quarta-feira, 10 de abril de 2019

Rise of The Northstar – “The Legacy of Shi”


(2018 – Nacional)

Nuclear Blast / Shinigami Records

Mangás, que são HQ’s/desenhos animados japoneses e fazem parte maciçamente da cultura pop, são muito apreciados na França, inclusive se inserindo no Heavy Metal local, vide bandas como Alcest que se inspiram nisso em algumas de suas temáticas. E é de lá que vem o Rise of The Norhstar.

Porém, a banda oriunda de Paris, não se assemelha em absolutamente nada a seus conterrâneos e investe totalmente nesta temática, além da cultura japonesa em geral, inclusive no seu visual. Isso gera algo conceitual em todo o contexto do ROTNS (como também é conhecido) e o que diferencia de muita coisa.

Até aí tudo bem, mas quem ia imaginar que a parte musical do quinteto traz como referências o Metal, o Hardcore e o Rap? Pois é, e o negócio funciona. “The Legacy of Shi” é o segundo álbum completo e traz a banda mesclando ainda mais os estilos e partindo para um lado mais ‘grooveado’ e quebrado, se compararmos com os lançamentos anteriores.

Moderna e com muito peso, as composições transitam entre riffs potentes, cozinha com bastante ‘breakdows’ e linhas vocais bem rappeadas. Isso gera uma sonoridade enérgica que já fica evidente nas três primeiras faixas iniciais: Here Comes the Boom, Nekketsu e Kozo.

O Rap ainda pede passagem na ótima e melódica Step by Step, que se destaca ao lado de faixas empolgantes como This Is Crossover, onde o título da faixa já denuncia tudo, além de All For One que é um Thrash Metal moderno e na faixa título. Lembrando que a banda investe esporadicamente em letras com a sua língua pátria, como na ótima Furyo's Day. A produção de Joe Duplantier (Gojira) dispensa apresentações. Que trabalho legal!


9,0

Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records