quinta-feira, 2 de maio de 2019

Arte News: VICTORIZER, a nova banda de Vitor Rodrigues


VICTORIZER, a nova banda de Vitor Rodrigues
Vitor Rodrigues (ex-Torture Squad e Voodoopriest) está de volta com uma nova banda,Victorizer, que tem como proposta musical mesclar heavy metal e thrash metal. Completam o grupo o guitarrista Woesley Johann (ex- Krow), o baixista Vinícius Corvo (Neshamot), e o baterista Jorge Minduim.

Considerado um dos maiores vocalistas do metal brasileiro, Vitor Rodrigues construiu uma carreira de sucesso com as bandas Torture Squad e Voodoopriest, com oito álbuns lançados e inúmeras turnês nacionais e internacionais. Com o Torture Squad, foi o vencedor do concurso Wacken Metal Battle de 2007.

Victorizer encontra-se em fase de composição, e em breve lançará seu primeiro registro. Enquanto isso, o vocalista dá prosseguimento ao projeto Vitor Rodrigues Attack, tocando músicas de sua carreira e fazendo tributo às bandas que o influenciaram.

CONTATOS:

(35) 99952-3478


THE CROSS: Banda anuncia o guitarrista Daniel Fauaze, confira!

Os baianos do THE CROSS seguem apresentando novidades neste ano de 2019. Logo após lançarem seu álbum, “Still Falling”, o grupo anunciou o ingresso de mais um integrante à formação.

Trata-se do novo guitarrista Daniel Fauaze, que ao lado de Eduardo Slayer (vocal), Paulo Monteiro (guitarra), Mario Baqueiro (baixo) e Luís Fernando (bateria), seguirá com os atuais projetos da banda, como divulgação do atual trabalho, além de ajudar com as novas composições.

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/THE_CROSS_Guitarrista.jpg

Daniel Fauaze é um conhecido músico baiano, com 21 anos, já tocou nas bandas Unleash The Beast e Metamorfose e carrega influências de grandes nomes do Metal mundial, como My Dying Bride Iron Maiden, Dissection, Slayer, Manowar, Van Halen, Bloodbath, Gorguts, Suicidal Angels, Death, Skeletonwitch, Exodus e entre outros.

O THE CROSS estará apresentando oficialmente esta nova formação ao vivo no próximo dia 01/06/2019, em Cícero Dantas/BA, onde foi confirmado como headliner no ‘18º Boqueirão Rock Metal Festival’, e dividirá palco com Scarlet Peace, Infected Cells, Incestus Kadavericus e Act Of Revenge, confira:

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/THE_CROSS_Boqueirao_Lo_Res.jpg
Link do evento no Facebook para mais informações: https://www.facebook.com/events/2217088575017513/

Contato para shows: thecrossdoom@gmail.com

Contato para assessoria de imprensa: 
www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/thecrossdoom/
https://www.youtube.com/channel/UCAQmIpSnteUj6HDItI1oE_w
https://thecross.bandcamp.com/
https://soundcloud.com/the-cross-doom-metal
https://sanguefrioproducoes.com/artistas/THECROSS/69



HÉIA: Banda será destaque no Programa Apocalipse, saiba como ouvir!

No próximo dia 11/05/2019, a partir das 20 horas, Místico, guitarrista e vocalista da banda goiana HÉIA, estará presente no Programa Apocalipse, onde concederá uma entrevista.

O músico estará comentando sobre a trajetória do grupo nesses 20 anos de carreira e também falará um pouco mais sobre a mais recente turnê boliviana, a “Maldicón De La Serpiente Bolivia Tour 2019”, confira:

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/HEIA_Programa_Apocalipse.jpg

Para acompanhar o programa é muito fácil, basta acessar www.darkradio.com.br ou baixar o aplicativo compatível com seu celular:

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=net.minhawebradio.darkradio&hl=pt_BR
iOS: https://itunes.apple.com/br/app/dark-radio-brasil/id1108500625?mt=8

Serviço:
Programa Apocalipse Especial: HÉIA – 20 ANOS DE RESISTÊNCIA
Data: 11/05/2019
Horário: 20 horas

Encontre a HÉIA nas principais plataformas de streaming:


VULCANO: Em vídeo, banda divulga mais informações sobre novo álbum, assista!

Após anunciar que estariam compondo seu 17º trabalho, o VULCANO viajou até Curitiba/PR onde, no O Beco Estúdio, iniciou a produção do mesmo.

Serão 10 faixas gravadas e produzidas por Ivan Pellicciotti, em sua conta oficial do Facebook, os santistas divulgaram um vídeo, contendo mais informações acerca deste álbum, além de cenas exclusivas das gravações, assista:

https://www.facebook.com/VULCANOMETAL/videos/317102142523162/

Em paralelo, o VULCANO foi confirmado no ‘Rocka Rolla Medallo Fest’ e estará em Medelín, Colômbia no próximo dia 02/06/2019 para se apresentar ao lado de outras 8 atrações de peso, confira o cartaz:

https://sanguefrioproducoes.com/upload/imagens/mediaset/VULCANO_Rocka_Rolla.jpg

Para mais informações acesse: https://www.facebook.com/rockarollafest/

Contato para shows: contatovulcano@gmail.com

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/VULCANOMETAL
http://www.vulcanometal.com/
https://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Vulcano/20


HONRA: novo single “Negativo” chega ao Deezer
O novo single do Honra vem sendo recebido positivamente pelo público e seguidores do grupo, a faixa “Negativo”, que apresenta todo o peso e qualidade de um dos nomes mais importantes do Metalcore nordestino, está entre as 10 músicas mais acessadas da semana, pelo selo digital da Roadie Metal, que inicialmente disponibilizou a música apenas no Spotify.

