terça-feira, 14 de maio de 2019

Arte News: SANGRE revela arte da capa do novo disco


SANGRE revela arte da capa do novo disco
Sangre acaba de disponibilizar a capa de seu mais novo álbum de estúdio “Technological Destination”. Mais um lançamento da Extreme Sound Records 2019, que ficará responsável pelo lançamento e distribuição da mídia física.

Esse trabalho contará com a participação do baterista Friggi (Chaos Synopsis), que deixará esse trabalho mais pesado e extremo possível.
A capa foi feita pelo Alex Spike, que já trabalha com o Sangre a alguns anos, e vem se destacando cada vez mais com seus trabalhos.

O lançamento nas plataformas digitais continua pela Mosh Records que já fez o lançamento de seu primeiro full-lenght “Just Pray”.

A banda comenta:
" Estamos abordando um assunto que não era um problema antigamente, mas na atualidade está tomando proporções assustadoras. Destacamos como a tecnologia está afastando a humanidade que cada um carrega em si. Como ela cria decepções e dores que antes era tratada com uma simples conversa, mas hoje em dia por essa vida “on” nos tirou esse contato."
"Seria esse destino tecnológico o trunfo ou queda da humanidade?"

Mais informações:


KRYOUR lança 'Where Treasures Are Nothing', seu álbum de estreia
 

Trabalho conceitual, que se forma em uma história de vida, vem embalado com um som entre o death metal melódico e o metalcore
 

Praticando um som versátil, entre o death metal melódico e o metalcore, Gustavo Iandoli (vocal e guitarra), Wesley Peira (guitarra), Gustavo Muniz (baixo) e Matheus Carrilho (bateria) apresentam "Where Treasures Are Nothing", trabalho conceitual que narra fatos do nascimento até a morte e aborda os valores humanos. "O repertório do álbum se forma em uma história de vida e retrata valores humanos sob a ótica da ansiedade e da depressão", observou Gustavo Iandoli. "Acredito que entrega e paixão o define, pois esperamos muito por esse momento e demos tudo na produção. As gravações foram bem detalhadas e deixamos com que as algumas ideias aparecessem dentro do estúdio. Assim, tudo foi fluindo da melhor maneira", acrescentou.

Sobre a concepção musical, o vocalista e guitarrista explica que o estilo foi sendo moldado de forma natural. "Nós fomos criando sem muito compromisso a atender certos subgêneros do metal. Existem algumas influências individuais dos integrantes, mas seguimos com o que queríamos fazer. Uma grande referência que tivemos foi o Gojira, admiramos muito o trabalho deles e tivemos influência na parte da produção."

"Where Treasures Are Nothing" contou com produção a cargo de Diego Castro (The Ocean Revives, Purge, Abstracted, Summeria) e teve arte de capa de Carlos Fides (Almah, FlowerLeaf, Evergrey, Semblant, Noturnall, Trezzy, Silver Mammoth).

Ouça no Spotify em https://is.gd/HrwgMC
Ouça no Deezer em https://is.gd/cz3MLj

O material foi antecipado com o single e videoclipe "Restless Silence", que retrata a visão de uma pessoa cuja mente é acelerada e pensativa. "Por tamanha inquietação interna, ela não consegue se expressar direito e, então, vem a angústia. A falta de controle de seus pensamentos ocasiona impactos em sua vida e em seu comportamento, pois a ansiedade passa a pressionar respostas precipitadas sobre os objetivos e os planos de vida", explicou Iandoli.

