sábado, 22 de outubro de 2016

Ataraxia – “Deep Blue Firnament”

(2016 – Importado)
                           
Sleaszy Rider

Estes italianos estão na ativa há mais de 30 anos, mais precisamente desde 1985 e prestam serviço à boa música. Mas, é bom alertar que o grupo de Metal não tem nada, afinal mesclam estilos e influências que costumam flertar com a música pesada como Ambient, Classical, Gothic, Darkwave, Medieval e por aí vai.

Àqueles que já torceram o nariz pelo fato retratado no parágrafo anterior só lamento, até porque a banda tem qualidade e sua música não soa nada comum, assim como muitas coisas dentro do Heavy Metal. Mesmo partindo para um lado mais suave, viajante e reflexivo, a sonoridade aqui possui certa rebeldia.

Primeiramente temos que destacar o talento dos músicos envolvidos, afinal os arranjos, melodias e estrutura das composições elaborados por Vittorio Vandelli (guitarra, guitarra fado, baixo) Giovanni Pagliari (teclados), Riccardo Spaggiari (bateria/percussão) e Totem Bara (cello) são admiráveis.

Tudo contando com o vocal e interpretação de Francesca Nicoli, que coloca uma emoção na música mesmo soando o mais sutil possível, além de possuir uma voz magistral. Influências de música oriental e Neolfolk também se fazem presente tornando a musicalidade aqui presente ainda mais abrangente.

Voltando às linhas vocais, ainda há apoios que só aperfeiçoam o trabalho de Francesca, sendo este um dos pontos fortes do disco. Destaque para composições como Delphi, a sorumbática May e Greener than Grass. Difícil de digerir, mas depois que vai é um disco admirável, porém para mentes abertas e atentas.


8,0

Vitor Franceschini


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records