segunda-feira, 27 de maio de 2019

Arte News: SHAMAN: Informações importantes sobre meet & greet no FREE PASS METAL FEST III


SHAMAN: Informações importantes sobre meet & greet no FREE PASS METAL FEST III

A Free Pass Entretenimento informa que, exclusivamente para o show em São Paulo, a banda SHAMAN receberá os fãs que adquirirem o pacote de meet&greet antes de subirem no palco para se apresentarem no Free Pass Metal Festival III.

O encontro com os fãs ocorrerá por volta das 16h30 e terá duração de aproximadamente 1 hora.

Early-entrance: A entrada será feita por uma fila exclusiva e os fãs não precisarão pegar as filas normais do publico geral, trazendo mais comodidade e rapidez para acessar o evento. A entrada para quem adquiriu o pacote de meet&greet será antecipada do publico geral pela fila especial e acontecerá das 15h30 as 16h, portanto pedimos pra que cheguem com uma certa antecedência, pois após as 16h00 esta entrada especial será encerrada.

Os pacotes de meet&greet com a banda SHAMAN estão à venda somente online através do link: https://ticketbrasil.com.br/show/7048-meetandgreetshaman-saopaulo-sp

Mais informações sobre o FREE PASS METAL FEST III em:
https://freepass.art.br/shows/avantasia-no-brasil-2019/

ASSESSORIA DE IMPRENSA
Heloisa Vidal: press@freepass.art.br

REALIZAÇÃO E PRODUÇÃO
Free Pass Entretenimento
http://www.freepass.art.br 


RIZZI: shows dia 31 de maio e 01 de junho em importantes festivais de “Motociclismo” do Brasil
Nesse finzinho de mês, a banda Rizzi anuncia duas apresentações coladas uma na outra. Dia 31 de maio na cidade de Apiacá/ES no evento “3º Motofest” e no dia seguinte, 01 de junho, em Manhuaçu/MG. A banda leva seu Symphonic Metal até o “12º Encontro Nacional de Motociclistas” da cidade.

Dia 31 em Apiacá/ES, a Rizzi será a responsável pela primeira apresentação musical do “3º Motofest”. A banda estará apresentando oficialmente ao público, canções autorias e alguns tributos à ícones da música pesada. O evento terá início às 18h00 e a banda sobe ao palco, pontualmente as 19h00.

Endereço e line completo do evento no link abaixo:

No dia seguinte, a banda pega a estrada e viaja até Manhuaçu/MG que promove a 13 edição do “Encontro Nacional de Motociclistas, com destaque para a estrutura bem montada pela a organização, oferecendo Camping coberto, Chuveiro quente, Sorteio de brindes, Exposições, praça de alimentação e almoço participativo, o festival é um dos maiores da região e contará com várias atrações se apresentando. Uma delas é a Rizzi que sobe aos palcos dia 01 de junho.

Mais informações pelo link:

Formação:
Milady Rizzi Franklin: Vocal
Grégory Rizzi Franklin: Guitarra
Alex Mesquita: Guitarra
Wendrel Ferraz: Bass
Humberto Souza: keyboards
Wylker Murer : drums
Mais informações:


Novo disco do KRISIUN ganha edição brasileira de luxo em vinil
A Monstro Discos/Sangre acabou de anunciar e colocar em pré-venda uma edição em vinil de luxo do Scourge of the Enthroned, o último álbum do Krisiun. O disco, o 11º da carreira dos gaúchos, havia saído apenas na gringa pela Century Media.
Gravado no estúdio Stage One, em Bühne, Alemanha, e com produção da própria banda junto com Andy Classen, que já trabalhou com o Krisiun em Conquerors of Armageddon(2000), Southern Storm (2008) e The Great Execution (2011), o novo disco consegue ser ainda mais destruidor que os trabalhos anteriores da banda, ainda que possamos duvidar que isso seja possível. Mas estamos falando do Krisiun e eles são mestres em música extrema.