Veja o clipe de "Restless Silence" em https://youtu.be/Z9iertirMwM

O repertório de é "Where Treasures Are Nothing" o seguinte:
Beginning of Innocence
Anxiety
Chaos of My Dream
Restless Silence
Theater of Destiny
Rainy
Falling In Oblivion
My Conjugué
The Leaving
When We Got To Go

"Existem algumas músicas instrumentais que dão uma dinâmica melhor para o repertório. Sempre terá uma música que pode atender quem quiser ouvir algo mais leve ou mais pesado. 'Anxiety' e 'My Conjugué' têm uma intensidade um pouco maior do que as outras, enquanto 'Theater of Destiny' tem um peso maior por conta da afinação mais baixa que usamos na gravação. Porém, sinto que 'The Leaving' carrega algo muito especial, uma motivação que talvez não consiga explicar. Tudo tem uma perspectiva mais humana, além do acúmulo de aprendizados e progressos pessoais", concluiu Gustavo Iandoli.

Site relacionado: https://www.facebook.com/kryour/
Mídias sociais: @kryour

Contato para shows: kryour.band@gmail.com | (11) 96131-5003


HÉIA: Ouça agora a entrevista ao programa Pentagrando no Spotify

A Dark Radio é hoje um dos principais veículos de comunicação do Brasil, e em um dos seus programas, o Pentagrando, trouxeram como destaque a banda goiana HÉIA, onde o guitarrista e vocalista Místico concedeu uma entrevista para o mesmo.

Neste bate papo, o músico falou sobre o atual momento da horda, recente turnê boliviana e o álbum ao vivo gravado em Cochabamba, o “Maldición de la Serpiente – Live in Cochabamba”, além da sua visão sobre a cena underground atual e muito mais.

Ouça: https://open.spotify.com/show/7ztrYTV1HFIFEAitdmWHQS

Em paralelo, a HÉIA segue trabalhando forte na produção do supracitado álbum ao vivo. Com 10 faixas, que estão sendo produzidas por Giovanni Maia do Phanton Studio, na cidade de Goiânia/GO, o CD tem previsão de chegar ao público em junho deste ano, confira a capa:

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/HEIA_Live_Cover.jpg

Produtores interessados em levar a HÉIA pera seus eventos, escrevam para misticodesign@hotmail.com e solicitem mais informações.

Para entrevistas e resenhas, a imprensa interessada deve solicitar o press kit em contato@sanguefrioproducoes.com.

Contato para assessoria de imprensa: 
www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/hordaheiaoficial/
https://www.youtube.com/user/hordaheia
https://sanguefrioproducoes.com/artistas/Héia/55



FUG DESIGN: Capa de “A Hora da Morte” da banda Abatter foi desenvolvida pelo estúdio, confira!

Em 2018, a inovadora banda catarinense Abatter lançou seu debut álbum, intitulado “A Hora da Morte”, que apresentou, não só sua sonoridade, mas também um material gráfico diferenciado.

O estúdio FUG DESIGN imergiu no conceito deste material e desenvolveu uma capa que expressa ao máximo o que suas letras representam, trazendo como destaque a serial killer oficial do grupo, a “Carniceira”. Combinando ilustração digital e manipulação de imagem, o resultado mostra toda a violência e agressividade do duo, confira:

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/ABATTER_FUG_Capa.jpg

Abatter surgiu em 2016 em Florianópolis - SC, fruto de uma parceria entre Wellington Rodrigues de Oliveira (Raging War) e Igor Thiesen (Red Razor, Deadpan).

Como proposta, a banda tem uma ideia inusitada de mesclar elementos de Rock and Roll, Blues e Stoner com elementos mais extremos do Metal, como Death Metal e Black Metal. Quase todas as músicas tem um personagem Serial Killer ou uma entidade maligna e todas são cantadas em português.

Ouça "A Hora da Morte" no Spotify: https://open.spotify.com/album/1FuHlyKJOMrrw4vUiIbexe

Encontre Abatter no Bandcamp: http://abatter.bandcamp.com

Confira os trabalhos da FUG DESIGN no site: http://fugdesign.com/

Contato FUG: contato@fugdesign.com
Contato para assessoria de imprensa e divulgação:  www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites Relacionados:
https://www.facebook.com/fugdesign/
http://fugdesign.com/
https://www.sanguefrioproducoes.com/clientes-corporativos/Fug/23


AFFRONT divulga novo clipe
O trio carioca de Thrash/Death Metal disponibiliza hoje dia 14/05 o vídeo em seu canal do YouTube da música Violence, que faz parte do novo álbum "World in Collapse", que é o segundo CD da banda, o qual foi lançado no Brasil no mês passado e em todo território da Europa pela Polymorphe Recs.

