vem inteirinho como bônus e tem surpresinha ainda. Ótimo!


8,5


Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records