Hoje a banda oficializa o lançamento do single em outra importante plataforma, já pode ser acessado e conferido por todos os adeptos do Deezer, a música “Negativo”, que é o primeiro single da nova formação e que estará presente no novo álbum do grupo, a ser lançado ainda em 2019.

Acesse o link se for usuário de Deezer e escute essa pancada, caso utilize outra plataforma, informamos que o single já se encontra liberado no ITunes, Spotify, Google Play, Napster, Tidal, Music.Amazon e vários outras, só dar uma busca e facilmente irá encontrar a nova música do Honra.


Formação:
Luidi Pussente: Vocal
Luan Vianna: Guitarra
Juan Rodriguez: Guitarra
Renato Bacelar: Bateria
Daniel Santos: Baixo
Mais informações:


SEM FUTURO: primeiro álbum “Nós Somos Os Sem Futuro” está disponível em todas as plataformas digitais
Mesmo tendo iniciado a carreira em 2007, foi somente em 2015 que o Sem Futuro lançou seu primeiro álbum de estúdio. O Disco “Nós Somos Os Sem Futuro” foi concebido de forma independente no estilo, “faça você mesmo”, o que viabilizou ao grupo uma gama de fãs ao redor do país e abertura para que a banda levasse seu trabalho para a Europa e tocasse ao lado de lendas do Punk/Hardcore mundial.

Contando com 13 faixas em português e autorais, o material expressa o espírito de rebeldia e inconformismo inerente aos jovens que vivem em meio à violência e ao caos dos grandes centros urbanos. Toda a temática do grupo é desenvolvida em forma de protesto e credenciam eles como um dos principais nomes do estilo no Brasil.

O material que foi lançado originalmente em versão físico, agora pode ser conferido em todas as plataformas digitais, o grupo disponibiliza aos seus fãs o álbum “Nós Somos os Sem Futuro” no Spotify, Deezer, ITunes, Google Play, Napster, Tidal, Music.Amazon, 7 Digital, Akazoo, Amazon e vários outros, confira baixo no SpotifyDeezer, ou, procure em sua plataforma favorita.



Formação:
Minhoca: Vocal
Felpas: Guitarra
Tiagonha: Guitarra
Evil Leire: Baixo
Lalau: Bateria

Mais informações:


COLETÂNEA ROADIE METAL VOL.05 é disponibilizada em todas as plataformas de Streaming, confira
Mais uma edição das consagradas coletâneas lançadas fisicamente pela Roadie Metal, acaba de ser disponibilizada em todas as plataformas de Streaming. Confira agora mesmo e edição “Roadie Metal Vol. 05” que reúne 32 bandas nacionais, com vários estilos e propostas diferentes, mas, com algo em comum, o amor e dedicação pela música pesada!

Essa é considerada uma das edições mais impactantes já lançadas, o trabalho reuniu nomes consagrados como Vivalma, Tellus Terror, Krucipha, Sunroad, Aronne e bandas que se destacavam no ano de 2016 como Half Bridge, Outlanders, The Goths, Magnética, Shallrise, Individual e várias outras.

Essa obra é um convite para você fã de Metal Brazuca, se deleitar com o que de melhor estava rolando em 2016 e em seguida, conferir as obras de cada um dos artistas presentes nessa clássica e épica coletânea da Roadie Metal.

Escute pelo Spotify ou Deezer:

Tracks
CD 01
01 – Vivalma – Proudhome
02 – Shallrise – Simply for Nothing
03 – Tellus Terror – 3rd Rock From the Sun
04 – Cavera – More Lies
05 – Sunroad – Into the City Lies
06 – Magnética – Inflamáveis
07 – The Goths – Strange Way of Living
08 – Rotten Pieces – Rot in Pieces
09 – Lascia – Trapped
10 – Marcus Mausan – Last Train to Rio Largo
11 – DxLxM – Zumbis
12 – Banda 80 Rock – Nem Tudo Está Perdido
13 – Velho Corvo – Pé na Estrada
14 – Aronne – Sherazad
15 – Morgoroth – Panzer Division War
16 – Adimi – Tão Iguais

CD 02:
01 – Krucipha – Pulse
02 – Hollow – Destruction of the Mass
03 – Maquinários – Um Grito na Noite
04 – Balba – Skin to Skin
05 – Aronne – Mephisto
06 – Individual – Every Men for Himself
07 – Half Bridge – Karma
08 – Esffera C4 – Sempre João
09 – Vômito e Náuses – Mergulho
10 – 50 point – Chorume
11 – Outlanders – Kretaceous
12 – Codmorse – Sign the Hell
13 – Catástrofe – Holocausto
14 – Deadfall – Illusion
15 – Valfenda – Another Dimension
16 – Intersect4e – Reféns
O material pode ser conferido em outras plataformas, busque por Roadie Metal no ITunes, Tidal, Music.Amazon, Amazon, Google Play, Akazoo, 7 Digital e outras.