O vídeo é composto e ilustrado por imagens extras de situações das mais variadas violências, que ocorrem pelo mundo e também no Brasil, desde manifestações, fome, miséria etc...”, explica M. Mictian vocalista e baixista da banda e quem criou e editou o vídeo.

O vídeo também contém cenas captadas de shows da banda em performance nos palcos. A canção Violence é a faixa de número 6 do Álbum e fala sobre guerra civil, terror, sobre os traços da humanidade que leva e gera violência a que impera em todos os setores da sociedade.

Segue link do vídeo:


WARM UP no Laurus Nobilis em Santo Tirso.
A pouco menos de três meses do início do festival Laurus Nobilis Music Famalicão 2019 que este ano se realizará de 25 a 28 de Julho, tudo está preparado para mais uma edição histórica deste festival

À venda continuam os passes diários, que têm o valor de 30€, sendo que o passe geral ainda se encontra a 45€ (promoção limitada) pois nos dias do evento o passe geral custará 60€.

A organização informa também que o campismo/caravanismo, que continua a ser gratuito, abre portas logo no dia 22, equipado com os indispensáveis WC, Chuveiros, um pequeno mercado e uma tenda de apoio com pequenos-almoços e lanches. Nesta edição a organização conseguiu encontrar um espaço generoso (cerca de 1.000 tendas) a 200m do palco principal recheado de sombra e relva a fim de os festivaleiros se sentirem mais cómodos e não terem que montar as tendas diretamente ao sol pois na altura do festival, o verão vai bem alto e quente. São condições necessárias que a organização aposta para que os festivaleiros, que marcarão presença no festival, possam usufruir de uma boa estadia e das potencialidades da região, destacando-se desde logo a parte gastronómica e as visitas à atividade cultural famalicense.

Haverá a habitual praça da restauração, o espaço do merchandising, o campismo/caravanismo e este ano, um novo espaço para atividades lúdicas com vários artistas e associações locais. Pelos dois palcos, as bandas que foram ordenadas desta forma:

Dia 25: LYFORDEATH - HUMANART - SOLDIER (Espanha) – WAKO - CONTRADICTION (Alemanha) - DJs.
Dia 26: SECOND LASH - WRATH SINS - HOCHIMINH - PESTE E SIDA - MISS LAVA - ENTOMBED A.D. (Suécia)  - FLESHGOD APOCALIPSE (Itália) – DJs
Dia 27: PRIMAL ATTACK- TALES FOR THE UNSPOKEN – GWYDION – SOLLAR - SINISTRO - CREMATORY (Alemanha) – SAMAEL (Suíça) – DJ ANTÓNIO FREITAS (Antena3)
Dia 28: TOXIKULL - GRIMLET - SIMBIOSE - ANALEPSY – SOILWORK (Suécia) - HYPOCRISY (Suécia) - DJs

Serão ao todo 25 bandas sendo 8 delas internacionais de diversos países, além da atividade do Palco Faz a Tua Cena na parte de entrada livre do recinto que está destinada a projetos culturais de várias vertentes (Pintura, Poesia, Teatro, Dança, Musica, etc...) e que por lá passarão cerca de 40 artistas apresentando os seus trabalhos.

SÓ FALTAS TU!!!!!!!!!!!!


INVOKAOS: fecha assessoria com a Roadie Metal e anuncia novidades para os próximos dias
Uma nova geração de músicos e bandas surgem no país com uma força extrema. Inúmeros novos nomes ganham respaldo e aos poucos consolidam suas marcas e trabalhos. Essas obras são um reflexo direto que a música pesada vive intensamente no Brasil e o estilo está muito longe de morrer, como dizem alguns pessimistas de plantão.

