terça-feira, 19 de novembro de 2019

Chacina – “Mortus Operandi”


(2019 – Nacional)

Heavy Metal Rock

De Piracicaba/SP vem a banda Chacina, que foi formada em 1990! Sim, há quase trinta anos os caras surgiram, mas a primeira empreitada não deu muito certo e a banda, mesmo lançando demos (com boas distribuições), participando de coletâneas e afins, encerrou as atividades em 2000.

Quase 15 anos depois, o grupo retornou às atividades e finalmente agora em 2019 consegue lançar seu debut. E, sejamos honestos, vivemos um momento propício pela proposta da banda, tão musical, quanto dos temas, o que caiu como uma luva para este primeiro disco.

Thrash Metal aqui se funde com o Hardcore, mas o primeiro é quem dita as regras. Muito peso nos riffs da guitarra de Miguel, que mostra uma boa precisão nas palhetadas, enquanto Jefferson Novaes (baixo) e Billy Dark Machine (bateria) comandam a cozinha raivosamente, adotando certo ‘groove’ que traz a banda totalmente para os tempos atuais.

Tudo tendo à frente Allan Big Thunder vociferando guturais inteligíveis com letras ácidas, onde as críticas com o descaso ao meio ambiente, o charlatanismo religioso, a corrupção e o caos são alguns dos temas. Aliás, debatidos dando nomes aos bois e sem rabo preso.

Outro acerto da banda ficou por conta da produção, equilibrada, bem timbrada e captada, soando bem atual, mas sem exagero e orgânica. Destaque para faixas como Mariana, Pastor, Podres Poesias e Na Alma, esta última uma ode ao estilo headbanger de viver. Ainda há uma bônus.


8,5

Vitor Franceschini

Arte News: CHROMESKULL: Ouça agora o novo single “Screams In The Night”


CHROMESKULL: Ouça agora o novo single “Screams In The Night”

Os paulistas do CHROMESKULL estão finalizando 2019 com tudo! Após um início avassalador com o lançamento do EP “Deads Shall Rise”, a banda fecha o ano divulgando o single “Screams In The Night”.

Com duas faixas inéditas, que apresentam de forma oficial a nova formação, o novo trabalho traz ao público também uma nova sonoridade, ainda mais rápida e trabalhada, podendo ser encontrado nas principais plataformas de streaming e download do mundo, ouça agora:

https://youtu.be/Lt782KkHKSQ
Tracklist:
1 – Screams In The Night
2 – Living Fast, Die Young
Em paralelo, o CHROMESKULL já inicia o processo de fechamento de datas para shows em suporte a divulgação de “Screams In The Night”. Produtores interessados em leva-los para seus respectivos eventos – em 2019 e 2020 – entrem em contato pelo e-mail chromeskull@outlook.com.br ou diretamente no WhatsApp/Telegram em (46) 98838-7204.

Contato para assessoria de imprensa: 
www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://facebook.com/ChromeskullSpeedMetal/
https://www.instagram.com/_chromeskull_/
https://www.youtube.com/channel/UCy49QeJxPU7xbQGe9PtEZWw
https://sanguefrioproducoes.com/bandas/CHROMESKULL/73



MOTÖRBASTARDS: Em Pato Branco/PR neste fim de semana, banda busca shows para aproveitar a agenda na região

No próximo sábado, dia 23/11, o MOTÖRBASTARDS pega a estrada novamente e desta vez, rumo ao sudoeste paranaense, onde se apresentarão em Pato Branco/PR.

A banda estará na Cervejaria AJA Bier, onde levará os maiores clássicos do Motörhead e faixas do vindouro álbum “We Are Bastards”.

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/MOTORBASTARDS_Pato_Branco.jpg

Visando aproveitar a agenda pela região, o trio curitibano abre sua agenda de shows para os dias 22 e 24 de novembro. Produtores paranaenses e catarinenses interessados em criar uma noite única em seu evento e levar o MOTÖRBASTARDS ao mesmo escrevam para motorbastards@gmail.com ou pelo Telegram/WhatsApp em (46) 98838-7204 (Sangue Frio Produções) e solicite mais informações.

Encontre “Nightmare” – atual single do grupo – nas principais plataformas digitais:


MACUMBAZILLA: Confira o novo videoclipe de “Hellhounds”
Já está disponível no YouTube o novo videoclipe do Macumbazilla. A música “Hellhounds”, primeira faixa que a banda lança desde o ano de 2014, e que, oficialmente, inicia os trabalhos de divulgação do novo registro de estúdio, comprova o quanto essa banda está pesada, agressiva e extremamente poderosa, mesmo com o passar dos anos.

O vídeo foi lançado oficialmente meia noite do dia 15 de novembro, data em que são comemorados o Dia da Umbanda e a Proclamação da República.

Além de criar toda essa mística e referências sobre a data comemorativa e história do Brasil, o Macumbazilla aborda na temática da faixa “Hellhounds” uma mensagem ambígua, inspirada no mito popular do músico Robert Johnson, que muitos acreditam ter vendido a alma ao diabo na encruzilhada das rodovias 61 e 49 no estado do Mississipi/EUA, com seu violão e uma garrafa de whisky adulterado. Segundo a lenda, quando teria ouvido um bend escandaloso de uma gaita cromada, o diabo lhe apareceu, tomou seu violão, afinou um tom abaixo e o devolveu para Johnson. Ao mesmo tempo, existem teorias de que a canção do bluesman se refere realmente à perseguição racial que ocorria em seu tempo.

Confira:
A direção do vídeo ficou a cargo de Roberto Romero da ZNE Studio. Além de uma produção impecável, o vídeo conta com a participação de Leandro Lopes na harmônica e com o apoio da cervejaria “Bastards Brewery”.

Formação:
André Nigoski – vocal/guitarra
Carlos “Piu” Schner – baixo
Júlio Goss – bateria

Mais informações:



ADONIS: novo single, “I’m Leo Fender”, é oficialmente lançada em todas as plataformas digitais
O músico Adonis apresenta oficialmente ao público, seu segundo single em carreira solo. Após assumir uma nova jornada musical, onde a guitarra será seu fiel companheiro e, confirmar a produção de um disco instrumental. Adonis revela que “I’m Leo Fender”, nova composição do guitarrista, já pode ser conferida em todas as plataformas digitais.

“I’m Leo Fender” é composta por várias nuances diferentes e mostra o quanto Adonis é talentoso, técnico, preciso e extremamente virtuoso na guitarra. A faixa é carregada de vários estilos diferentes e consegue agradar fãs de músicas tradicionais e estilos mais agressivos.

Você irá encontrar facilmente o material de Adonis no Spotify (link abaixo), Deezer, ITunes, Google Play, Napster, Tidal, Akazoo, 7 Digital e várias outras plataformas. Busque, escute, inclua em suas playlists e sempre acompanhe a obra desse gênia das guitarras.


Mais informações:


ONE THOUSAND DEAD: lança em todas as plataformas seu primeiro EP, “Night Walk”, confira
Após iniciar sua carreira, a banda One Thousand Dead vem trabalhando pesado e enfrentando todos os percalços de uma banda de Metal extremo no Brasil. Hoje em dia tudo é caro no país, ainda mais gravar, produzir e entregar um trabalho com qualidade aos fãs.

Após anos compondo, se apresentando em eventos, investindo em equipamentos e divulgações, o grupo de Agudos/SP. Oficialmente libera para seus fãs e apreciadores de Thrash/Death Metal, o primeiro EP da carreira, “Nightwalk”.

O disco que contém 6 faixas pesadas, sendo quatro cantadas em inglês e duas em português, já pode ser conferida em todas as plataformas digitais. Disponível no Spotify (link abaixo), Deezer, ITunes, Google Play, Napster, Tidal, Appel Music e várias outras, o registro é apenas o início de uma nova fase dessa excelente banda brasileira.

