quinta-feira, 26 de julho de 2018

Kobold – “Death Parade”


(2017 – Importado)

Independente

O Kobold formou-se na Sérvia em 2015. Após dois EPs lançados (“Madman’s Overture” e “Live Act of Violence”), a banda se fixa como um trio e lança finalmente o primeiro full: “Death Parade”.

O álbum apresenta quinze canções, que refletem a predileção do trio pelo Thrash/Speed Metal, muito bem elaborado e executado. Guitarras poderosas estão acompanhadas de bateria e baixos precisos. O destaque individual vai para os vocais, os quais seguem a linha de bandas como Anthrax e Agent Steel, devido ao tom mais alto, diferenciando-os.

Podemos encontrar influências distintas, que vem, por exemplo, do Thrash da “Bay Area” dos anos 90. Há momentos rápidos, que lembram o “Kill’Em All” (1983) do Metallica; porém, com sonoridade atual e criatividade do trio.

Destaques para a execução das canções e, também, para a produção, que deixou a sonoridade contemporânea, sem perder a agressividade. É difícil prever o futuro da banda, mas o primeiro full deixa uma impressão ótima de uma banda, que não veio para ser mais uma. Os fãs de  Thrash (ou ”retrothrash”, como alguns rotulam atualmente) agradecem!

Formação: Elio Rigonat (vocais/guitarras), Savo Kraljević (baixo/vocais) e Marko Stefanović (bateria). Faixas: 01 - Madman's Overture (feat. Dan Brudar of Marrow of Salvation) 02 - Death Parade 03 - Fake (feat. Daca of Nadimac) 04 - Random Act of Violence 05 - I, Icarus 06 - When the Eyes Turn Inwards 07 - Die Hard 08 - Soul Funeral 09 - NWO (feat. Dan Brudar of Marrow of Salvation) 10 - Ministry of Propaganda 11 - Headless Horseman 12 - Warth Child 13 - Thrill for Speed 14 - Mistress of the Night 15 - Stand up and Fight (Exciter cover).


9,0

Adalberto Belgamo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records