terça-feira, 26 de março de 2019

Eternal Sacrifice – “Ad Tertivm Librvm Nigrvm”


(2018 – Nacional)

Hammer of Damnation

Impressiona como as bandas brasileiras de Black Metal conseguem adotar arranjos sintéticos, nuances épicas e indumentárias visuais ‘únicas’, sem soarem pomposas ou sutis nestes quesitos. Uma das provas disso é esta banda baiana, oriunda da capital, o Eternal Sacrifice.

O quinteto soteropolitano chega ao seu terceiro full-lenght esbanjando talento e conhecimento de causa no estilo, mostrando um trabalho digno e que tem muito a acrescentar no cenário mundial do Black Metal. Mesmo com elementos comuns no subgênero, a banda consegue soar original e com características próprias.

E meio a riffs bem elaborados de guitarras, com certa dose de melodia, a banda consegue variar nos andamentos com uma seção rítmica precisa e versátil. Tudo com linhas de teclados maléficas, que condizem com a sonoridade e não se sobrepõem ao peso e agressividade das músicas.

Tudo isso tendo à frente vocais típicos do estilo, que ainda variam para timbres mais guturais e limpos nos momentos mais épicos. Falando em épico, o Eternal Sacrifice não se preocupa em soar longo em vários sentidos, afinal, desde a duração das composições, que não são cansativas devido a dinâmica e variação no andamento, passando pelo nome das músicas e de seus integrantes, não poupam em tamanho.

No mais, em “Ad Tertivm Librvm Nigrvm”, o Eternal Sacrifice consegue agradar com um álbum que soa mais interessante a cada audição. Tudo com uma produção de qualidade e um equilibrado repertório que dificulta a menção de destaques. Muito agregador!


8,5

Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records