Confira:

Tracklist:
01 – One Thousand Dead
02 – Trust
03 – Welcome
04 – Infernizando
05 – Guerra
06 – Nightwalk

One Thousand Dead é formada por:
Bruno Rondina: Vocal
Vagner Pereira: Guitarra
Robson Pereira: Bateria
Ricardo Quintanilha: Baixo

Mais Informações:



SUMERIAN PROJECT: novo nome do Dark Metal lança seu EP em todas as plataformas digitais, confira “Humannaki”
O Sumerian Project apresenta oficialmente aos fãs, as primeiras duas canções gravadas pelo grupo formato por grandes músicos do Brasil. O EP “Humannaki” já se encontra disponível para audição completa em todas as plataformas digitais e fãs de Dark Metal, facilmente irão se encantar com a proposta, produção e qualidade dessas duas faixas.

Após apresentar oficialmente esse projeto no segundo semestre de 2019, o Sumerian, rapidamente compôs, gravou e produziu as músicas “Humannaki” e “You Are not Alone”, para que o nome da banda entrasse de uma vez por todas no circuito nacional.

Com letras inteligentes e uma pegada técnica, o grupo e seu lançamento, mostram que vieram para preencher um lugar pouco explorado dentro da música pesada no país e, definitivamente se tornarem uma das referências do estilo no Brasil.

O EP “Humannaki” se encontra disponível no Spotify (link abaixo), Deezer, ITunes, Google Play, Napster, Tidal, Amazon, Apple Music, YouTube e vários outras plataformas. Confira:

Formação:
Michel Marcos – Vocal
Marco Alex – Guitarra/Backing Vocal
Maycon Phantoms – Bateria

Mais Informações:


TRUNCATE: álbum de estreia, “Mutilação/Depravação”, é oficialmente lançado em todas as plataformas digitais
Aguardado com muita ansiedade pelos amigos e fãs dos músicos que fazem parte da banda Truncate, o primeiro álbum do grupo, “Mutilação/Depravação”, oficialmente é lançado em todas as plataformas de Streaming.

Nascido entre os meses de julho e agosto de 2019, rapidamente o grupo de Death Metal que incluí em suas letras muitos elementos de Gore e Grind, compôs, gravou, produziu e lança, 10 faixas cantadas em português do mais puro ódio e agressão que o estilo exige.

O material inédito pode ser conferido no Spotify, Deezer, ITunes, Apple Music, Tidal, Amazon, Google Play e várias outras plataformas digitais.

Confira:

Tracks:
01 – Asfixiofilia
02 – Mutilação, Depravação
03 – Rejeitado pela Morte
04 – Rituais de Impureza
05 – Fedendo de Longe
06 – Clímax Nefasto
07 – Glutonaria Aberrante
08 – Golden Shower
09 – Obedeço às Covas
10 – Empilhando Caixões

Formação:
Juliano Goulart: Vocal/Guitarra
Jéssica New: Baixo
Bruno de Oliveira : Bateria
Mais Informações:


OSSOS CRUZADOS: se apresenta nesta terça-feria (19) ao vivo no programa “Release Show Livre”
Nesta terça-feira, um dos nomes mais ativos do Metal brasileiro, o Ossos Cruzados, se apresenta ao vivo no programa “Release Show Livre”.

O programa com duração de uma hora, terá o Ossos Cruzados como destaque e a banda prepara um setlist matador para sua apresentação no renomado “Release Show Livre”.

Essa é uma grande oportunidade para os fãs conferirem como é um show da banda. Os caras além de tocarem ao vivo músicas de seus dois álbuns de estúdio, estarão respondendo perguntas enviadas pelo público.

O programa vai ao ar as 17h00 e pode ser conferido ao vivo e na íntegra pelo link abaixo:

Formação:
André Honorato – Vocal
Hebberty Taurus – Guitarra
Anderson Costa – Bateria
José Otávio – Baixo

Mais informações:


Coletânea “Roadie Metal Five Years Death” é relançada nas plataformas digitais e é a mais acessada de todas as compilações já liberadas pela Roadie Metal
O 109º lançamento do selo digital da Roadie Metal, é uma obra que a própria produtora organizou em maio de 2019. Reunindo 27 bandas de seu casting de assessoria, ou seja, bandas que possuem suas divulgações fomentadas pela empresa, criou a coletânea “Roadie Metal – Five Years Death”.

Através de relatórios apresentados pelos analytics das plataformas digitais, essa compilação é a mais acessada de todas as coletâneas já lançadas pela Roadie Metal. Reunindo nomes como Torture Squad, Attomica, Claustrofobia, Death Chaos, Necrofobia, Infector Cell, Jailor e vários outros grandes nomes do metal pesado brasileiro, é certo que esse trabalho pode facilmente ser considerado uma coleção de clássicos de excelentes bandas do país.

Confira em todas as plataformas digitais essa excelente ferramenta para você conhecer inúmeras grandes bandas brasileiras.

Entre em contato conosco:
Conheça nossos canais:

Site oficial: 
http://roadie-metal.com
Roadie Metal Assessoria: 
http://roadie-metal.com/press
Página no Facebook: 
https://www.facebook.com/RoadieMetal
Página da assessoria: 
https://www.facebook.com/roadiemetalassessoria



MAUA: revela arte e lançamento de single inédito
Após lançar o aclamado álbum “Unconscience” (2016), a banda Maua, precisou arrumar um novo vocalista para o cargo que acabou ficando vazio por alguns meses.

Buscando alguém com vocais fortes e marcantes, o nome de João Neto foi unanime entre os demais membros do grupo. O novo vocalista já vem se apresentando à frente do grupo e novidades acerca de sua ingressão começam a ser preparadas para os fãs.

A primeira delas e confirmada pela banda, é o lançamento de um single inédito para as próximas semanas. Intitulado de “The Passenger”, a faixa será a primeira que a banda irá oficialmente apresentar ao público, previamente ao lançamento de seu novo álbum de estúdio que está em fase final de gravações.

Além de anunciar o lançamento desse single inédito, a arte que irá ilustrar essa faixa, foi uma criação do artista indonésio, “Septian Fajrianto”, que conseguiu criar uma ilustração pintada à mão, com todas as necessidades que a banda buscava. Confira:

O single será lançado muito em breve, porém a banda ainda não revelou uma data oficial para a liberação. Fique ligado nas redes sociais do grupo para não perder nenhuma novidade.

Formação:
João Neto – vocal
André Cabral – guitar
Adriano Santana – guitar
Marcel “Metal” Freitas – bass
Afonso Ramalho – drums

Mais Informações:


HIGH MOONLIGHT: apresenta site e perfil oficial no Instagram
Em processo de divulgação de seu primeiro EP na carreira, o High Moonlight, aos poucos vai apresentando ferramentas para os fãs poderem ir acompanhando as novidades e sempre se manterem bem informados sobre os trabalhos do grupo e o disco “Arcturians”.

Duas ações iniciais acabam de ser oficialmente lançadas. A primeira delas é disponibilizar aos fãs e público em geral, um site onde todo e qualquer informação sobre a banda pode ser encontradas. Quem acessar o site da High Moonlight, irá encontrar detalhes individuais de cada um dos integrantes, a história da banda, discografia, notícias, contatos e muito mais.