Entre em contato conosco:
Conheça nossos canais:

Site oficial: http://roadie-metal.com
Roadie Metal Assessoria: http://roadie-metal.com/press
Página no Facebook: https://www.facebook.com/RoadieMetal
Página da assessoria: https://www.facebook.com/roadiemetalassessoria


HOLOCAUSTO: O fim da banda, segundo o guitarrista Valério Exterminator
O guitarrista Valério Exterminator, membro fundador de uma das principais bandas de Metal Extremo de Belo Horizonte e reconhecida internacionalmente, o HOLOCAUSTO, e agora ativo com novos projetos, fez uma declaração sobre o fim da banda. De acordo com o guitarrista, “todos os fatos têm três versões: a sua, a minha e a verdadeira (provérbio chinês)”. Surgido no boom do Metal extremo mineiro da década de 1980, “o Holocausto sempre recebeu olhares desconfiados, e isso vem desde os anos 80. Primeiro era o questionamento, e acusação de ser uma banda nazista, e é preciso lembrar que nunca fomos, não somos, e jamais seremos.”. Já nos anos 90, Valério estava fora do HOLOCAUSTO, e a banda mais uma vez foi duramente criticada, por transformar o War Metal, em Techno Metal Industrial. Quando a banda retornou em 2004, a crítica passou a ser: voltaram por causa de dinheiro, é uma banda oportunista, onde estavam e o que fizeram pelo Metal nos 10 anos de inatividade? Os questionamentos, segundo Valério, sempre existiram, e voltaram à tona com o lançamento de “De Volta ao Front”, em 2005: “então após o lançamento do De Volta ao Front o questionamento passou a ser se o Holocausto era banda de cristão, isso porque no encarte eu agradeci a Deus e aos Mestres ascensionados. Eu entendo a ignorância alheia, tenho ojeriza à religião, eu citava a Fraternidade Branca, que tem uma definição bem diferente da palavra Deus, no cristianismo não existem Mestres ascensionados, mas foi uma excelente deixa para mais uma vez as críticas surgirem.“.

Então após o lançamento do álbum “War Metal Massacre” (2016), a força da banda voltou a ser reconhecida e os críticos se calaram. O HOLOCAUSTO foi headliner do Nuclear War Now Fest V, em Berlim. Nesse festival tocaram bandas do calibre de Incantation, Antichrist, Demonacracy, Metalucifer, Sabbath, etc. Nesse festival foi lançado o álbum “War Metal Massacre”, que após a virada do ano, entraria em todas as listas internacionais de melhores do ano. “Então o olhar desconfiado de alguns, aos poucos foi se enfraquecendo, mas claro, existe a resistência de alguns, que ainda continuavam a atacar a banda. Então nossa banda sempre passou por ataques direcionados não somente ao gênero adotado em alguns trabalhos, mas também ataques pessoais. Mas oHOLOCAUSTO sempre seguiu em frente, e por quê? Porque havia união entre os integrantes. Sempre soubemos do nosso potencial. Sempre comentávamos que havia uma energia muito grande quando nos uníamos em prol da banda.”.

Entretanto, como contou Valério, as coisas começaram a fluir: “de nada adiantaram os ataques pessoais, nosso War Metal triunfou mais uma vez, e dessa vez a nível internacional e culminou no contrato com a gravadora  Nuclear War Now Prod. (USA). Convites para tocar nos USA e novamente na Europa foram chegando. A banda só não fechou com nenhum produtor, porque infelizmente alguns integrantes devido a outras prioridades, não tinham como se ausentar do país.”.

Confira a versão de Valério sobre o fim da banda: “Minha versão chega a seguinte conclusão do por que do fim da banda: Ao longo dessas décadas de relacionamento, é muito normal que em algum momento, alguém se desentenda com outro. É normal que alguém cometa erros. É normal que algo dito seja interpretado de formas diferentes por cada cabeça. É normal querer dar um tempo da banda, é normal, etc... Porém uma coisa é você se unir entre os integrantes de sua banda, e seguir em frente, enfrentando aqueles que se posicionam contrário à banda, e muitas vezes contrário sem sequer saber o motivo. Outra coisa é você enfraquecer a banda de dentro para fora. É muito complicado quando algum integrante passa a monitorar o que todos os outros escrevem nas redes sociais, e então faz print da postagem, e manda para cada integrante, e ainda tece comentários depreciativos sobre a pessoa... Foram várias situações desse tipo, os integrantes da banda em horário de trabalho, e ao mesmo tempo debatendo assuntos criados pelo monitoramento desse integrante. Deixarei mais uma vez bem claro que essa é minha versão: eu não consigo conviver com pessoas que têm esse comportamento de potencializar o lado negativo.”.

Lado a lado com música, Valério atua como Personal Trainer, graduado em Educação Física e agrega seu atendimento com uma abordagem holística; se formou em ioga, é iniciado em técnicas de meditação, e tornou-se mestre em reiki. “Eu não mudei apenas minha visão do meu cliente, eu transformei também minha vida. Sei que se você potencializa os aspectos negativos, através das palavras, dos sentimentos, das atitudes, e dos sentimentos, você cria ao seu redor um mundo negativo. De acordo com o pensador Jim Rohn: você é a média das cinco pessoas com quem mais convive.”