Uma dessas novas bandas, que vem crescendo e sendo nome constante em vários eventos e festivais, é o Invokaos. Oriundos de São Paulo, o grupo mescla o que há de melhor em estilos extremos, ou seja, na sonoridade da banda, o ouvinte irá encontrar DeathThrash, Grind e até mesmo, algumas doses cavalares de Black Metal.

Com um EP lançado em 2018, o Invokaos se prepara para uma leva de novidades para os próximos meses. Uma das ações a serem feitas, é, destrinchar o EP “Fúria Manifesta” em apresentações intimistas, conceituais e visuais, para os fãs da banda. Outra atividade que já foi iniciada, é que, a partir de agora, a banda é assessorada pela Roadie Metal e através dessa parceria, alguns conteúdos já foram fomentados nas mídias nacionais.

Vários shows estão por vir e muito em breve, o Invokaos, estará entrando em estúdio para dar início aos ensaios das novas composições que a banda está escrevendo. Enquanto isso não começa, confira o EP “Fúria Manifesta” em sua plataforma favorita. Abaixo deixamos o link do Spotify:


Formação:
Bruno Bacchiega – Vocal
Thiago Queiroz – Bateria
Alexandre Jansen – Guitarra
Léo Bulhões – Baixo
Mais informações:


3 PIPE PROBLEM lança documentário com as gravações de “Elephant in the Room”


Foto: Divulgação

A banda 3 Pipe Problem marcou sua estreia no mundo da música há pouco tempo e o quinteto paulistano de rock não deixou de registrar os primeiros passos de sua história: a gravação do seu primeiro álbum, o EP ‘Elephant in The Room’, em Los Angeles. A saga foi filmada e agora pode ser assistida em episódios no Youtube - os dois primeiros já estão no ar e os novos serão exibidos toda quarta-feira no canal da banda (bit.ly/3pipe-youtube). 

Assista os dois episódios disponíveis no Youtube:

O processo de gravação de 'Elephant in the Room' ocorrido em 2018 foi batizado de LA Stories e mostra o grupo chegando aos Estados Unidos, falando sobre o que esse momento representa, gravando as faixas e falando sobre o trabalho que contou com o produtor Darryl Swann, ganhador de dois Grammys com Macy Gray, no Clear Lake Studios, onde No Doubt gravou o clássico Tragic Kingdom.

'Elephant in The Room' é o nome do álbum de estreia da 3 Pipe Problem, um EP com quatro músicas que acaba de ser lançado e que traz letra e melodia relacionadas entre faixas e tem como fio condutor o tempo como centro da vida e das relações.


Como o nome do disco anuncia, o elefante na sala traduzido em letras sobre ódio, amor, paixão, redenção, tédio, euforia e tantos sentimentos apresentados em 'Elephant in The Room' não passa despercebido pelo quinteto.

Sobre
O 3 Pipe Problem já nasceu com a persistência no DNA, da perseverança do vocalista e guitarrista Rafael Adami que sempre acreditou no rock, na música autoral, e tirou da cabeça as músicas da banda que além de 'Elephant in The Room' tem lançados outros três singles na carreira recém iniciada.

Toparam a empreitada de levar sangue novo para o rock no Brasil Jonathan Pieri (bateria), Bruno Dini (guitarra), André Castillo (baixo) e Luciano Gisondi (teclado) que abraçaram a ideia de formar o 3 Pipe Problem. 

O 3 Pipe Problem tem na árvore genealógica gente como Nirvana, Radiohead, Pixies, Faith no More e os brasucas Titãs, Legião Urbana, Ratos de Porão e Sepultura, um caldo heterogêneo que garante melodia e peso às canções. 

"Gostamos de muitas bandas, muitos gêneros ligados ao rock. Não nos apegamos a um específico, cada música tem sua particularidade e pelo menos três influências estampadas”, diz Adami.

Portanto, não espere aquele rock mais do mesmo e sim, garra, paixão e rock and roll no som e na alma do 3 Pipe Problem.