Confira o site do High Moonlight pelo link abaixo:

A outra novidade é acerca das redes sociais. Se inteirando ainda mais das novidades tecnológicas, acaba de ser criado o perfil profissional da High Moonlight no Instagram. Até pouco tempo, a banda se comunicava e informava suas novidades exclusivamente através do Fecabook, ou, pelas redes dos músicos do grupo. Agora é possível conferir tudo sobre essa excelente banda de Heavy’N Hard brasileira, também pelo Insta. Siga o grupo e se mantenha informado:

Caso ainda não tenha conferido o EP “Arcturians”, o mesmo se encontra disponível em todas as plataformas digitais e também no YouTube. Abaixo link para audição no Spotify:

Formação:
Chris dos Anjos – Vocal
Robert Wagner – Guitarra
Luciano Lima – Baixo
Bruno Damasceno – Bateria

Mais informações:


IGNITED: escute entrevista do vocalista, Denis Lima, concedida ao programa de rádio, “Rock in Pauta”
O novo álbum do Ignited, “Steellbound”, vem recebendo inúmeros elogios pelo país e proporcionado a banda oportunidades de divulgar o trabalho em rádios, sites, blogs do Brasil e de vários países do mundo.

Liberado em todas as plataformas digitais, o conteúdo apresenta uma banda sólida e preparada para alçar uma posição, como uma das principais revelações do estilo no Brasil.

Aproveitando esse momento único na recente carreira, o vocalista Denis Lima, concedeu uma entrevista muito dinâmica ao programa de rádio FM, Rock in Pauta, vinculado na Rádio Gramado do Rio Grande Sul.

Em entrevista, o músico revelou como nasceu a Ignited, detalhes sobre a produção do disco e tudo que está sendo conquistado com o lançamento do disco. A entrevista pode ser conferida no link abaixo, pelo soundcloud oficial do programa. O bate-papo começo por volta de 1h e 02min.

Formação:
Denis Lima – Vocais
Dalton Castro – Guitarra
Sama Benedet – Baixo
Maurício Velasco – Bateria

Mais informações:
Site oficial: www.ignitedmetal.com/


RICHIE KOTZEN se apresenta em São Paulo nesta quarta!


Acontece nesta quarta-feira, 20 de Novembro, no Carioca Clube,a tão aguardada apresentação do guitarrista norte-americano RICHE KOTZEN.


Considerado um dos ‘’Top 5’’ guitarristas do mundo, além de uma sólida carreira solo gravando álbuns mesclando estilos como Hard Rock, Rock'n'Roll, Jazz, Fusion e Soul, Kotzen também já integrou as bandas Poison e Mr. Big, e atualmente integra o power-trio “The Winnery Dogs”, juntamente com Mike Portnoy (ex-Dream Theater e Avenged Sevenfold) e Billy Sheehan (Mr. Big).

No seu retorno ao Brasil, Kotzen virá acompanhado por Mike Bennett na bateria e Dylan Wilson no baixo, e além de tocar hits de sua carreira solo e outras da época em que passou pelas bandas Poison e Mr. Big, executará também seus últimos singles Venom, Damned e Riot.

Confira as datas da turnê:
19/11 – Campinas – Grainne’s
20/11 – São Paulo – Carioca Club
21/11 – Florianópolis – John Bull
23/11 – Brasilia – (Em breve mais informações)
24/11 – Goiania – Bolshoi

Mais em:
http://www.richiekotzen.com
https://freepass.art.br/shows/richie-kotzen-no-brasil-2019/

SÃO PAULO – SP

Atração: RICHIE KOTZEN
Data: 20 de Novembro 2019, Quarta-feira (Feriado)
Horários: Portas 19h00 / Richie Kotzen 21h00
Local: Carioca Club (
www.cariocaclub.com.br)
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2.899 - Pinheiros - São Paulo/SP
Telefones: (11) 3813-8598 / 3813-4524 / 3814-5711
Classificação etária: 18 anos / Menores somente acompanhados de um dos pais ou responsável legal, mediante apresentação de documento oficial original com foto.

Informações e compra de ingressos

SETORES PREÇOS (R$)
PISTA 1 E 2 LOTE - ESGOTADOS
PISTA 3º Lote 280,00
PISTA 3º Lote (meia-entrada) 140,00
MEZANINO - ESGOTADO

Online

Clube do Ingresso – 
http://www.clubedoingresso.com/evento/richiekotzensp

Pontos de venda
Carioca Club - SEM taxas de serviço.

Outros pontos de venda (sujeitos a cobrança de taxas de serviço)
http://www.clubedoingresso.com/ondecomprar

*A produção do evento NÃO se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais.
*Será expressamente proibida a entrada com câmeras fotográficas e filmadoras de qualquer tipo, tanto amadoras como profissionais ou semiprofissionais.


EVERGREY se apresenta nesta sexta (22/11) no Rio de Janeiro

No Teatro Rival, banda sueca traz set list baseado no elogiado novo disco, The Atlantic; haverá Meet & Greet no mesmo dia

O heavy metal produzido na Suécia é referência mundial ao estilo, tendo o Evergrey como banda essencial neste processo. Em 23 anos, o vocalista e guitarrista Tom Englund comandou o Evergrey ao alto escalão do metal, hoje reconhecida como uma das formações mais talentosas e criativas do gênero. Nesta nova passagem pelo Rio de Janeiro, dia 22 de novembro (sexta-feira), no Teatro Rival, a banda traz a turnê do aclamado The Atlantic, cujo repertório também inclui sucessos de outras fases da carreira.

A produção é da Onstage Agência, que também organiza um Meet & Greet com o Evergrey no mesmo dia, às 19h30. Adquira aqui seu ingresso para o encontro com a banda: bit.ly/EvergreyMeetAndGreetRJ (o ingresso do M&G não dá direito ao show, cuja entrada deve ser adquirida em http://bit.ly/EvergreyRJ).  

O Evergrey ficou famoso pela autêntica mistura do peso do heavy metal com andamentos progressivos, embalados numa sonoridade que transborda emoção. Os arranjos das músicas, independente se do começo mais prog ou atualmente, numa roupagem mais moderna, estão sempre alinhados às variações de vocal e do instrumental, que convidam o ouvinte à imersão completa nas histórias contadas pela banda.

Completam a banda Jonas Ekdahl (bateria), Henrik Danhage (guitarra), Johan Niemann (baixo) e Rikard Zander (teclado), a formação que gravou The Atlantic. O disco, lançado em janeiro deste ano, já é apontado por diversos jornalistas de música como um dos grandes lançamentos de 2019. Na revista Roadie Crew, recebeu nota máxima.

Neste retorno ao Rio de Janeiro, clássicos absolutos do Evergrey têm presença garantida no setlist a ser executado no Teatro Rival: a definitiva A Touch of Blessing, facilmente uma das canções mais emotivas da música pesada de todos os tempos; Leave It Behind Us, a impactante faixa de abertura do disco Glorious Collision; arrebatadora Recreation Day, entre outras de fases mais recentes, como The Grand Collapse e The Fire.

SERVIÇO
Evergrey no Rio de Janeiro
Data: 22 de novembro de 2019
Horário: 21 horas
Local: Teatro Rival
Endereço: Rua Álvaro Alvim, 33 - Cinelândia/Rio de Janeiro
Ingresso:
Pista meia ou promocional: R$ 120^
Mezanino A e B meia ou promocional: R$150
^Mediante entrega de 1 quilo de alimento não perecível no dia do evento.
Venda Online
Classificação etária: 18 anos


WOLF AMONG US: Duo foge dos clichês do rock em busca da alquimia perfeita em novo EP

Guitarrista da banda conversa sobre música, processo de composição e interação com público

O duo formado por Robin Wolf (Baixo e vocais) e Alexandre Cruz (Bateria), lançou recentemente pela Abraxas Records no streaming e em K7 pela Dinamite Records, o EP "Soul Shard", material no qual o stoner rock é o ponto de partida, mas que explora alternativas diversificadas usando bases que vão do grunge ao psicodélico, e algumas vezes até se encontram com a música pop.

O trabalho traz como tema central conflitos existenciais, onde cada música representa um questionamento comportamental da sociedade moderna. Além do conhecimento tácito, o registro também se inspira em séries televisivas como Rick Morty e Black Mirror, trazendo conceitos niilistas e existencialistas nas músicas, que parecem sempre cair na dualidade entre procurar significado ou aceitar todo ou qualquer destino por entender que nada tem propósito, se entregando aos prazeres carnais.

