sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Lothlöryen – “Principles of a Past Tomorrow” – 2015 – Independente (Nacional)

O Lothlöryen iniciou sua carreira em meio à onda de temas e sonoridades influenciadas pelas histórias de J.R.R. Tolkien (criador da trilogia ‘O Senhor dos Anéis’ e afins), e fez isso com ímpeto e propriedade. Quando a onda virou uma marolinha e todos pensavam que a banda cairia no ostracismo, eis que se reinventam, passam a abordar outra temática e turbinam seu som. Tudo isso mantendo sua identidade e essência.

O que é descrito no parágrafo acima é o que a banda vem mantendo até hoje. Uma evolução criativa impressionante e a capacidade de buscar novos horizontes, sem mexer nas estruturas, é o maior trunfo destes mineiros. E não, a banda não tenta nada forçado, tanto que seu som pode ser comparado a nomes como Blind Guardian, Orden Ogan e por aí vai, mas tem o selo e impressão digital ‘Lothlöryen’.

Neste novo disco, quarto de inéditas da banda, o sexteto parece mesclar tudo que já fez em sua carreira e ainda adicionar um toque de modernidade em suas composições. Depois de ser mais ‘maquinada’ e Progressiva em “Raving Souls Society” (2012), o grupo traz de volta seus momentos ‘Folks’ e, com mais ênfase, dita ritmos que adotaram no início de carreira.

Mas o fato é que a banda mantém as linhas Prog (com menos ênfase) e ainda adiciona leves arranjos e toques com sintetizadores que caíram como uma luva nas novas músicas, provando mais uma vez que a capacidade criativa do grupo é realmente sem limites.

Lançado de forma totalmente independente, “Principles of a Past Tomorrow” conta ainda com uma produção primorosa dos guitarristas Leko Soares e Tim Alan, dando ainda mais qualidade ao disco. A impressão é que o Lothlöryen está sempre encurralado, mas sempre consegue sair de forma magistral. Vou fugir do pau e não vou me arriscar a mencionar nenhuma composição como destaque, já que na primeira audição os fortes refrãos e melodias encantadoras elevam nosso espírito. É dez.


10

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records