segunda-feira, 20 de julho de 2015

Justabeli – “Cause the War Never Ends...” – 2015 – Mutilation Records (Nacional)

Pois bem, muitas vezes um hiato na carreira pode fazer muito bem a uma banda, e a prova disso pode estar neste ‘retorno’ da Justabeli à cena. Afinal, o grupo fundado em 2001, volta com seu segundo álbum sete anos após o lançamento do debut “Hell War” lançado em 2008.

E esse tempo fez muito bem à banda que já se mostrava talentosa desde seus primórdios. Ao ouvir “Cause The War Never Ends...” isso fica latente em todos os quesitos e nota-se uma evolução natural, nada forçada e apenas uma atenção em manter a essência de sua música.

Agora como um trio, o Justabeli continua destilando seu Death Metal com pitadas de Black Metal e o mais impressionante é que conseguem manter o ar rústico de suas composições com uma roupagem mais atual, talvez por mérito da ótima produção a cargo de Marcos Cerutti com a própria banda, lembrando que o disco foi gravado em 3 estúdios diferentes: Cerutti Studio, Victor Prospero Studio e HotJall Studio.

Um dos principais diferenciais do novo disco é a versatilidade que a banda impôs nas composições. Lógico que mantiveram os riffs caóticos, clima ao mesmo tempo agressivo e profano, além dos temas abrangendo guerra e satanismo, mas a banda incluiu uma dose pequena de melodia e uma variação rítmica importantíssima que só acrescentaram qualidade à sua música.

Esse diferencial pode ser notado principalmente em faixas como Infected by Radiation, Divine Fall e War Crime, o que não faz delas superiores às outras, já que o disco mantém um equilíbrio interessante entre as nove músicas. Não é permitido deixar de mencionar a belíssima arte gráfica a cargo de Alan Rodrigues e a embalagem em slipcase (exclusiva para as primeiras mil cópias). Enfim, um trabalho para enriquecer o Metal extremo brasileiro.


9,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records