Com seis músicas, entre elas uma intro, o registro foi produzido pela própria banda. Cada música passou por um processo totalmente diferente de gravação e/ou mixagem, envolvendo vários profissionais e cinco estúdios.

Batemos um papo com Robin, vocal e guitarra da banda, afim de conhecer melhor o universo que forma seu som, como lidam com público e mercado, e sobre planos futuros.

O Wolf Among Us definitivamente segue em seu melhor momento desde o surgimento do duo, com o lançamento do novo EP "Soul Shard". Como vocês estão encarando esse feedback tão positivo por meio do público e mídia especializada?
R: Olha, estamos muito felizes e de certa forma até surpreendidos um pouco. A quantidade de pessoas compartilhando nosso EP no dia de seu lançamento foi algo que não esperávamos. Estamos com aquela sensação de que as coisas estão acontecendo.

Como que essa aproximação com público mudou a visão de vocês sobre se posicionar no mercado e encarar a música de uma forma profissional?
R: Começamos a compreender a forma como o nosso publico se comunica e agora parece que falamos a mesma língua. Esta aproximação nos dá uma boa visão do que eles esperam da banda e assim como devemos agir.

O duo lançou material via os selos ABRAXAS e Dinamite Records. Como está sendo essa parceria? Podemos esperar um full album para 2020?
R: Está sendo maravilhosa. Sempre acompanhamos o trabalho dos Selos, confiando cegamente nas bandas que estavam no “casting”. Creio que esta credibilidade que um selo sério passa ajuda os artistas, e muito, na obtenção de publico e nas negociações de datas. Só temos a agradecer os selos pela confiança em nosso trabalho. O full álbum é certeza, por sinal já estamos com bastante coisa adiantada... quem sabe não role um single deste novo trabalho até o final do ano.

Nesse material lançado vocês vão do stoner rock tradicional ao encontro do rock alternativo, pegadas de grunge, psicodelia e até pitadas de pop rock. Como se deu a inclusão de tantos elementos e gêneros, dentro da vertente proposta pelo Wolf Among Us?
R: A ideia sempre foi tentar criar um som que fosse à assinatura da Wolf Among Us, sem se prender aos clichês do estilo. Estas “misturas” aconteceram de forma natural no processo de descobrimento e amadurecimento da banda. Usando a nossa bagagem de vida conseguimos achar um resultado que fluiu para esta alquimia. Creio que todo este material lançado serviu como um primeiro alicerce do que será a Wolf Among Us daqui para frente


É nítida a entrega do duo nesse EP e a energia que as composições emanam. Como foi o clima das gravações das músicas? E como vocês como artistas, mantiveram esse clima de entrega por todo o processo de gravação?
R: O clima sempre foi bem tranquilo, mesmo algumas coisas terem de ser feitas na correria, para nos adequar aos prazos, conseguimos manter o controle na medida do possível. Nós mesmos pré-produzimos as músicas, e treinamos muito antes de gravar para valer. Isto particularmente ajuda muito a manter a qualidade e a dinâmica, pois quando chegamos no estúdio já estamos com aquilo correndo dentro de nossas veias.

Como está a tour pelo Brasil?
R: Começou muito bem, todos os shows foram além das expectativas e tivemos muito contato com o publico. Nas próximas semanas iremos à Minas Gerias para datas em Belo Horizonte e Alfenas. Já para Dezembro ficaremos mais de uma semana fazendo Santa Catarina e Parana. Já estamos bem ansiosos, pois cremos que o melhor ainda esta por vir.

Qual seria o recado do Wolf Among Us para bandas que querem investir em um som fora do padrão, afim de romper as barreiras do rock tradicional?
R: Não tentem soar como as bandas clássicas. Tentem descobrir algo que os fazem diferentes e trabalhem em cima desta diferença. Depois criem material constantemente e por fim saiam da zona de conforto. Hoje em dia as bandas tem de se mexer para achar seu espaço, não adianta ficar esperando dos outros, pois nada vai acontecer. Descubra qual é seu publico e como eles se comunicam, façam parcerias com outras bandas e criem seu espaço.

Ouça aqui "Soul Shard'': https://sl.onerpm.com/1051681550


SATAN'S A WOMAN lança single que explora de maneira  intensa as diferentes formas de olhar para si mesmo

Duo feminino fala em música sobre questionamentos de identidade

Fundada em 2019 por Julia Dorneles e Clara Abreu, em Porto Alegre, o duo conta com inspirações que partem do Hardcore ao Post-HC, passando a ideia em seu som que há e sempre houve, um grande cenário musical feminino a ser escutado e explorado.

O single intitulado "Eat Your Brain" acaba de ser lançado em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records.

A faixa apresenta um hardcore de forma rápida nas linhas de bateria, em contrapartida das guitarras e baixos compostos de formas mais retas e simples. 
O duo explora de maneira intensa as diferentes formas de olhar para si mesmo, e a letra (dentro do conceito não realista) mostra o dia em que uma garota acordou com questionamentos sobre sua identidade e partir disto, critica um relacionamento amoroso e quais ações irá tomar de uma forma cômica e trágica.

Confira aqui "Eat Your Brain":


KAIZEN leva seu rock progressivo ao Centro Cultural dos Correios, na Candelária, nesta quinta, 21/11
A banda Kaizen retoma aos palcos, trazendo o novo álbum autoral, denominado “Áquila”, não só nas plataformas digitais, mas, também, em meio físico (vinil e CD). O álbum é um projeto conceitual tendo como tema a cidade italiana fundada em 1230 com o nome de “Província de Aquila”. Uma cidade peculiar nascida não por uma casualidade, mas por um projeto que não encontra precedentes na história do urbanismo. A construção foi iniciada por Frederico II, Sacro Imperador Romano e Rei da Sicília, a partir de várias aldeias já existentes (noventa e nove, de acordo com a tradição local). Por isso, a cidade possui noventa e nove igrejas, noventa e nove fontes, noventa e nove castelos etc. Desde sua fundação, vem sendo sacudida por eventos telúricos que arrasam construções, tiram vidas e colocam a cidade numa eterna luta pela reconstrução.
Fazem parte do repertório do disco temas alusivos às construções, lugares e eventos da cidade, como “O Grande Sismo”, terceiro movimento da Suíte Áquila composta de 5 partes sendo que seu último tema “Fênix” é uma alusão ao recomeço “ressurgindo das cinzas”.
Formado em 1992, o quinteto instrumental Kaizen atua na linha do Rock Progressivo Sinfônico com um trabalho autoral utilizando instrumentos como violino, bandolim, guitarra, sintetizadores, baixo e bateria, trazendo o mundo sinfônico para o rock. Seu primeiro trabalho em disco foi gravado e lançado em 1994 com o título de “Gárgula”. Fazem parte da formação deste projeto: Kleber Vogel (violino e bandolim), Ronaldo dos Guaranys (teclados), Carlos Albuquerque (guitarra), Álvaro Seabra (baixo) e Cleto Castanon (bateria). Participaram das gravações os seguintes músicos convidados: Roberto Meyer (flauta), Francisco Gonçalves (oboé), Mauro Ávila (fagote) e o Duo Santoro (Cellos).Este trabalho reflete as ideias e sentimentos do cenário de Rock Progressivo na década de 90. Usando a criatividade dos três elementos básicos do Prog Rock; a música erudita, o jazz e o Rock, “Gárgula”, em linha com o Rock Progressivo Sinfônico com seus movimentos trágico-românticos e até lúdicos, pretende alcançar a todos numa envolvente jornada musical.

