sexta-feira, 20 de abril de 2018

Heavy and Hell Press – “Collection Vol. 3”


(2018 – Nacional)

Independente

A Heavy and Hell Press é uma das mais conceituadas agências de assessoria e mídia de notícias do Brasil, com sede no Rio Grande do Sul. Porém, o trabalho da empresa foca bandas de todo o país e por isso essa coletânea que divulga seu cast, que agora chega ao seu terceiro volume.

O legal aqui neste caso, é que não há aquela ‘montoeira’ de bandas, que muitas vezes pagam só pra participar da coletânea, então o negócio fica equilibrado e a avaliação mais precisa. Os onze nomes do cast possuem suas particularidades, mas como em toda coletânea oscilam (principalmente em termos de produção).

Talvez o Sacrário e o Carniça, coincidentemente as bandas que abre e fecha o trabalho respectivamente, sejam os mais bem sucedidos no cenário underground. E não é por menos, são bandas matadoras, que giram em torno do Thrash e Death Metal, demonstrando experiência necessária para não correrem riscos.

O Dust Commando é um dos destaques com seu Metal ‘grungeado’ e um feeling acima do normal, seria um Metal alternativo de responsa. Outra banda que chama atenção é o Stoneria com seu Stoner Rock/Metal, letra bem sacada em português e um ‘groove’ bem interessante. Wael Daou, que infelizmente não está mais na ativa, é a grata surpresa mesclando técnica (principalmente na guitarra) e um Metal extremo moderno.

Os percalços ficam por conta de duas bandas (também nem tudo são flores): O Dark Mirror e seu som soturno, sofre com a produção, mesmo tendo uma musicalidade bem estruturada (apenas o vocal precisa de ajustes) e o Eden Seed, que faz um ótimo Heavy Metal, mas precisa trabalhar melhor seus timbres. De ruim? Realmente nada, por isso a Heavy and Hell Press Collection Vol. 3 merece ser conferida, pelos bons nomes que a permeiam.


8,0

Vitor Franceschini

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Shinigami Records