terça-feira, 5 de maio de 2015

Syren – “Motordevil” – 2015 – Shingami Records (Nacional)

Quatro anos após o lançamento de seu primeiro álbum, “Heavy Metal” (2011), os cariocas do Syren retornam com este “Motordevil”. Não só o debut, mas a demo auto-intitulada de 2006 também chamou a atenção, tanto que agora a banda lança seu segundo disco pela gravadora Shinigami Records.

A essência dos trabalhos anteriores é mantida, mas a banda mostra uma grande evolução técnica, tanto em conjunto quanto individualmente e em “Motordevil” desfrutam de uma produção ótima, moderna e robusta, a cargo dos membros da banda Bruno Coe (baixo), Guilherme De Siervi (guitarra) e Julio Martins (bateria).

Quem acompanha o grupo sabe que o vocalista Luiz Syren bebe na fonte de Bruce Dickinson (Iron Maiden), mas possui sua própria forma de interpretar e tem um timbre privilegiado. Aqui, o cantor mostra ainda mais equilíbrio e o interessante é que as composições são mais influenciadas pela carreira solo do inglês do que pela donzela de ferro em si.

Afinal, a banda opta por um som cheio de peso com direito a afinações mais baixas e riffs consistentes. A melodia utilizada nas músicas caiu como uma luva fazendo com que a sonoridade do álbum passe longe de melosa, sendo os arranjos grandes trunfos, além dos refrãos marcantes.

É uma tarefa árdua destacar apenas algumas composições, mas a trinca inicial formada por Rebellion, Fighter e The Power of Something é matadora, sendo a faixa título o grande momento do disco, pois trata-se de uma música completa e extremamente emotiva. Belíssimo trabalho!


8,5

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records