Serviço:

21/11, quinta-feira – Kaizen
Local: Centro Cultural dos Correios
Horário: 19h
Inteira: R$ 30,00
Meia (legal): R$ 15,00
Informações: (21) 2253-1580
Classificação Livre



SERCATI: conceito da banda irá virar HQ
A TidalWave Comics e a Sercati têm o orgulho de apresentar a revista em quadrinhos: "The Nightstalker – Poisoned Reflections". Escrito por Steve Fabry e ilustrado por Anthony Rubier.

Esta é uma história original do universo Nightstalker criada pela banda Sercati. Neste conto original, o Nightstalker derrotará um velho inimigo para salvar humanos.

A revista em quadrinhos será impressa em 20/11 e estará disponível para compra na AMAZON.


Para mais informações:  The-universe-of-the Nightstalker
Quadrinhos da Tidalwave:  tidalwavecomics.com

Compre no link:

Mais informações:


THE VICE lança novo vídeo
O trio sueco de black metal / rock 'n' roll THE VICE lançou um novo videoclipe para a música "White teeth rebellion". A música é retirada do novo álbum "White Dust Rebellion", que está programado para ser lançado em 2020.

O vídeo pode ser visto aqui:

Mais informações:


R.U.S.T.X divulga álbum e novo lyric video
R.U.S.T.X publicou recentemente seu novo vídeo lírico oficial para a música "Wake Up". Escrito com profundidade empática e tocado com amor, lida com o importante tema da consciência social - que também aparece completamente com os vocais apaixonados.

Vídeo oficial da letra da faixa do álbum 'Wake Up'
Link do Youtube: https://youtu.be/BgMUlB7ordU

Formados em 2003, os roqueiros cipriotas foram totalmente determinados desde o início. HEAVY METAL verdadeiramente sombrio e sem BS com passagens clássicas de rock é a sua paixão absoluta, como se pode determinar facilmente com apenas um som.

Entusiasmado e apaixonado por tudo o que a R.U.S.T.X faz, seu terceiro álbum "Center Of The Universe" convencerá inquestionavelmente os amantes da velha escola de que eles significam negócios sérios.

A banda comenta: "Com este álbum, nós realmente nos esforçamos para o limite e o resultado é como algo fora deste planeta. Um retorno à era dos anos 70 e 80 da música Rock e Metal que tanto adoramos".


STRATOVARIUS - Timo Kotipelto convoca fãs para show em São Paulo nesta sexta !

Os finlandeses do Stratovarius se apresentarão em São Paulo, na próxima sexta-feira, 22 de Novembro, no Carioca Clube.

O Stratovarius foi formada em 1984, e é formada por Timo Kotipelto, Jens Johansson, Matias Kupiainen, Lauri Porra, Rolf Pilve. A banda possui como singles Hunting High And Low, Forever, Destiny e Eagle Heart.

Mais em:
http://www.stratovarius.com
http://www.freepass.art.br



SERVIÇOS

Stratovarius em São Paulo-SP
Data: 22 de Novembro 2019, Sexta-feira
Horários: Portas 21h / Show 22h30
Local: Carioca Club (www.cariocaclub.com.br )
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2.899 - Pinheiros - São Paulo/SP
Telefones: (11) 3813-8598 / 3813-4524 / 3814-5711
Classificação etária: 16 anos / Menores de 14 ou 15 anos somente acompanhados de um dos pais ou responsável legal, mediante apresentação de documento oficial (e original) com foto.
Acesso à deficientes

Ingressos

Pista 1º Lote: ESGOTADO
Pista 2º Lote: ESGOTADO
Pista 3º Lote: R$ 240 (inteira) / R$ 120 (meia-entrada)
Mezanino: R$ 360 (inteira) / R$ 180 (meia-entrada)

Online
Clube do Ingresso – http://www.clubedoingresso.com/evento/stratovarius-sp , à vista pelo cartões (Visa ou Master) , cartões de débito Bradesco, ou também por boleto bancário.

Realização e Produção: Free Pass Entretenimento - http://www.freepass.art.br


LUCAS RAY EXP: lança novo single em vídeo e nas plataformas digitais, confira “Counting Colors”

Usando de uma técnica impecável e um feeling único, o single “Counting Colors” lançado por Lucas Ray Exp, é o mais recente trabalho disponibilizado pelo artista em todas as plataformas digitais e também em vídeo oficial liberado no YouTube.

A faixa totalmente instrumental, apresenta uma variedade de movimentos e sentimentos. Os arranjos escritos em uma guitarra de 7 cordas, casa perfeitamente com o baixo e bateria, criando uma áurea única na música e destacando cada um dos andamentos elaborados por Lucas Ray.

Elementos de Jazz, Fusion e Metal, facilmente podem ser reconhecidos nas estruturas rítmicas e harmônicas criadas em “Counting Colors”. Lucas Ray explica como compôs essa canção: “Nessa Faixa eu me permiti tocar algumas coisas loucas de guitarra. No meu EP “SPHINX” (2018), tomei uma decisão consciente de não exagerar nas partes de guitarra e fiquei mais contido nas faixas do EP, pois escolhi uma abordagem mais melódica e dinâmica, em outras palavras, não queria que fosse um álbum de guitarrista para guitarrista. Reconheci que estava perdendo a exploração e as possibilidades da guitarra como voz melódica, principalmente em uma música minha, por isso, permiti que minha paixão pelo instrumento fosse prioridade aqui”.

Confira o videoclipe de “Counting Colors”:

O single recém lançado, apresenta algumas influências novas na proposta musical de Lucas Ray, o músico revela quais novos elementos foram inseridos em “Counting Colors”: “Algo que eu sou realmente apaixonado e exploro neste lançamento, é o uso de ritmos brasileiros e latinos. Você irá encontrar Samba, Rock, Capoeira e Bumba Meu Boi, esse último tem um lugar muito especial em meu coração por ser originário de minha terra natal, o Maranhão.

A música “Counting Colors” também se encontra disponível em todas as plataformas digitais. Confira abaixo pelo Spotify:

Mais Informações:
https://fanlink.to/EPSPHINX
Spotify


THE UNDEAD MANZ: revela conceito do álbum “The Raise of the Undead’s Bride”: “Enquanto a sociedade vivencia essa “involução”, os undeadz caminham para o verdadeiro futuro: a ascensão de si próprios, como ser e espírito, e não apenas agregando-se da simples e fútil matéria”
O debut álbum intitulado “The Rise Of The Undead” marcou o nascimento de uma Nova Era, o Batismo de Sangue e Fogo com o nascimento das criaturas undeadz – os não-mortos exclusos dessa humanidade falida e obsoleta. Enquanto a sociedade vivencia essa “involução”, os undeadz caminham para o verdadeiro futuro: a ascensão de si próprios, como ser e espírito, e não apenas agregando-se da simples e fútil matéria (carne e bens materiais) como faz a grande massa.
“The Rise” abriu o caminho e serviu de alerta para o que viria: “The Rapture of Undead’s Bride” é o momento em que estamos vivenciando, o agora! A Noiva foi raptada, e restou apenas os não-aceitos. O caos tomará conta da sociedade contemporânea, e uma sociedade alternativa se erguerá de suas ruínas. “Welcome... So Sorry” introduz o Espetáculo do Apocalipse, dando as boas vindas aos ESCOLHIDOS, e gentilmente desculpando-se aos que serão dizimados. Fazendo jus, literalmente, à clássica deixa de que “o circo irá pegar fogo”, a voz do Anjo diz que “qualquer um pode viver, mas é preciso coragem para morrer”. Abra-se as cortinas, o show vai começar!
A rede de mentiras foi desmascarada, e os escolhidos tomaram ciência de seus papéis nesta Guerra. “The Vine” é a música que denota isso. “Veja quantas doutrinas querendo você... elas determinam QUEM você deve ser”. Este é o ponto final a esta falácia secular. Aos mais adeptos do cinema, e da ficção, é possível associar tal ideia à grande produção Hollywoodiana Matrix. Preste atenção no refrão: “Acorde e pegue sua arma, pois a Guerra está chegando! ”.
O fraco e subdesenvolvido cérebro dos humanoides remanescentes neste planeta não suportará a Verdade Absoluta, seus neurônios explodirão diante de tanto conhecimento. Não é cabível aos “simples humanos” entender a força do Cosmo, de receber a Revelação Suprema. A atrofia cerebral existente nestes seres lhes impossibilita tal feito. Psycho é a representação musical desta afirmativa. “Quem sou eu? O que sou eu? ” Está tudo explícito, os sinais nos foram mostrados ao longo das Eras, e somente os doutrinados detém os ensinamentos antigos para enxergá-los, por isso, estão “acordados”. 
Após a explosão neural vivenciada na 3ª faixa, vem a calmaria. A natureza exibe sua majestosa melodia, e acalenta a alma dos desafortunados. “Pirlimpineapple” é uma instrumental (sem instrumentos) de quase um minuto de duração, a qual introduz a próxima faixa do álbum, que nos encaminha para outra dimensão neste momento. “The Blood Fairy Queen” é o título do primeiro “conto” explorado pelos Undeadz, reservado em um Grimório chamado “The Zombie Tales”. Temos a certeza de que teremos mais... Dentro da estória vislumbra-se várias “verdades” da existência humana: traição, ambição, vingança e morte.