Finalizando, há muita música nova por vir, mas de outros projetos e bandas: “Definitivamente não quero, não posso, e não conviverei com esse tipo de pessoa. Portanto com essa formação em hipótese alguma retornarei. Depois de tomar essa decisão, o próximo passo era dar continuidade ao excelente momento que estou vivendo enquanto compositor de Metal Extremo. Transformar o projeto BHell em banda foi o primeiro. O próximo passo será uma coletânea trazendo as bandas dos anos 80. Na sequência virá um álbum Tributo ao Metal de Belo Horizonte dos anos 80, com vários vocalistas daquela época. Em andamento tem o projeto RAWWAR com integrantes do Holocausto e Goatpenis. Então analisando meu histórico como guitarrista, compositor, vocalista (“De Volta ao Front”), letrista e cofundador do HOLOCAUSTO, cheguei a conclusão que em respeito a minha trajetória na banda, eu não deveria parar com o War Metal.”.

Nas palavras de Valério, quando ele esteve fora da banda, o HOLOCAUSTO tocou quase de tudo: Crossover, Industrial Techno... Mas nunca tocou War Metal. “Então assim que a banda acabou eu iniciei as estratégias corretas para ter o HOLOCAUSTO INC. Quando você está numa família, você não é obrigado a gostar de seus irmãos, irmãs, etc. Mas a convivência torna-se quase que obrigatória, porém numa banda eu não sou obrigado a conviver com quem tem postura que não me agrada. Então fiz o convite para as pessoas certas. O HOLOCAUSTO INC. trás a mesma formação que permaneceu de 2008 a 2010: um war trio. Com essa formação demos alguns shows e fizemos uma pré-produção do “Diário de Guerra”, sendo que algumas músicas que sairão nesse álbum foram compostas por esse “war trio”. A música “Holocausto” é uma dessas. Então o HOLOCAUSTO INC. está ensaiando e temos quatro músicas já bem encaminhadas para entrar na coletânea, além dessas temos mais seis composições prontas aguardando apenas os arranjos de bateria e vocal. O War Metal do qual sou o principal compositor não termina com o fim do HOLOCAUSTO, ele prossegue marchando impiedoso e agressivo, meu personagem Valério Exterminator está 100% comprometido com o Metal Extremo e não haverá tempo perdido com pessoas negativas.”.

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br


VEIO ROCK: se apresenta em Manoel Ribas/PR nessa sexta-feira (03/05)
Nessa sexta-feira, a cidade de Manoel Ribas/PR, recebe todo o gingado Rock and Rollmesclado com blues e Country, do renomado artista “Veio Rock”, projeto capitaneado por Vagner Luiz, que, além de apresentar músicas autorais, cria releituras de grandes clássicos do estilo para entreter e divertir os presentes.

O evento será realizado no “All In Choperia” e terá início por volta das 20h00, sendo que a casa abrirá um pouco mais cedo. Além de se apresentar na cidade, Veio Rock, lança oficialmente seus primeiros singles em todas as plataformas digitais. Confira agora o EP autointitulado pelo spotify:

Confira o recado que o artista deixou para os fãs!

Siga o trabalho do Veio Rock pelos links abaixo:


THE EXPLOITED: ingressos para show em Curitiba/PR dia 12 de junho estão quase esgotados, corra agora e garanta já o seu
Está cada vez mais próximo o show do The Exploited em Curitiba/PR, o grupo britânico é uma das maiores lendas do Punk Rock mundial e retorna a capital paranaense para um show único e que irá reunir outras grandes bandas da cidade.
Abordando temas politizados que embatem a mediocridade e corrupção política, assim como violência da polícia, guerras e religião, chega ao Brasil em junho e no dia 12 se apresenta em Curitiba/PR em show único na capital paranaense.

The Exploited prepara um repertório recheado de clássicos de toda sua discografia, e, espera que o público compareça em peso para um show agressivo e pesado, assim como, proposto na sonoridade da banda.

O evento será realizado no “Jokers” e contará com outras bandas locais e duas atrações de São Paulo. Além do The Exploited, o Bloqueio Mental, Repelentes, Filhos de Inácio (SP) e Wolfgang Ink (SP), se apresentam no evento que tem tudo para ser um dos mais importantes do estilo já feitos na cidade.

Chegue cedo e confira todas as apresentações!
Serviço:
Evento: The Exploited em Curitiba/PR
Atrações: The Exploited – Bloqueio Mental – Filhos de Inácio – Repelentes – Wolfgang Ink
Local: Jokers
Endereço: R: São Francisco – 164 – Curitiba/PR
Data: 12 de junho de 2019
Custo: 1º Lote – R$120,00 / 2º Lote – R$150,00
Compre seu ingresso: www.sympla.com.br
Horário: 21:00
Mais informações:


