quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Escarnnia – “Humanity Isolated”

(2017 – Nacional)
                   
Classic Metal

Foram cinco anos depois de fundada que a banda Escarnnia conseguiu lançar seu debut. Talvez esse tempo tenha sido o essencial para que o quarteto de Palmas/TO chegasse a sua estreia com o nível que chegou, afinal de contas “Humanity Isolated” é um baita disco!

O Death Metal proposto pela banda mostra muita maturidade e uma pegada diferenciada, não partindo para a velocidade e brutalidade nua e crua. É muito mais que isso, mostra uma variação rítmica considerável, melodia bem imposta e o peso do estilo na medida certa.

O ritmo na maioria das vezes soa semi-cadenciado, outrora mais dinâmico, porém sempre cheio de quebradas e com uma alternância intensa. Algo que o lendário Death incrementou em sua sonoridade a partir da década de 90 no álbum “Human” (1991). Porém a essência do Escarnnia está mais voltada ao Death Metal britânico de nomes como Benediction e Bolt Thrower.

Com timbres de muito bom gosto, a banda prioriza bastante os riffs, que formam uma camada bem consistente nas composições, sendo que os solos são bem encaixados e auxiliam nas bases. A cozinha comanda toda a variação com precisão, tendo uma bateria precisa e um baixo que enfatiza o peso.

Outro destaque é a produção do disco feita no Estúdio Lamparina a cargo de Tiago Hóspede. Uma sonoridade límpida e atual, mas que mantém o peso e a agressividade, caem como uma luva em faixas como Total Death, Condmned To Kill, Rotten Spirit e Suffering and Desolated. Mas é bom ressaltar, que a cada audição uma nova faixa predileta surge! O trabalho ainda conta com uma embalagem em slipcase com uma arte belíssima. Profissionalismo e um disco mais que legal!


9,0

Vitor Franceschini


Um comentário:

  1. Massa!
    Resenha bem desenrolada, colocando os pontos principais sobre a história da banda.
    Parabéns!
    Escarnnia tem um excelente som com toda certeza!!!!

    ResponderExcluir

Shinigami Records