Na sequência, de volta à Terra, “Flesh Desire” rasga a matéria de que são constituídos os seres humanos, desvendando em meio ao sangue “a Carne e o Espírito”. A música revela os mistérios sobre “a carne matéria” e a “carne espírito (a carne viva) ”. Neste momento o ouvinte toma ciência plena qual o caminho que pretende trilhar, até o final de sua estadia neste plano, se deseja ser apenas “carne”, ou se deseja ir além, e se tornar um ser maior.
Aos que optaram em desvendar o segundo caminho mencionado há pouco, ingressamos agora por uma viagem interdimensional, inexplorada, selvagem, contudo, há milhares de anos desvirginada pelos povos ancestrais, que se utilizaram das artes ocultas para alcançar os planos superiores. “Lostinterdimensionz” é outra instrumental que transmite uma série de “sensações”, que é capaz de cutucar alguns sentimentos profundos no escuro da alma de quem, sem medo, se atira à ponta do precipício.
Perdido em um turbilhão de emoções, levado pela correnteza do desconhecido, o ouvinte é marretado pela pancada mais forte da Revelação: o encontro do “Eu”, ou seja, o seu próprio ser interno. A faixa “The Other in The Mirror” retrata essa luta infinita de cada ser pensante que já caminhou por este plano, a busca incessante por descobrir-se, por obter as respostas fundamentais para a nossa existência. A primeira parte da música retrata o mistério ocultado entre “a Névoa e a Luz”, o caminho que o Guerreiro deve trilhar para alcançar as respostas às suas dúvidas. Encontrando-se com sua própria “dualidade”, o Guerreiro será capaz de “entender os sinais”, e entender que o momento “é agora ou nunca”, afinal, a vida não dura para sempre (será?).
Somente após ter sofrido “a martelada” e vencido o desafio é que o Guerreiro poderá avançar ao próximo nível, e finalmente ingressar na via final da revelação do rapto. “Entering...” retrata a caminhada final até os portões da Revelação, os quais uma vez atravessados – assim como foi o Batismo em “The Rise Of The Undead” – não haverá retorno. “The Machine” esclarece didaticamente o significado da “Martelada”, e explica aos leigos exatamente que “A Máquina não cria nada, ela apenas consome”. Através de uma linguagem direta, e ao mesmo tempo rica em simbolismo e metáforas, a letra da última música do disco completa a obra trazendo consigo o entendimento pleno do conjunto proposto até o momento, desde o álbum precursor ao presente – é claro, para aqueles que “estiveram atentos aos sinais...
“Tiny Bye” é uma instrumental misteriosa, carregada de conteúdo subliminar, que pode levar o (agora) Undead a várias interpretações para o Final alcançado. Maiores ensinamentos serão proporcionados nos trabalhos futuros.
Esteja atento aos Sinais e escute o material em todas as plataformas de Streaming:

Formação:
Z – Vocals/Guitarra
Arduinnah – Guitarra
A.K.– Baixo
Reactor – Bateria
Mais informações:


THE GOTHS: música “Me... My Own Enemy” abrange os conflitos que nos levam a sermos nossos próprios inimigos
Carregada de Riffs bem elaborados e uma estrutura que mescla Heavy com Thrash Metal, a música “Me... My Own Enemy” da banda The Goths, é uma das mais intensas do disco “The Death.

A faixa que fala sobre a luta incansável de vencer os próprios problemas e enxergar que, nós somos nossos próprios inimigos, traz facilmente ao ouvinte uma lembrança a fase “Black Album” do Metallica.

A banda The Goths, oriunda de Campinas, lançou em 2016 seu primeiro disco “The Death”. Após alguns anos inativa, a banda em 2019 retomou sua carreira e atualmente se encontra em processo de composição de um disco que provavelmente será lançado ano que vem.

A música “Me... My Own Enemy” pode ser conferida em todas as plataformas digitais e também no canal de YouTube da banda. Confira abaixo em um dos dois links:
Spotify:
YouTube:

Formação:
Felipe Disselli – Voz/Guitarra
Franz Souza – Guitarra
Will Costa – Baixo
Lucas Disselli – Bateria

Mais informações:



MITSEIN: novo guitarrista da banda, graças a sua mãe, desistiu de comprar uma guitarra do jogo “Guitar Hero”, para adquirir uma de verdade, entenda
Uma das grandes promessas para 2020, a banda Mitsein que recentemente apresentou seu primeiro single, vem se destacando em seu estado, o Distrito Federal, sendo nome recorrente nos principais eventos da região.

Em reta final de produção de novo singles, a banda se prepara para apresentar uma avalanche de novidades para fãs e apreciadores de Symphonic, Heavy Metal.

A primeira delas já pode ser conferida nas redes sociais do grupo, que acaba de anunciar a ingressão de um novo guitarrista na banda. O músico Josaphar Chrisóstomo, mais conhecido como “Josa”, é o quinto elemento que faltava para preencher ainda mais as harmonias da Mitsein.

Com apenas 23 anos, Josa é música a 09 anos e já esteve à frente das guitarras da banda “Último”. Sua carreira obteve início após ter contato com o jogo de videogame, “Guitar Hero”. O músico revelou que em um belo dia, foi até ao shopping comprar a guitarra do jogo, quando sua mãe lhe perguntou se ele não preferiria uma de verdade, e claro, “Josa”, aceitou a proposta de sua mãe e desde então, nunca mais largou o instrumento.

Em breve a Mitsein irá apresentar um novo e inédito single para seus fãs. Siga as redes sociais do grupo e se mantenha sempre informado!

Formação:
Cristienne Graciano – voz
Jeff Oliveira – guitarra
Josa – guitarra
André Oliveira – baixo
Aquiles Lima – bateria

Mais Informações:
https://www.facebook.com/mitseinband


VEIO ROCK: se apresenta nesse sábado em “Iretama/PR”
O músico Veio Rock chega até a cidade de Iretama/PR, com seu trabalho autoral e grandes clássicos do Rock dos anos 70,80,90 e 2000. Se destacando no cenário, a obra de Veio Rock, pode ser conferida em todas as plataformas de Streaming.

O show do músico será realizado no Jurema Águas Quentes, a partir das 21h00 desse sábado, dia 23 de novembro. Não fique de fora e curta o melhor do Rock and Roll, por quem sabe o que faz!