MOTORDRUNK: Confira vídeo clipe de revelação do Hard/Heavy nacional
Dando sequência na divulgação do debut autointitulado, o MOTORDRUNK divulga o video clipe da faixa que dá nome ao grupo, mostrando todo o talento de Sergio Naza (vocal), Rafael '69' Dias (guitarra), Mauricio Lopes (guitarra/teclados) e Jovani Fera (bateria) em produzir um Heavy Metal pesado e autêntico. Formado em 2009, o MOTORDRUNK iniciou sua trajetória tocando covers de bandas consagradas em shows pela região de sua cidade natal, José do Rio Preto/SP. O guitarrista Maurício Lopes, em entrevista ao blog Ready to Rock, contou como foi essa transição dos covers para o som autoral: “A banda foi formada inicialmente com o intuito de executar covers das preferências de seus integrantes, executando-os pelos pubs da região. Foi apenas em 2014 que decidimos partir para as autorais, já que era vontade de todos. Tínhamos que conciliar os horários de encontro para as composições com os eventuais empregos de cada membro e o mesmo aconteceu com as gravações.”.

Não por acaso, as características de sua música autoral se posiciona nesse mesmo patamar - Heavy Metal moderno e classudo, com algumas pitadas de Hard Rock. Ao mesmo tempo em que traz referências a nomes antigos como Ozzy (fase Zakk Wylde) remete às bandas da geração atual, como Black Country Communion, Dream Evil e Monster Truck.  De uma forma geral, a presença de vocais marcantes, teclado, bateria precisa e a força criativa das guitarras garante à banda uma aura bem própria, distanciando-se de qualquer possibilidade de soar idêntica a qualquer banda já estabelecida.

Em resenha no blog Ready to Rock, o redator Júlio Verde destaca a experiência dos músicos: “O que se percebe é que a grande qualidade do álbum pode ser fruto, dentre outras coisas, da experiência que seus integrantes, tendo participado há décadas, de várias bandas da cena underground de Rio Preto, como Nothing Face, Cabrero e Last Wizzard. Mas, sem olhar para traz, o Motordrunk se muniu de elementos clássicos para gerar uma sonoridade com o frescor da modernidade, dando parceria entre o tradicional e o novo. Um belo álbum de estreia, direto, agradável, daqueles que dá vontade de ouvir diversas vezes. É apenas um começo certeiro, mas, se a banda mantiver esse esmero nos cuidados com a produção e tão impactante poder de composição, o Brasil ainda ouvir falar muito de Motordrunk.”.

Confira a resenha e a entrevista no site o Ready to Rock:

Após um pequeno hiato entre o lançamento do álbum e um problema de saúde sofrido pelo guitarrista Maurício Lopes, o MOTORDRUNK se prepara para shows e segue divulgando o álbum, que pode ser conferido em todas as plataformas digitais.

Confira o track list:

01. Motordrunk
02. New Kind Of Freak
03. Drunk And Dangerous
04. Scars
05. Break Away
06. Black Machinery
07. Drink Away The Storm
08. Regression
09. Underdog
10. Quicksand

Ouça o álbum no Spotify:

Assista ao video clipe de “Motordrunk”:

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br


REST IN CHAOS: Confira o Mini Doc da Blind Vision of The Ego Tour com Distraught
Chegou ao fim a "Blind Vision Of The Ego Tour" que uniu a banda Rest In Chaos de Florianópolis/SC e os veteranos da Distraught (Thrash Metal - Porto Alegre/RS).
A turnê aconteceu entre os dias 18 e 21 de abril junto com a banda Distraught onde a Rest In Chaos realizou shows inéditos pelas cidades de Maringá, Londrina, Piracicaba e São Paulo, marcando uma excelente parceria de estrada com grandes momentos de parceria e trabalho entre as bandas em excelentes casas de shows.

Os pontos fortes da turnê foram a organização e a excelente parceria entre as duas bandas. Os grandes momentos da Rest In Chaos foram registrados no minidocumentário On The Road #8 onde a banda sintetizou o sucesso dessa turnê, confira: https://youtu.be/tf2lKpNHzug

A turnê fez parte da fase de divulgação do último single/videoclipe "Ego Riser" e que já passou por Uruguai e Argentina.
EGO RISER OFFICIAL MUSIC VIDEO:

Siga a Rest In Chaos:

Contato para Shows:
Tel/Whats: +55 24 99296-6639 (Rio de Janeiro)
Tel/Whats: +55 11 93067-6175 (São Paulo)

Siga a Agência OM:


Formada por filhos de famosos, Fuze se apresenta com banda VENUZ, no Jazz In’

O rock invade o Jazz In’Lounge, na Saúde. É o evento Alternativo Rock Club, que chega a sua 6ª edição e convida as bandas Fuze, Venuz, Ellefante, Dois ou Dez e Magno. Formada pelos filhos do ator Marcello Novaes, a Fuze é uma banda de pop rock com gingado carioca. Já a Venuz é o poder feminino no rock and roll, com canções fortes e refrãos cativantes. O show acontece no dia 11 de maio (sábado), a partir das 19h, com ingressos entre 20 e 25 reais.

Com formação exclusiva de mulheres, a Venuz mostra que o rock n’roll é feminista. No setlist da apresentação estão canções do EP “Rebela” (2018), como “Aumente o Ritmo” e “Deixa Ela Entrar”, que ganhará clipe em breve. Além disso, elas também apresentam a versão rock do funk “Quero que tu vá”, da Ananda. A Venuz é formada por Aila Dap (voz), Jack Foster (guitarra), Renata Guterres (guitarra), Juliana Valente (bateria) e Carol Vianna (baixo).

