segunda-feira, 10 de junho de 2019

Uriah Heep – “Living The Dream”


(2018 – Nacional)

Hellion Records

Como contestar uma banda que tem cinquenta anos de carreira? Mais, como contestar uma banda que lança álbuns regularmente durantes estes cinquenta anos? Melhor ainda, como contestar uma banda que lança álbuns há 49 anos, sempre mantendo um padrão médio de qualidade?

Pois é, amigos, o Uriah Heep chega ao seu 25º disco de estúdio e mantém essa regularidade, além de continuar com suas características intactas. O Hard Rock mesclado ao Rock clássico faz sua vez, com arranjos Folk e leve veia progressiva, como sempre se enveredaram.

Mas, o mais interessante no caso do Uriah Heep é que a banda foi se ajustando ao tempo e, como de costume, com “Living The Dream” impressiona como a banda consegue transportar sua sonoridade clássica aos tempos atuais, inclusive injetando doses de peso extras.

Claro, a riqueza no instrumental da banda só faz jus a tudo que o Uriah Heep representa hoje. Mas não podemos deixar de destacar como Mick Box se tornou um guitarrista bem característico, mostrando além dos riffs, variações nas bases e solos, além de casar perfeitamente com as camas de teclados de Phil Lanzon. A cozinha de Dave Himmer no baixo e Russell Gilbrook na bateria mostra o ímpeto da musicalidade do grupo.

Bernie Shaw é outro fator incontestável no álbum, e devemos destacar sem dúvidas o trabalho de voz em “Living The Dream”. Além de toda a categoria de Shaw, os coros e ‘backings’ feito pelos outros integrantes (com exceção de Gilbrook) são um dos aspectos que mais se destacam no disco. Não tem erro.


8,5

Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records