Siga o trabalho do Veio Rock pelos links abaixo:


OSSOS: revela que single inédito, “Cadáver”, será lançado nas plataformas digitais essa semana
O Ossos no ano de 2018 apresentou aos seus fãs, inúmeras novidades, além de celebrarem 20 anos de carreira, o renomado grupo de Crossover/Thrash do país, lançava o disco “ O Caos em Mim”.

Com vários shows no ano passado, entrevistas em rádio e programas de YouTube, o grupo de destacou com um dos mais ativos do Brasil. Quase encerrando o ano de 2019, é hora de revelar uma surpresa que está sendo preparada para essa semana.

Está confirmado para nesta próxima sexta-feira, 22, o lançamento do single inédito, “Cadáver”. Essa será a primeira música do novo álbum que está em fase de gravações e produção e que será oficialmente lançado em 2020.

Sem se esquecer de seus seguidores, fãs e amigos, a banda antecipa o final de ano e não deixa de liberar uma novidade exclusiva e mostra ao público, como está ficando as próximas composições e o que se deve esperar para o próximo álbum.

A faixa “Cadáver” será liberada em todas as plataformas de Streaming, usuários de Spotify, Deezer, ITunes, Google Play, Napster, Tidal e várias outras, poderão conferir essa obra aguardada com ansiedade por quem sabe da qualidade, peso e talento do Ossos de Caxias do Sul.

Formação:
Pezzi  – Vocal
Tio Craitu – Guitarra
Guga – Guitarra
Grave – Baixo
Will Caveira – Bateria

MAIS INFORMAÇÕES
Facebookhttps://www.facebook.com/ossosodo98/
Roadie Metal Presshttp://roadie-metal.com/press/ossos/


GRINDING REACTION: é uma das atrações da próxima edição do evento “Thrash Attack ABC” que será realizada dia 29 de novembro
Dia 29 de novembro será realizado mais uma edição do “Thrash Attack ABC”, evento tradicional e um dos maiores fomentadores do Metal na região de Santo André/SP.

A atual edição terá duas bandas de outros estados se apresentando. Uma delas será o Visceral Slaughtes de Macapá/AP e a outra será o Scream of Death de Castanhal/PA.

A banda local que representará o ABC no evento, é o Grinding Reaction, que acaba de ser confirmado no role e leva seu hardcore agressivo e crítico ao público que comparecer no “74club”.

Os ingressos serão vendidos pelo valor de R$10,00 e o evento terá início às 19h00. Mais informações no link abaixo:


LEPROSY: anuncia lançamento de EP em Vinil e apresenta nome e capa do registro, confira
O Leprosy apresenta oficialmente, a capa de seu EP que será lançado inicialmente em vinil no mês de março de 2020. Intitulado de “F.A.E.P.”, o registro irá conter a música que carrega o nome do registro e a inédita “Leprosy of World”.

A produção do material será feita pela empresa “BlackHeart Magazine” em parceria com a banda Leprosy. Ao todo serão feitas 300 cópias em 7 polegadas. O material ainda não está à venda, mas assim que a banda confirmar a pré-venda, os fãs já poderão adquirir sua unidade com antecipação.

Confira a capa do EP “F.A.E.P.” e escute o single leva o nome do registro em todas as plataformas de streaming.


Formação:
Allan Paulino – Vocal
Rinaldo Macedo – Guitarra
Remus Silva – Baixo
Lord Biula – Bateria



ROYAL RAGE: Novo single traz peso, velocidade e intensa carga emocional
Os thrashers curitibanos do ROYAL RAGE estão divulgando seu novo single, intitulado “Bloodlust”. Lançado cerca de um ano após sua estreia com o álbum “Conquer”, essa é a primeira amostra do novo CD, “Evolve”, ainda sem previsão de lançamento. A música é uma verdadeira pancada no ouvido. Cheia de energia, velocidade, agressividade, é um prato cheio para qualquer fá de Thrash Metal. Além de ser a trilha sonora perfeita para o mosh pit, a letra foi uma descarga emocional imensa.

O vocalista, Pedro Ferreira, diz o seguinte: “pouco após o falecimento dos meus pais, eu herdei uma responsabilidade muito grande e eu não estava pronto para isso. Infelizmente eu não soube lidar com a situação e guardei o meu luto para assumir a responsabilidade da melhor maneira que pude, o que foi um puta tiro no pé. Ter segurado uma tristeza tão intensa por tanto tempo fez com que o sentimento evoluísse para uma depressão profunda, com direito a pensamentos suicidas, perda de memória, endividamento, perda de amigos e brigas familiares. Eu fui até o fundo do poço e por um bom tempo eu fiquei ali sem me dar conta. A doença me abraçou e me impediu de ser quem eu era. Graças a Deus, a meu psiquiatra, minha psicóloga, minha noiva e meu enteado, hoje eu sou outra pessoa. Hoje eu consigo liberar meus sentimentos na música e não me auto-mutilar psicologicamente.”.

Pedro Ferreira (vocal/guitarra), Luiz Rodrigues (guitarra), Airton Senna (baixo) e Tiago Rodrigues (bateria) agora darão sequência na produção de outro single (que virá acompanhado de um vídeo clipe) e nas gravações de “Evolve”.

Ouça “Bloodlust” no Spotify:

Contatos:
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br


ELECTRIC GOAT COMBO lança ousado EP com referências de toda a carreira
O Electric Goat Combo, com 10 anos de atividades, lança mais um registro criativo e potente via Abraxas Records. O EP Ed Gein Beats Philippe Stark, que combina referências musicais exploradas ao longo da carreira, do stoner ao post rock, já está nas plataformas de streaming. Confira: https://bit.ly/2Kkzmjg.

O EP contém músicas que o Electric Goat Combo experimentava desde 2016 e que seguem a caminhada natural da pesquisa e do método de composição inerente ao momento da banda, que é sair um pouco da principal característica do stoner rock (riffs e solos).

Nesse tempo, Zeh Antunes decidiu deixar o Brasil em 2017 e o material ficou parado. "Até que agora, em 2019, decidimos que deveríamos dar vida a isso. Optamos então por lançar o EP que marca mais uma mutação na banda: a minha saída e a entrada do Jonas que agora, soma à banda para seguir o mesmo caminho: continuar mudando", conta Antunes.

O que já estava presente no EP Vertigo Blues (2010), ganhou mais espaço nesse novo EP. A presença dos tempos compostos, o uso do metalofone, a escolha dos timbres e os arranjos que tendem a mudar o clima da música, muitas vezes, de modo abrupto. Indo de algo melodioso para uma pegada esquizofrênica, por exemplo.

"Ed Gein Beats Philippe Stark" sintetiza muito bem o que é o Electric Goat e o caminho que está trilhando. Nela encontram-se todos esses elementos que falamos: as mudanças abruptas, os tempos compostos, os climas distintos, o uso do metalofone... enfim, há elementos de stoner, prog, post rock", comenta Zeh Antunes, autor de todas as composições, que hoje vive em Portugal.

A maioria das músicas tem oito minutos, algumas são instrumentais e, mesmo as com vocais, o instrumental prevalece.

Electric Goat Combo - Surgido em 2009 no Rio de Janeiro, o Electric Goat Combo faz o que autodenomina Post-Stoner (mistura de stoner rock, post-rock e jazz). Em suas composições, mantem sempre uma deriva psicodélica capaz de seguir em direção a outras paisagens, seja incorporando outros instrumentos, seja na prática do improviso ou mesmo acrescentando outros músicos à sua formação.