Mais


Bandas gringas RAVEN e LEATHER tocam no Rio, com abertura da MELYRA
Uma das pioneiras no speed metal, a banda inglesa Raven se une à banda americana Leather, liderada pela cantora Leather Leone, em show no Teatro Odisseia, no dia 16 de junho, que contará com a carioca Melyra. Um evento em ode ao bom e velho heavy metal é o que se pode esperar da noite na Lapa, coração da boemia no Rio de Janeiro. Os ingressos antecipados custam 100 reais, com meia entrada para todos. Classificação etária de 18 anos.

Com 45 anos de estrada, a Raven é uma das bandas mais rápidas da chamada Nova Onda do Heavy Metal Britânico, que influenciou diversas bandas do metal atual. O grupo já compartilhou turnês com ícones como Iron Maiden, Whitesnake e Metallica, sendo hoje um dos grupos mais influentes do Speed Metal. No repertório, canções clássicas como "Mind Over Metal" e "On and On". A banda é formada por John Gallagher (voz e baixo), Mark Gallagher (guitarra e backing vocal) e Mike Heller (bateria).

A Leather traz como vocalista a cantora Leather Leone, conhecida nos anos 80 pela participação nas bandas Rude Girl e Chastain e considerada uma das vozes femininas mais poderosas do metal. A banda conta com integrantes de destaque no metal brasileiro, tais como: Vinnie Tex (guitarra), Daemon Ross (guitarra), Thiago Velasquez (baixo) e Braulio Drummond (bateria).

Riffs poderosos, som pesado e uma performance de não deixar ninguém parado: esse é o show da Melyra, banda formada em 2012 e que, desde então, já tocou no Circo Voador (RJ), abrindo para os suecos do Arch Enemy; participou do tributo ao cantor Edu Falaschi, conquistando elogios da crítica; além de tocar em eventos conhecidos na capital fluminense, como Rio Novo Rock, Rio Banda Fest e Roquealize-se. A Melyra é Fe Schenker (guitarra e backing vocal), Nena Accioly (baixo e guturais), Roberta Tesch (guitarra e backing vocal), Verônica Vox (voz) e Drika Martins (bateria).

O show das bandas Raven e Leather, com abertura da Melyra, será realizado no Teatro Odisseia, localizado na Avenida Mem de Sá, nº 66, no bairro da Lapa, na cidade do Rio.

Serviço
Raven, Leather e Melyra
Data: 16/06/2019 (domingo)
Horário: 18h
Local: Teatro Odisseia
Endereço: Av. Mem de Sá, nº 66 - Lapa - Rio de Janeiro/RJ
Ingressos: R$100 (antecipado)
Classificação etária: 18 anos


ETHEREAL RIFFIAN lança novo single
Os roqueiros espiritualizados da Ucrânia, ETHEREAL RIFFIAN, apresentam o primeiro single e o videoclipe de seu terceiro LP, no “The Obelisk”.

Assista "Legends" neste local:

Dirigido pelo icônico diretor ucraniano Viktor Priduvalov, o novo videoclipe da faixa-título "Legends" apresenta um contraste drástico com os esforços anteriores da banda. O vocalista Val Kornev explica a mudança nas composições e direção geral da banda: “Com as crises atuais de liderança mundial, ecologia, educação e, acima de tudo, consciência, simplesmente não podemos esperar mais para finalmente começar a fazer as coisas direito. Chega dessa besteira! Nossos tempos turbulentos exigem decisões corajosas e música robusta. Música que pode ajudá-lo, mesmo se você estiver descendo direto para as profundezas do inferno e souber que esse dia pode ser o último. Isto é o que esta faixa fala. É sobre lendas e você pode se tornar um também.

O terceiro full-length do Ethereal Riffian está programado para ser lançado no segundo semestre de 2019 pela Robustfellow Prods. O single está agora disponível digitalmente no iTunes, Spotify, Google Play e outras saídas digitais.

Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records