A capa é baseada na mitologia suméria e traz a imagem de três deuses antigos que transcendem o início da criação, representados pela incrível arte do Eliran Kantor.
O som deste disco é bem mais complexo e orgânico e as músicas estão mais rápidas e mais brutais do que dos discos anteriores. Puro death metal implacável na sua cara!
A edição em vinil chega num LP 180 gramas, com capa gatefold, de luxo e a pré-venda já está aberta na loja da Monstro Discos (www.lojamonstro.com.br) com preço promocional e entregas previstas para 22 de julho. Um álbum obrigatório na coleção de qualquer headbanger que curta um som mais extremo. Um disco que beira a perfeição!


SEM FUTURO: vocalista Minhoca explica a criação de seus personagens e revela “A religião é o Câncer da Humanidade”
Uma banda formada por amantes do Punk Rock vem se destacando mundialmente por sua obra laçada até o presente momento. O Sem Futuro que possuí dois álbuns lançados em sua carreira e iniciou sua história no ano de 2007, pode ser considerada uma das principais do estilo no Brasil.

Além de letras inteligentes que fazem duras críticas ao sistema político do país. A banda possuí em sua apresentação um diferencial único e que chamou a atenção dos produtores do maior festival do estilo no mundo. Com sua apresentação impactante e irreverente, o “Rebellion Festival”, realizado na Inglaterra, levou o grupo brasileiro para se apresentar em três edições seguidas entre os anos de 2016, 2017 e 2018.

O principal ponto, além da música, é a performance do vocalista Minhoca, que ao subir nos palcos traz consigo personagens visualmente críticos às imposições que sofremos da sociedade. Seja político demoníacos, freiras gravidas que abortam nos palcos ou Papa de satã, todas essas criações são uma forma de contestar aquilo que é imposto como verdades absolutas que são criadas como formas de se manter a ordem e alienação de toda uma população.

Para que os fãs possam entender melhor, o vocalista Minhoca abre o jogo e revela detalhes de todo o processo criativo do Sem Futuro. Falando sobre o início da banda e como surgiu esses personagens, o músico é franco e não esconde a ideologia da banda: “ Quando começamos queríamos contestar tudo que estava acontecendo no dia a dia. Falávamos da violência, desigualdade, política, religião, tudo sempre criticando esses dogmas impostos pela sociedade. Logo no início não pensávamos muito na qualidade de instrumentos e aparelhagem e com o tempo isso foi mudando e fomos evoluindo”.

“Nossos primeiros shows nós chegávamos nos pubs de Curitiba e informávamos que éramos uma banda tributo ao Sex Pistols, mas na verdade tocávamos apenas duas ou três músicas da banda e o resto apresentávamos nossas músicas autorais e assim fomos ganhando espaço e criando uma gama fiel de público”.
Minhoca revela como criou seus personagens e como incluí essa temática visual em suas apresentações. “ Primeiro deixo claro que nem todos os shows fazemos esse trabalho performático, mas acredito que sempre que nos apresentamos temos que dar um espetáculo e passar nossa mensagem de todas as formas.  Eu busco aproveitar o tempo que estou nos palcos para passar mais coisas, para chocar o público, além de causar um impacto musical, busco impactar visualmente também. Porem nem sempre eu consigo apresentar isso, pois todos os personagens e suas vestimentas eu mesmo que crio e costuro tudo. Uma das mais importantes para mim é a “camisa de força”, inclusive eu pedi aos músicos que me amarrassem senão eu quebraria tudo. Isso inclusive acabou fechando algumas portas para a gente, não que eu faça isso na maldade, mas é algo que acaba sendo natural, pois a música é muito forte e acabo remetendo tudo em que eu acredito”.

Um dos personagens mais reconhecidos elaborados pelo músico Minhoca, é a freira que durante a apresentação aborta um filho morto, e sem papos na língua o vocalista explica os motivos de criar esse personagem: “ A ideia de criar a freira é criticar os dogmas religiosos. Crítico diretamente a hipocrisia da igreja que tem em sua filosofia ser contra o aborto, a homossexualidade, a pedofilia e as influências que eles possuem no mundo. Assuntos que eles pregam ser contra, mas que todo mundo sabe que acontece isso dentro das próprias igreja. Padres pedófilos, freiras que foram engravidadas por eles, homossexualidade e outras coisas que acontecem no submundo das igrejas. A freira é uma afronta há tudo isso, ela seria uma anticristã que se revolta a tudo isso e se torna justamente o contrário que é pregado pela imposição religiosa”.