NARNIA: banda cria concurso especial para fãs da América Latina
Em setembro deste ano, os suecos do Narnia fizeram mais uma bem sucedida tour pela América Latina.
Com shows marcantes no Chile, Argentina e Brasil, o quinteto firmou os laços já existentes com o público e decidiu ampliá-los através de um concurso feito juntamente com a página “Narnia – Latin American Fans”, onde os fãs poderão criar um lyric vídeo para a faixa ‘MNFST’, presente no álbum ‘From Darkest To Light’ e que será o novo single da banda.
Para maiores detalhes, confiram o texto em português sobre o concurso e que foi publicado originalmente na página da banda:
“Saudações queridos fãs da América Latina!
Faz 2 meses que voltamos para nossa amada Suécia mas ainda temos enormes e amáveis lembranças dos dias que passamos com vocês. A saudade é grande e esperamos voltar o quanto antes!
Para celebrar este laço de sangue que criamos com nossos leais fãs, estamos lançando hoje(em parceria com a fan page ‘Narnia – Latin American Fans’) um concurso especial. Queremos que você crie o lyric vídeo para a faixa ‘MNFST’ presente no nosso último lançamento, ‘From Darkness To Light’.
Usem de toda a sua criatividade, vocês tem total liberdade para criar o material da forma que desejarem. Iremos analisar um por um e aquele que for escolhido para o lançamento, além de disponibilizado em nosso canal oficial do Youtube e ser divulgado no mundo todo, o criador irá receber um pacote especial com camisa, cd e vinil autografados e muito mais!
Para participar, basta enviar o seu projeto, na melhor qualidade possível, para o e-mail info@narniatheband.com. Você pode baixar tanto a música quanto a letra aqui no link: https://bit.ly/2CX7vSq
E atenção, o prazo final é até o dia 08/12. Anunciaremos o vencedor no dia 16/12.
Boa sorte a todos. Vida longa ao Rei!”

Foto por Mats Vassfjord  

Narnia é: 
Christian Liljgren – Vocal
CJ Grimmark - Guitarra
Jonatan Samuelsson - Baixo/Backing Vocal
Martin Härenstam  - Teclados
Andreas "Habo" Johansson - Bateria

Contato:


O som de garagem explosivo do FROGSLAKE

Banda fala em entrevista sobre processo de composição, como foi trabalhar Chris Hanzsek, produtor lendário da cena rock mundial e sua entrada para Dinamite Records

A banda formada por China (vocal/guitarra), Alessandra (baixo), Pletz (guitarra) e Rogger (bateria), veterana da cena grunge/rock nacional lançou a pouco o tempo single e clipe da faixa "Revolution", música que integra o full album que será distribuido via Dinamite Records.

Com boa receptividade do público e da mídia, Frogslake se mantém como um dos maiores nomes do rock de garagem do país, apresentando um grande crescimento e amadurecimento musical nos seus últimos singles lançados.

Com músicas explosivas que vão ao encontro de estridentes riffs de guitarra e melodias transparentes, a banda aborda em suas composições temas do universo cotidiano de nossas vidas, o que torna a música do quarteto tão empolgante e visceral.

Conversamos com a banda sobre o full album que está prestes a ser lançado, processo de composição, como foi trabalhar Chris Hanzsek, produtor lendário da cena grunge mundial e sua entrada no selo Dinamite Records.


De onde vêm esse nome "Frogslake"?   O que levou a banda a esse nome? 

 Frogslake: Essa é uma das histórias: China e Ale tinham uma banda chamada Silverttape, que  após um hiato e com novos integrantes, formaram uma banda que se chamaria Silverfrogs, porém o nome já existia. A outra ideia foi Silverlake, mas já havia outra banda com este nome. Mandamos um foda-se para o Silver e ficamos com a junção Frogslake rsrsrsr.

Os últimos singles lançados pela banda foram muito bem recebidos. Podemos esperar full album em breve? 
Frogslake: Sim, os quatro singles lançados até o momento integram o álbum que está no forno, intitulado “Take Me Out”, composto por 12 faixas. Esses singles tiveram uma boa receptividade do nosso público e da mídia, o que é bastante empolgante para nós. Este trabalho trará uma proposta de som mais explosivo e ao mesmo tempo com um despejo de efeitos e melodias deixando bem transparente o som de garagem dos anos 90, que é marcante na banda.  

Suas letras passam uma mensagem muito forte, de onde vêm as ideias para as composições? Existe alguma composição que é mais especial para vocês? 
Frogslake: A temática das letras aborda o universo cotidiano, não temos um padrão para escrever, são coisas do momento, que podem ser desde de algo que tenha acontecido em nossas vidas, algum fato que tenha nos inspirado ou um sentimento refletido no estado de espírito no momento que estiver sendo feita a composição. China é o principal compositor da banda, mas em muitas canções tem participação da Alessandra na criação, uma parceria que vem desde 96. Não temos uma música em especial, cada uma traz uma mensagem de sentimento único.

A banda acaba de lançar o clipe da faixa "Revolution". Como foi a experiência de gravar uma peça audiovisual tão intensa e de total entrega emocional por parte da banda?
Frogslake: Foi uma experiência divertida, cansativa, mas divertida, poderíamos fazer isso o dia inteiro hahaha. O diretor Willian Samuray nos deixou super a vontade e conduziu cena a cena com muito entusiasmo, escolhendo a dedo cada ponto da cidade de Americana, usado como pano de fundo para a história.

Como foi a experiência de finalizar suas músicas com Chris Hanzsek, produtor lendário da cena grunge mundial?
Frogslake: Ficamos muito felizes, foi algo inesperado em nossas vidas, já que crescemos escutando bandas produzidas por ele, como Soundgarden, The Melvins, Green River, dentre outras. Nunca poderíamos imaginar que um dia teríamos um álbum finalizado por este ícone, até que Billy Maia nos deu a grande notícia de que o Chris faria a masterização das faixas. E o resultado não poderia ser diferente, curtimos muito o trabalho.

Como está sendo a parceria do Frogslake com o produtor musical Billy Maia e como seu o convite para integrar o casting da Dinamite Records?
Frogslake: É um prazer fazer parte do casting, a parceria flui muito bem com o Billy Maia que é um produtor bem detalhista e exigente, traz muitas ideias que agregam. Ele está sempre antenado nas novidades do mercado e engajado no desenvolvimento das bandas do casting. O convite para integrar o time da Dinamite Records, surgiu após uma apresentação da Frogslake em São Paulo. Na época iríamos lançar um EP com seis faixas, que já estava em fase final, e o Billy nos fez um convite para produzir um full álbum, que será lançado em breve.

Confira aqui o clipe de "Revolution": https://www.youtube.com/watch?v=n_eMXbZog5o   


MASS MURDER assina com Sliptrick Records
O Mass Murder foi fundado em agosto de 2013 por Francesco Corcio (ex-guitarrista do Necrotorture), com a ideia de criar um novo estilo de Brutal Death Metal utilizando temas e alta qualidade de som. Com a formação completa e as faixas gravadas, o primeiro álbum “Aracnofenik” foi lançado em julho de 2015, o que tornou a banda oficialmente ativa e pronta para fazer shows promovendo o primeiro álbum. “Aracnofenik” é um álbum de 8 faixas cujo conceito é centrado na fobia humana para insetos, mas narrado e visto do ponto de vista dos insetos. O primeiro lançamento foi esgotado após alguns meses da publicação.

Durante um período estático, devido à saída dos membros da banda para buscar outros compromissos na vida, Francesco não perdeu tempo e compôs novas faixas para um novo álbum, e conseguiu reformar a banda através de uma cuidadosa busca para voltar ainda mais energizado e motivado do que antes, com desejo de crescimento e visando o topo. O primeiro membro que ingressou na banda dessa vez foi Alessandro Sarni (Viperium) na bateria e, alguns meses depois, com seus baixos de 5 cordas, Aurora Corcio se juntou ao projeto, para completar o apoio da parede do som. O último membro que entrou na banda foi o rosnado e rosnado Aldo Gorgoglione e sua presença finalizou a nova formação oficial e o retorno de Mass Murder.

Atualmente, o grupo está finalizando sua mais recente versão de “Extreme Extinction”, que será lançada pela Sliptrick Records em 2020.

Mais informações:

Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

Shinigami Records