quinta-feira, 25 de abril de 2019

Charlie Hopper – “So Far, So Good”


(2018 – Nacional)

Independente

Charlie Hopper é o projeto solo do vocalista e compositor Tiarles Daros. Foi idealizado em 2016 e influenciado pela simplicidade do “verdadeiro” Country americano. As influências vão de Johnny “God” Cash a Jamie Johnso, passando pelo Southern Rock.

Como é de costume na música Country, as letras são de uma simplicidade e humildade impares, porém parecem os “casos”, que vivemos no dia a dia. “So Far, So Good”, seguem essa linha com muito bom gosto e capacidade tanto para retratar as angústias e os momento bons e ruins das pessoas, quanto para colocá-las nas melodias das canções.

O trabalho é composto por 14 faixas, que exploram o “formato de canção” com maestria de quem sabe o que está procurando e, portanto, fazendo e transformando sentimentos em melodias prontas para se fixarem no imaginário coletivo!

Lançado em 2018, o álbum é um “oásis” no meio de um mundo musical cada vez mais pasteurizado e/ou composto por “velocistas” (risos) e teóricos musicais. Nada contra, mas a pureza e a simplicidade da canção estão meio perdidas entre tantas coisas “sem alma”.

Faixas: 01 1805 02 The Weight of the World 03 Hanging by a Thread 04 Gimme Back My Soul 05 Deadline 06 Never to Late 07 Dead Man's Road 08 O.D.I.T.E 09 So Far, So Good 10 She Sent me Away 11 Whiskey and a Sad Song 12 Rabbit in the Bush 13 Dreams Never Change  14 Wasn't in this Life.


10

Adalberto Belgamo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records