Prestes a lançar o seu EP de estreia, a Fuze é groove e pop rock transpirando o espírito carioca. Com talento artístico correndo nas veias, a banda conta com integrantes Diogo (voz e guitarra base), Felipe (baixo) e Pedro Novaes (bateria), filhos do ator global Marcello Novaes. Pedro, inclusive, atua na temporada atual de Malhação, exibida na TV Globo. e o single “Corrente”, faz parte da trilha sonora da novela “O Sétimo Guardião”, da mesma emissora. Além dos Novaes, a banda é formada também por Guilherme Fonseca (guitarra).

O trio Brasiliense Ellefante é mais uma das atrações da noite na Jazz In’Lounge. As melodias misturam música brasileira, pop blues, ritmos africanos, folk e rock alternativo. Fazem parte da banda os músicos Fernando Vaz (guitarra e voz), Adriano Pasqua (baixo e backings) e João Dito (bateria e backings).

Quem também participa do evento é a Dois ou Dez, formada por Marcos Zinid (voz), Orlando Sireno (baixo), Fábio Fagaso (bateria), Felipe De Bonis (guitarra) e Gui Nery (percussão). No repertório, canções conhecidas como "Tão Certo Dizer", "Mesmo Tom" e "Algo de Bom". O rock brasileiro da década de 80 e a MPB são duas influências fortes na sonoridade desta banda carioca.

Pop punk e pop rock são as principais influências da Magno, que também se apresenta na Jazz In’Lounge. No repertório do show, as canções do EP Magnitude, lançado no último ano. A banda é formada por Dimitri Enriquez (voz), Olacyr Nunes (guitarra, teclado e backings), Rafael Tyrrel (bateria) e Fagner da Matta (baixo e backings).

A festa Alternativo Rock Club está na sua 6ª edição e acontece novamente no Jazz In’Lounge, na Rua Sacadura Cabral, nº 63.

Serviço
Alternativo Rock Club
Data: 11/05/2019 (sábado)
Horário: 19h
Local: Jazz In'Lounge
Endereço: Rua Sacadura Cabral, nº 63 - Saúde - Rio de Janeiro/RJ
Ingressos: R$20 (lista amiga no Facebook) l R$25 (sem lista)
Classificação etária: 18 anos


SCULPTOR: Confirmando show com o Cradle of Filth em Curitiba
A banda britânica Cradle of Filth adicionou a capital paranaense na rota de sua nova turnê. Pela primeira vez em Curitiba, e cercado de muita expectativa, espera-se um repertório com o clássico “Cruelty an the Beast”executado na íntegra. O SCULPTOR fará a abertura do show do dia 28 de maio ao lado dos também curitibanos do Semblant, fazendo assim sua segunda apresentação, dando ao público a chance de conferir o material de seu vindouro debut, "Untold Secrets". O guitarrista/vocalista Vinne comenta: “eu e o Rick ouvimos muito o Cradle of Filth. A banda fez parte da nossa formação musical. Já estamos acompanhando os bastidores da organização do evento e é surreal o aprendizado profissional.”.

Criado em 2015 na cidade de Curitiba/PR, o SCULPTOR atualmente é formado por “Vinne” (guitarra/vocal), Rick Eraser (vocal), Caco Ramos (baixo), Fabricio Reis (guitarra) e Mateus Schran (bateria). A banda lançará o álbum "Untold Secrets" em alguns meses, mostrando todo o complexo tempero adquirido e amadurecido com os projetos anteriores. "Untold Secrets" busca influências no Metal escandinavo e em bandas de Thrash e Death Metal dos anos 80, alternando vocais limpos e guturais em composições misturadas também no Progressivo e Doom Metal. "Untold Secrets" foi produzido e gravado por Vinne e Rick Eraser no estúdio da banda e mixado por Linus Corneliusson e masterizado por Tony Lindgren, ambos com um grande currículo. A capa foi desenhada pelo renomado Marcelo Vasco (Slayer, Hatebreed).

Cradle of Filth em Curitiba
Data: 28 de maio de 2019 (terça-feira)
Local: Tork N Roll – Av. Marechal Floriano Peixoto, 1695 – Rebouças
Ingressos: A partir de R$ 110
Realização: Mosh Productions

Contatos:
Site oficial: www.sculptorofficial.com
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br


DIAMOND HEAD: álbum será lançado no Brasil pela Hellion Records
© 1990 - 2019 Hellion Records – 29 anos de paixão pela Música.

DIAMOND HEAD – “The Coffin Train”, novo álbum de estúdio de um dos ícones da NWOBHM será lançado no Brasil!

Trata-se de mais um lançamento Hellion Records, previsto para o mês de junho.

