terça-feira, 23 de outubro de 2018

Trouble – “Plastic Green Head”


(1995 / 2005 – Relançamento – Nacional)

Hellion Records

“Plastic Green Head”, até pelo nome, mostrava que o Trouble havia se enfiado de vez na psicodelia apresentada no álbum anterior “Manic Frustration” (1992). Até nas cores da arte gráfica a banda se mostrava de certa forma até lisérgica (ao menos no conceito artístico).

Porém, o sexto disco de estúdio dos norte-americanos de Chicago, soa mais diversificado e traz uma influência muito interessante de Black Sabbath. Praticamente une o que a banda começou fazendo ao que a banda se arriscava na época, mas com uma riqueza de arranjos nunca vista antes no Trouble.

Não é o trabalho mais fácil de digerir, longe disso, mas soa acessível depois de várias audições. Afinal, nem tudo que é bom, é inicialmente assimilado. Já na faixa título, que abre o disco, o Trouble mostra a que veio e que a pegada do disco anterior seria o foco.

Porém, ao ouvir Flowers, nota-se que a banda primou mais por diversificar sua sonoridade, incluindo veias Doom tradicionais com momentos mais ácidos. O que pode ser notado em faixas como Opium-Eater e Long Shadows Fall que trazem nítidas influências de Black Sabbath da fase “Vol. 4” (1972) e “Sabbath Bloody Sabbath” (1973).

Ainda pode se destacar os dois covers que a banda presta, um para The Porpoise Song dos Monkees e Tomorrow Never Knows dos Beatles, ambas caindo perfeitamente bem ao clima do disco. “Plastic Green Head” encerraria uma fase dourada do Trouble que durou praticamente 15 anos.


8,5

Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records