Obvio que ao criar uma identidade que afronta essas imposições massificadas pelo mundo todo, a banda já sofreu duras críticas e a banda sempre enfrentou todas de frente.Minhoca explica como lhe dá quanto isso ocorre: “ Sempre recebemos críticas, é algo costumeiro, mas não é algo que dê muitos problemas para nós. Apenas um fato especifico realmente causou certo burburinho. Alguns anos atrás gravamos um vídeo ao vivo no “Stúdio Tenda”, onde executamos a música “Eu não peço perdão” que fala sobre a pedofilia nas igrejas e que obrigam crianças sendo obrigadas a pedir perdão, sendo apenas crianças. Na apresentação eu me visto de padre e possuo algumas balinhas, criando uma analogia sobre todos os casos de pedofilia nas igrejas. Esse vídeo foi responsável por uma avalanche de críticas de vários fiéis que nos rotularam de satânicos. Porém na verdade, nós apenas queremos abrir os olhos da população que é acorrentada nesse mundo alienatório e cada vez mais opressor”.

Formação:
Minhoca: Vocal
Felpas: Guitarra
Tiagonha: Guitarra
Evil Leire: Baixo
Lalau: Bateria

Mais informações:


GUTTED SOULS: revela os motivos e conceito que fizeram a banda gravar “Organic Portal”
O mais recente single do Gutted Souls, “Organic Portal” se encontra disponível para audição completa em todas as plataformas de Streaming e também no canal oficial noYouTube do grupo.

A faixa originalmente composta em 2002, não esteve presente no álbum “The Illusion of Freedom” (2017), mas sempre esteve presente nas apresentações da banda pelo país. O vocalista Iron de Paula revelou os motivos de somente agora liberar a faixa e o porquê de regravarem ela em 2019.

“A faixa Organic Portal é uma releitura de uma faixa originalmente composta em 2002. É uma história sobre um pedófilo que busca suas vítimas na deep web. Suas ações são tão horrendas que o conectam com realidades arcanas superiores nefastas de maneira involuntária, e com resultados fatais”.

“Ela foi regravada para mostrarmos a nova formação que já está junta desde o fim de 2017, mas ainda não tinha gravado nada junto, e para mostrar uma outra face da banda, mais sombria, old-school e bruta, mas sem perder os elementos de técnicas que nossos fãs gostam”.

Confira “Organic Portal” pelo Spotify ou YouTube logo abaixo:


Formação:
Iron – vocal
Wellington Ferrari – guitarra
Alexandre Carreiro – guitarra
Elias Oliveira – baixo
Braulio Drumond – bateria
Mais informações:


MOTOROCKER: se apresenta dia 30 em Curitiba no evento de lançamento do livre “Rocking All My Dreams” de Paulo Baron
Um dos maiores e mais importante empresário do ramo musical, Paulo Baron, fundador da Top Link Music. Acaba de lançar o livro “Rocking All My Dreams” onde ele relata histórias do Rock e Metal em que vivenciou de perto.

Atualmente o empresário está em tour pelo Brasil divulgando o lançamento de seu livro. E para celebrar com uma das capitais brasileiras que mais fomenta a música pesada, Paulo Baron estará chegando dia 30 de maio em Curitiba/PR para uma tarde de autógrafos junto com a banda Angra.

O evento além de aproximar o importante empresário do público, terá uma noite com muito som e bandas de altíssimo nível. Uma delas é o Motorocker que se apresenta e leva todo seu Rock and Roll cascudo para delírio de seus fãs e conterrâneos de Curitiba.

A banda Punkake também se apresenta e abre a noite que será celebrada no “Hard Rock Café´” a partir das 19h00.