Confira os videos e sinta como a banda está em plena forma:
Belly Of The Beast:

Death By Design:

Mais informações:


MADNESS: Preparando o lançamento do novo álbum, “Explicit Horror”
A banda de Death Metal MADNESS nasceu na cidade de Piracicaba em 2005, tendo a frente o casal fundador Rô Moreira (baixo) e Alexandre J. Guerreiro (vocal). O grupo, que hoje é formado ainda por Mario Carvalho (guitarras) e Daniel Fuzaro (bateria), se propõe a fazer um Death Metal empolgante de muita técnica, brutalidade, riffs marcantes, tudo feito com muito ódio e peso. Uma proposta agressiva retrata o ódio, a revolta, a mente humana em sua maior complexidade. Suas letras falam pós-morte, sobrenatural, paranormalidade, dupla personalidade, exorcismo, horror, o mal enraizado. Influenciados principalmente por bandas nacionais de todas as verdades do Metal extremo, o MADNESS possui uma série de demos, splits, coletâneas e o álbum debut “Essence of Death” (2012).

Todos os lançamentos receberam uma excelente divulgação, destacando as coletâneas e splits que foram lançados em vários países, como Filipinas, Malásia, França, Costa Rica, EUA, Sérvia e México. No Brasil oMADNESS tocou ao lado de grandes nomes do underground nacional e participou de importantes eventos, como o Evisceration Metal Fest na Bahia, dividindo o palco com dezenas de bandas brasileiras e com os americanos do SUFFOCATION. Em 2015 abriram o show do VITAL REMAINS em Limeira/SP e em Jandira/SP tocaram com o ONSLAUGHT. Também participaram de duas edições do Franca Metal Festival, ao lado de bandas como HEADHUNTER D.C. e KRISIUN.

Atualmente o quarteto trabalha na finalização do novo álbum, “Explicit Horror”, previsão de lançamento ainda para o primeiro semestre deste ano. O CD contará com 10 faixas e a capa foi produzida pela própria baixista Rô Moreira. Segundo o vocalista Alexandre J. Guerreiro, “trata-se de um material forte e que mostra uma grande evolução da banda em relação ao debut“. Em entrevista para o site da Roadie Crew, Alexandre falou sobre este novo trabalho: “Estamos felizes com os sons novos, posso dizer que está muito pesado. Tem mais punch, tudo na medida. Estamos finalizando um trabalho que estamos curtindo muito. Divulgamos alguns sons no ultimo evento e a resposta foi poderosa em Franca. Isso é o que sempre priorizamos, ver como funciona ao vivo.”.

E no próximo dia 15/06 o MADNESS estará dividindo o palco com o Mystifier e Justabeli na cidade de Campinas/SP, no festival Ceremony of Death, com entrada custando R$ 20,00. O evento será realizado no Hey Bulldog Bar, localizado na Rua Dr. Sales de Oliveira, 1043, Vila Industrial, a partir das 20h.

Contatos:
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br


MELYRA: Rock pesado na Zona Norte do Rio

O Heavy e o Thrash Metal se encontram no palco da Heavy Duty, na Zona Norte do Rio. No dia 10 de maio (sexta-feira), o evento chamado “Rock 100 Fronteiras” convida as bandas Melyra, Callamity, Terrorstorm, Narphellin e Cordillera para uma noite voltada aos apreciadores do rock pesado. A casa abre às 21h, com ingressos a valores “pague quanto puder”, a classificação etária é de 18 anos.

Performance enérgica, som pesado e riffs poderosos são as principais características da Melyra, grupo carioca formado em 2012. De lá pra cá a banda já tocou no Circo Voador (RJ), abrindo para os suecos do Arch Enemy; participou do tributo ao cantor Edu Falaschi, conquistando elogios da crítica; além de tocar em eventos conhecidos na capital fluminense, como Rio Novo Rock, Rio Banda Fest e Roquealize-se. A banda é formada por Fernanda Schenker (guitarra), Nena Accioly (baixo e guturais), Roberta Tesch (guitarra e backing vocal), Verônica Vox (voz) e Drika Martins (bateria).

Com cinco anos de trajetória, a Callamity é uma banda de trash metal brasileira com influências alemãs e estadunidenses. Eles apresentam no repertório canções autorais que estarão no disco de estreia, que será lançado em breve. Fazem parte da banda os músicos Thiago Barcellos (voz e guitarra), Tom Santoro (guitarra), Vitor Amaral (baixo) e Fillype Lázaro (bateria).

Na estrada desde 1996, a Terrorstorm une influências do trash metal da década de 80, com músicas rápidas e com identidade. No setlist da apresentação, um apanhado das músicas mais conhecidas da discografia da banda, que conta com o disco "Neurotic World" (2004) e "Euthanasia" (2008). O grupo é formado por Carlos Brutal (guitarra), EC Gouveia (bateria) e Glauco Ricardo (baixo).

Quem também se apresenta é a Narphellin, que mistura metal e hardcore em suas canções. No repertório do show, as músicas do EP recém-lançado, “Reféns do Medo”. A banda é formada por Bruno Dias, Ícaro Silva, Luan Carmelo e Gabriel Reis. Fechando as atrações, a Cordillera, de São Paulo, é rock progressivo com tempero moderno. A banda é formada por Victor Oliveira, Raphael Moretti, Pedro Ghoneim, Tarcísio Barsalini e Matheus Vazquez.

O Heavy Duty Beer Club é dos bares mais tradicionais da cena de metal no Rio. Localizado na Praça da Bandeira, conhecida popularmente entre os frequentadores como Garage, o espaço conta com a fama de ter o “pior atendimento da cidade”, graças ao acolhimento diferenciado do dono do bar, Zeca Urubu. O Heavy Duty fica na Rua Ceará, nº 104, e os shows começam às 22h.

