quarta-feira, 18 de março de 2015

N.W.77 – “Nuclear Awake” – 2014 – Rotthenness Records (Nacional)

Sabe quando você saca que os caras da banda sabem tocar, mas optam por fazer um som simples e direto? Pois este é o caso do N.W.77 (sigla de Nuclear Weapon 77), quarteto brasiliense que investe no Crossover, ou seja, a junção do Thrash Metal com o Hardcore.

A energia que emana deste segundo trabalho é intensa e essa energia é passada de imediato ao ouvinte. Assim que rola Charles Bronson Jr. (com uma introdução tirada do filme Desejo de Matar 3, de 1985, estrelado pelo mestre Bronson) a empolgação já toma conta e vai até o fim com a brutal The End is Complete.

Mas, neste caminho tem muita coisa boa. A começar pela ótima produção a cargo da banda e de Daniel Iasbeck que tirou o estereótipo do gênero de não dar peso aos seus instrumentos e faz com que o grupo ganhe ainda mais pontos. Além disso, a inclusão de passagens tiradas da programação normal da TV brasileira e filmes clássicos dos anos 80 foi uma ideia brilhante.

Voltando à sonoridade em si, o trabalho de guitarras é memorável. Apesar de direto, é muito bem estruturado e desenvolvido, incluindo muitas vezes melodia, inclusive nos solos, sem deixar o som pender para o acessível. A cozinha é coesa e responsável por umas mudanças de ritmo relâmpagos, mas que fazem muito bem ao disco.

Não tem como não mencionar o vocalista Marcel Ianuck e seus berros extremamente alucinantes, que faz uma grande diferença às músicas do N.W.77. Destaque para as faixas Mad Driver, Bacchanalia Open Air, Bleeding Eyes, além das duas faixas mencionadas anteriormente. Muito bom!


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records