quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Gladiator – “Dreadful Dreams”


(1992 / 2017 – Relançamento – Nacional)

Rising Records

Foram mais de 20 anos de hibernação, até quem em 2015 estes gaúchos da capital Porto Alegre retomaram as atividades em 2015. Dois anos após, a Rising Records solta este que é o debut do grupo junto com as duas primeiras demos.

O Thrash Metal do Gladiator flertava bastante com o Metal tradicional e já colocava um pé nos anos noventa, afinal nota-se uma variação rítmica interessante e a inclusão de leves doses de ‘groove’. Ou seja, a banda não primava apenas pela velocidade pura e selvagem, sendo que seu som era bem variado.

O trabalho de guitarras é primoroso desde os riffs potentes e solos muito a frente do seu tempo, sendo que a cozinha é a grande responsável pela versatilidade dos ritmos, mesmo o baixo sofrendo com a pobre produção da época. Falando em produção, mesmo datando de 26 anos atrás, ela tira um pouco do peso e do brilho, sendo que o relançamento foi remasterizado, então não há muita desculpa.

Mas, não podemos negar o talento desta banda clássica do Rio Grande do Sul, que neste relançamento ainda traz as duas primeiras demos: “Opression and Pain” (1989) e “Holy Words” (1991) que mostram a banda um pouco mais agressiva e fiel ao Thrash Oitentista. Elas sim fazem jus à produção da época, que quase se assemelham a do álbum oficial. Fato é que “Dreadful Dreams” é um documento histórico do Metal gaúcho.


7,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records