Serviço
Rock 100 Fronteiras
Data: 10/05/2019 (sexta-feira)
Horário: 21h
Local: Heavy Duty
Endereço: Rua Ceará, nº 104 - Praça da Bandeira - Rio de Janeiro/RJ
Entrada: Contribuição voluntária
Classificação etária: 18 anos


BURIAL PARTY lança nova música
A BURIAL PARTY se uniu a Captured Howls para lançar sua faixa "Black Stripe". A música é tirada de seu próximo EP, “Please Electric, Move Slow”, que será lançado em julho.

O site comentou: "Apesar de manter uma forte tendência à angústia pessoal, essa música é algo que também é facilmente apreciada. Os tons específicos que essa banda usa em seu ambiente pesado parecem um pouco otimistas e cativantes, mantendo a energia e avançando em Black Stripe. Em seu contexto sombrio e sonoramente pesado, ele proporciona um bom momento de balanço, que em qualquer âmbito é um feito notável quando se lida com o peso da vida. Em última análise, Black Stripe é uma música comovente."


Mais informações:


PLASTIC lança novo vídeo
A banda britânica de punk / metal grunge PLASTIC acaba de lançar um vídeo infestado de álcool para a música "Spit". A música foi tirada do próximo álbum da banda, "Drink Sensibly", que será lançado no dia 24 de maio.

A banda comentou "Spit foi meio que inspirada pela bagunça que eu vi alguns dos nossos amigos no ano passado, e apenas estar perdido no olho absurdo da tempestade, foi meio que sobre eu e meu amigo sendo como foda-se isso é o que há de errado com todos os nossos companheiros, vamos para o pub”.

Assista ao vídeo aqui: https://youtu.be/6kAoD8G_Lw0

Tour Dates:
  • 20th May: New Cross Inn, London
  • 21st May: West Street Live, Sheffield
  • 22nd May: Liquor, Lincoln
  • 23rd-May: The Salty Dog, Northwich
Connect with Plastic


HOSEMEN lança vídeo para "HOLLOW MAN"
O HOSEMEN, de Connecticut, acaba de lançar um vídeo para a música "Hollow Man". A música é tirada de seu recente álbum “Saturday Nite Conformity”, que foi lançado em 19 de abril.

Assista ao vídeo aqui:

Encomende o álbum aqui:


LYRIA retorna à São Paulo com show repleto de surpresas

Entre as novidades está um set acústico apresentado pela primeira vez

Uma das mais celebradas bandas do metal nacional, o Lyria, retorna a São Paulo com uma apresentação cheia de novidades. Entre as mudanças está um set acústico, com algumas canções do repertório apresentadas neste formato, e muitas outras surpresas. O evento acontece no dia 11 de maio (sábado), no Espaço Som, em Pinheiros. Os ingressos custam 35 reais, no lote promocional limitado. A classificação etária é livre, com menores de idade acompanhados dos responsáveis.

Entre os discos mais elogiados do ano, está “Immersion”, segundo trabalho de estúdio do Lyria, que conta com os clipes de “Let Me Be Me” e “Hard to Believe”, ambos superando as 180 mil visualizações no YouTube. O álbum é um trabalho independente, sucessor de “Catharsis” (2014), e que foi realizado por meio de crowdfunding internacional, chegando a arrecadar mais de 13 mil dólares. Com refrãos marcantes, arranjos bem trabalhados e letras com temas de superação, o Lyria lotou shows em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

O Lyria é a mistura da poderosa e afinada voz de Aline Happ, com o peso dos riffs da guitarra de Rod Wolf, e a enérgica cozinha formada por Thiago Zig (baixo) e Thiago Mateu (bateria).

O Espaço Som fica no bairro Pinheiros, na Rua Teodoro Sampaio, nº 512.

Serviço
Lyria em São Paulo
Data: 11/05/2019 (sábado)
Horário: 19h30 (abertura da casa) l 20h45 (show)
Local: Espaço Som
Endereço: Rua Teodoro Sampaio, nº 512 - Pinheiros - São Paulo/SP
Ingressos: R$ 35 (lote promocional por tempo limitado)
Classificação etária: Livre (crianças até 12 anos entram gratuitamente)


THE END AD lançará cassete via Infernö Records
É com um grande prazer que agora podemos anunciar que a banda de Metal / Hardcore / Punk The END A.D. lançará a versão CASSETTE de seu próximo álbum via INFERNÖ Records no outono deste ano.

(Enquanto a versão em CD será lançada via FASTBALL Music - Alemanha)

THE END A.D. foi formada em 2014 e tem membros de algumas das bandas mais imundas que já atormentaram a cidade do amor fraterno. Ami Friend, que é uma das cantoras mais empolgantes de se ver, se juntou ao THE END AD nos vocais em maio de 2017. A banda já lançou dois lançamentos desde que Ami se juntou à banda: seu EP de 12 polegadas “The Smell of Despair” via Kill Time Records e seu lançamento em split cassette "Sermon of Violence" com a banda feminina de Thrash Tormentress (outra banda da lista da INFERNÖ Records!) de Cingapura via Hellforced Records!

Fique atento para mais informações!!!

Mais informações:

Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records