Em depoimento Paulo Baron revela os motivos que o inspiraram a escrever “Rocking All My Dreams”: "Quando me decidi a escrever esse livro, foi como abrir um baú cheio de lembranças e histórias. Me lembrei da quantidade de emails e de pessoas que chegaram a mim e me disseram: 'Você se lembra de que me deu a primeira oportunidade de fotografar, ou trabalhar no show business, ou subir em um palco grande, e hoje sou um artista famoso?' Olho para meu presente e ainda me sinto com energia e imaginação. Mas quando olho para trás, vejo que se passaram 30 anos, e essa é uma bagagem muito importante".

Links relacionados:


Música, comidas típicas e cultura medieval em Maricá

Evento convida banda Lyria, uma das mais conhecidas no gênero

Diversão, fantasia e uma verdadeira viagem no tempo! Essa é a Feira de História Antiga e Medieval (FHAM), em Maricá. Em sua segunda edição, o evento convida a banda Lyria, que apresenta canções em formato acústico, relembrando os concertos bardos. Culturas egípcias, vikings, celtas, ciganas e medievais são homenageadas na Feira que acontece na Praça da Igreja Matriz Nossa Senhora do Amparo, em Maricá, nos dias 13 e 14 de julho (sábado e domingo), com entrada franca perante a doação de 1kg de alimento não-perecível. A classificação etária é livre.

Um dos grandes nomes do metal nacional, o Lyria apresenta a versão acústica da turnê “Immersion”, que lotou espaços no Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Com fãs na Europa, Estados Unidos e Brasil, a banda conta com Aline Happ (voz), Rod Wolf (guitarra), Thiago Zig (baixo) e Thiago Mateu (bateria). No repertório do show, as canções do álbum “Immersion”, considerado pela mídia especializada um dos melhores de 2018, e também sucessos do trabalho anterior, como a queridinha do público, “Jester”do álbum de estreia “Catharsis” (2014). O evento contará também com stand de merchandise do grupo, além de Meet & Greet disponível para todo o público.

As vestimentas não são obrigatórias para curtir o evento, mas quem leva 1kg de alimento não-perecível participa dos sorteios. A Feira contará com música celta, folk, irlandesa, clássica e rock, além de danças, reencenação de lutas viking e romana e exposições. Além disso, atividades de arquearia, artes marciais, alimentação variada, cervejas artesanais, hidromel e artesanato.

Serviço
Lyria na FHAM em Maricá
Data: 13/07/2019 (sábado) l 14/07/2019 (domingo)
Horário: 15h (sábado) l 11h (domingo)
Shows do Lyria: 20h30 (sábado) | 15h30 (domingo)
Local: Praça da Igreja Matriz Nossa Senhora do Amparo
Endereço: Rua Domício da Gama, s/nº - Eldorado (Centro) - Maricá/RJ
Entrada Gratuita + 1kg de alimento não-perecível
Classificação etária: Livre


ADDICT lança novo EP
A banda russa de Groove Metal, Addict, lançou seu novo EP "Against You All". O disco foi gravado no “Remark studio” e “Sirius Studios” e mixado / masterizado por Vladimir Lekhtinen no “BlastBear Sound”


O Addict foi formado pelo guitarrista Daniel em Moscou, na Rússia. O primeiro anúncio da banda aconteceu em 2017, lançando o primeiro EP “The New Sun”. No final de 2018, a banda lançou seu novo single “Swamp”, a partir do novo material.


MONDAY RIDERS: novo single “What You Need” disponível nas plataformas digitais
Acaba de ser lançada oficialmente, a nova música do Monday Riders em todas as plataformas digitais. “What You Need” é o segundo single que a banda libera de seu novo álbum de estúdio, “Fire Blood and Gasoline” que será lançado ainda em 2019.

Considerados uma das principais bandas de Rock and Roll/ Hard Rock do estado de Goiás, o grupo atualmente vem trabalhando pesado para presentear seus seguidores com um disco ainda mais vibrante e bem trabalhado que seu antecessor “The King of Highway” (2015).

Confira o novo single “What You Need” em sua plataforma favorita. Abaixo segue link para acesso direto ao Spotify:

Monday Riders é formado por:
Jairo Resenrods – vocal
Renato Teixeira – guitarra
Wagner Felix – baixo
Paulo Meneses – bateria

MAIS INFORMAÇÕES:

Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records